Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a legalização da eutanásia?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 102 Director: Mário Lopes Terça, 18 de Fevereiro de 2020
José Marques Serralheiro agitou as águas
Assembleia Intermunicipal do Oeste discutiu indecisão sobre Hospital Oeste Norte
José Marques Serralheiro, deputado municipal de Alcobaça, eleito como independente nas listas do PS, foi à Assembleia Intermunicipal do Oeste, na qualidade de cidadão, falar do projecto de que é promotor há mais de seis anos, o Hospital Oeste Norte (HON). O administrador hospitalar começou por desafiar os deputados oestinos a apoiarem a localização nas Caldas da Rainha e uma rápida decisão por parte da tutela. José Marques Serralheiro considerou que “a Câmara das Caldas da Rainha tem culpa na protelação da decisão da localização”, devido ao facto de “não haver consenso na luta por um hospital novo ou no alargamento das actuais instalações”, o que “tem prejudicado e adiado a decisão”, considera.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Câmaras Municipais das Caldas e Alcobaça convidadas a apresentar novas localizações
Comissão técnica chumba terrenos indicados para instalar Hospital Oeste Norte
A comissão técnica encarregada de estudar a localização do futuro Hospital Oeste Norte deu parecer negativo ao terreno comprado pela Câmara de Alcobaça e aos três terrenos indicados pela Câmara das Caldas da Rainha para a instalação desta unidade hospitalar que irá servir os concelhos do Bombarral, Peniche, Óbidos, Caldas da Rainha, Rio Maior, Alcobaça e Nazaré. Segundo uma fonte ligada ao processo contactada pelo Tinta Fresca, o principal problema dos terrenos em causa é a proximidade de linhas de água, o que compromete a construção do edifício, dado que as suas fundações terão de chegar a 15 metros de profundidade.
Esta notícia foi comentada 2 vez(es).
Médico pede decisão até 31 de Maio
José Marques Serralheiro lança petição on-line sobre Hospital Oeste Norte
Para impulsionar do projecto do Hospital Oeste Norte, o beneditense José Marques Serralheiro lançou uma petição on-line, encontrando-se a recolher assinaturas para que o Ministério da Saúde decida até 31 de Maio a localização da unidade de saúde. O administrador hospitalar, apesar de ser do concelho vizinho de Alcobaça, que também luta pela localização da unidade hospitalar, quer com mais esta iniciativa que o Hospital Oeste Norte seja construído nas Caldas da Rainha. A iniciativa do ex-administrador do Hospital de Alcobaça e actual deputado da Assembleia Municipal da mesma cidade segue-se a outras lançadas nos últimos anos, incluindo dois passeios de cicloturismo, entre a Benedita e Peniche, reclamando a construçao do Hospital Oeste Norte.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Secretário de Estado da Saúde presidiu à cerimónia de apresentação
Concelho de Rio Maior vai ter Unidades Móveis de Saúde
O secretário de Estado da Saúde, Manuel Francisco Pizarro, presidiu, no dia 17 de Abril, à apresentação das duas Unidades Móveis de Saúde (UMS) que se destinam a melhorar a cobertura de cuidados de saúde no concelho de Rio Maior. As Unidades Móveis de Saúde, que entrarão brevemente em funcionamento no concelho de Rio Maior, são carrinhas que estão devidamente equipadas com tecnologia de ponta para poderem realizar exames complementares de diagnóstico, como análises clínicas, electrocardiogramas, exames respiratórios, de visão, assim como executar tratamentos de enfermagem, consultas médicas e rastreios.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Em causa a rede nacional de apoio
Évora de Alcobaça recebe sessão de esclarecimento para veteranos de guerra
A Delegação de Alcobaça da Associação Portuguesa de Veteranos de Guerra, em colaboração com a Junta de Freguesia de Évora de Alcobaça, vai realizar uma sessão de esclarecimento no dia 17 de Abril (sexta-feira) em Évora de Alcobaça, dirigida aos combatentes em África, na Ásia ou esteve na Índia sobre a rede nacional de apoio, nomeadamente, em termos de cuidados de saúde e de carácter social. Dos cerca de um milhão de combatentes restam cerca de 450 mil, reconhecendo-se hoje que o stresse pós-traumático de guerra é uma incapacidade profissional
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Anunciada candidatura para criação de pólo no centro de Leiria
Hospital de Santo André investe em melhores condições para doentes psiquiátricos
Facilitar a recuperação dos doentes psiquiátricos, aproximando-os e integrando-os na comunidade, é o grande objectivo do Hospital de Santo André e do Serviço de Psiquiatria, no que respeita à saúde mental. Nesse âmbito, a instituição inaugurou, no dia 13 de Abril, um dos edifícios do pólo dos Andrinos totalmente recuperado e equipado. As obras realizadas na Unidade de Internamento de Doentes de Evolução Prolongada tiveram um valor total de 300 mil euros, em instalações e equipamentos, assegurado por capitais próprios do hospital.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Melhoraram todos os indicadores assistenciais e económicos
Hospital de Santo André aumentou em 2008
número de cirurgias em mais de 24%
O Hospital de Santo André (HSA) realizou, em 2008, um total de 13.008 cirurgias, relativamente às 10.491 intervenções realizadas em 2007, o que corresponde a um acréscimo de cerca de 24%. Este foi o aumento mais significativo nos resultados do ano passado do hospital, que registou melhorias significativas em todos os indicadores assistenciais e nos resultados financeiros – revela o Relatório e Contas da instituição, aprovado em 31 de Março de 2009. Segundo Hélder Roque, presidente do Conselho de Administração, o aumento de todos os índices assistenciais em paralelo com um aumento significado dos resultados financeiros “deve-se a uma política de combate ao desperdício e às ineficiências” e a uma “melhoria na capacidade negocial com os fornecedores”.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
17 esculturas criadas por reclusos
Campanha “Distracções provocam Atropelamentos” apresentada em Leiria
O governador civil de Leiria inaugurou no dia 1 de Abril, em Leiria, a primeira escultura no âmbito da iniciativa de sensibilização rodoviária “Distracções provocam Atropelamentos”, lançando assim uma campanha distrital de diminuição do número vítimas deste tipo de acidentes. Na sequência da iniciativa do ano passado, o Governo Civil de Leiria, com o apoio das Câmaras Municipais do distrito, lança agora a campanha de sensibilização “Distracções provocam Atropelamentos”, que consiste na instalação de 17 esculturas em PVC, com cerca de 3 metros de altura, junto a passadeiras das ruas e avenidas urbanas mais movimentadas e que afiguram os perigos dos atropelamentos de peões.
Esta notícia foi comentada 1 vez(es).
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Cavaco
Rui Alexandre
Cidadania exclusiva
Luís Guerra-Rosa
D. Nuno Álvares Pereira: Glória, Honra e Exemplo
Saul António Gomes
Mudança
Nuno Miguel Cruz
Unir Alcobaça. Vamos abrir a Câmara e dar prioridade às pessoas!!!
Rogério Raimundo
Para um balanço a preto e branco, com várias tonalidades de cinzento
Daniel Adrião
O tempo que passa também é de oportunidades
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o