Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem foi o principal vencedor das eleições para o Parlamento Europeu?
PS
Bloco de Esquerda
PAN
Outro
Edição Nº 124 Director: Mário Lopes Terça, 18 de Junho de 2019
Assembleia Municipal da Nazaré
Autarcas nazarenos preocupados com previsão de redução de médicos no concelho
A Assembleia Municipal da Nazaré está preocupada com a perspectiva de redução, no curto e médio prazo, do número de médicos em serviço no concelho. Aquele órgão aprovou, na sessão do dia 25 de Fevereiro, uma moção que pretende transmitir ao Ministério da Saúde as preocupações dos autarcas relativamente «à previsão de diminuição dos profissionais de saúde». Temem os autarcas que, a verificar-se a diminuição dos recursos humanos, o rácio de número de utentes por médico aumente «exponencialmente, aproximando-se do limite do que estes profissionais consideram ser sustentável do ponto de vista da capacidade e da qualidade do serviço prestado».
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Por não haver resposta nas Caldas
Hospital de Alcobaça reencaminha cada vez mais doentes para Lisboa
O Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira deixou de reencaminhar os casos mais graves para o Hospital de Santo André, em Leiria e passou a enviar os doentes para o Hospital das Caldas da Rainha. Contudo, esta unidade hospitalar, que passou a servir o dobro dos utentes com a sua integração no Centro Hospitalar Oeste Norte, não tem capacidade de resposta para acolher todos os doentes, que cada vez mais são reencaminhados para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, a 120 quilómetros de distância. O assunto foi abordado na reunião da Câmara Municipal de Alcobaça de 14 de Fevereiro e motivou indignação dos autarcas presentes.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
No Centro de Saúde de Alenquer e extensões
Câmara Municipal de Alenquer manifesta preocupação com falta de médicos
Como é do conhecimento comum, o Centro de Saúde de Alenquer e as suas respectivas extensões (Abrigada, Carregado, Merceana, Olhalvo e Santana da Carnota) têm apresentado problemas sistémicos e funcionais que têm prejudicado o seu normal funcionamento e que afectam a qualidade dos serviços prestados. Apesar de não ser da sua responsabilidade, o Executivo municipal, nas pessoas do seu presidente e da sua vereadora da saúde e através dos serviços adstritos têm mantido um contacto estreito e contínuo com as entidades competentes envolvidas (Centro de Saúde de Alenquer, Unidade de Cuidados da Comunidade, Agrupamento de Centros de Saúde do Oeste II e ARS-LVT), pugnando junto das mesmas para que este problema seja definitivamente resolvido da maneira mais célere possível.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
É urgente reduzir o número dos nossos deputados
Carlos Bonifácio
O papel dos Museus Locais no desenvolvimento das sociedades
Ana Mercedes Stoffel
Do patriotismo relativo
Valdemar Rodrigues
Sobreendividamento - Parte I
Por Sofia Antunes
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o