Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O Estado deve deixar de financiar escolas privadas e cooperativas?
Sim
Não
Só escolas privadas
Não sei / talvez
Edição Nº 200 Director: Mário Lopes Sexta, 23 de Junho de 2017
Autarquias de Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera fazem levantamentos dos estragos
Incêndio de Pedrógão Grande extinto
ao fim de cinco dias
O incêndio que deflagrou no sábado à tarde em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, e provocou 64 mortos e mais de 250 feridos, foi dado como extinto ao fim de cinco dias de combate. Apesar de os meios se manterem no terreno a efetuarem operações de rescaldo e para evitar futuros reacendimentos, é tempo agora das autarquias dos concelhos mais afetados, Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, fazerem levantamento das pessoas e dos bens atingidos, bem como das necessidades para voltar a recuperar aqueles concelhos. No total dos cinco dias, arderam mais de 30 mil hectares de floresta e área agrícola.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Batalha
Ecoparque Sensorial da Pia do Urso recebe Menção Honrosa do Prémio Acesso Cultura
O Município da Batalha recebeu esta quarta-feira, 21 de Junho, a honrosa distinção nacional do Prémio Acesso Cultura 2017 - Menção Honrosa, com o projeto Ecoparque Sensorial da Pia do Urso, na categoria “Acessibilidade Física”. O júri considerou que a criação do Ecoparque Sensorial instalado na antiga aldeia serrana, destaca a relação entre o património, a sustentabilidade e o fomento do turismo, que inclui a grande diversidade de públicos, independentemente das suas características e necessidades.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Estação de Tratamento de Efluentes Suinícolas da Bacia Hidrográfica do Lis foi um dos temas em análise
Conselho da Região Hidrográfica do Centro reúne na Batalha
Realizou-se no dia 21 de junho, no Auditório Municipal da Batalha, o Conselho da Região Hidrográfica do Centro (CRH), órgão de consulta e apoio da Agência Portuguesa do Ambiente, em matérias relacionadas com os recursos hídricos para as bacias hidrográficas integradas nas respetivas áreas de jurisdição, nos termos do Decreto-lei n.º 56/2012, de 12 de março. Participaram nesta sessão diversos representantes dos ministérios do Ambiente e da Agricultura, bem como de outros organismos da Administração Pública, Instituições de Ensino Superior e diversos Autarcas.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Duas praias têm Bandeira Azul e cinco “Praia Ouro”
São Martinho do Porto abre época balnear nas praias galardoadas do concelho de Alcobaça
Conhecida como a Concha Azul, São Martinho do Porto é considerada a Melhor Praia do País para a Família e tem honras de abertura da época balnear de toda a orla costeira concelhia. Calendário das épocas balneares do concelho de Alcobaça: São Martinho do Porto - 17 de Junho a 17 de Setembro; Paredes de Vitória - 24 de Junho a 10 de Setembro; Água de Madeiros, Pedra do Ouro, Polvoeira e Légua - 1 de Julho a 3 de Setembro; Em 2017, as praias de São Martinho do Porto e Paredes da Vitória foram uma vez mais galardoadas com a Bandeira Azul e com o estatuto de Praia Acessível – Praia para Todos, ao passo que Paredes da Vitória, Água de Madeiros, Légua, Pedra do Ouro e Polvoeira obtiveram novamente o galardão “Praia de Ouro”, atribuído pela Quercus.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
O mais grave incêndio em Portugal
Grande incêndio florestal em Pedrógão Grande provoca 62 mortos
O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, anunciou ao início da tarde deste domingo, 18 de junho, que 62 pessoas morreram no incêndio entre Pedrógão Grande e Figueiró dos Vinhos. A maioria dos corpos foi encontrado na Estrada Nacional 236, que faz a ligação ao IC 8, dentro das viaturas ou na berma, havendo ainda a registar 54 feridos. O governante informou que foram encontradas 30 pessoas em viaturas e 17 fora das viaturas ou nas margens da estrada e em ambiente rural foram encontradas 10 vítimas mortais, pelo que.apelou à população para não se deslocar ao local, de forma a facilitar o trabalho dos bombeiros que combatem as chamas.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Quercus propõe medidas para inverter esta situação
32,6 % do território nacional está em situação de seca severa e/ou desertificada
Neste Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca, a Quercus apela ao diálogo, compromisso e ação de todos os parceiros dos vários quadrantes da sociedade (Governo, produtores agrícolas e florestais, empresas, indústria, sociedade civil) que, direta ou indiretamente, podem contribuir para a diminuição da desertificação dos ecossistemas através da utilização sustentável dos recursos naturais. Em Portugal, e segundo o Programa de Ação Nacional de Combate à Desertificação [2], 32,6 % do território nacional encontra-se em situação degradada, e 60,3% estão em condições razoáveis a boas. A aridez dos solos atinge a totalidade do interior Algarvio e do Alentejo, está a progredir para as zonas do noroeste, tradicionalmente uma das mais pluviosas da Europa, e a aumentar nas zonas do litoral sul e montanhas do Centro.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Leiria
Vigilância reforçada na praia do Pedrógão durante a época balnear
A praia do Pedrógão vai este Verão contar com um reforço de vigilância durante a época balnear, com a instalação de sete postos de nadadores salvadores, que vão ficar responsáveis por uma frende de praia com mais de um quilómetro dividida em três áreas. O início da época balnear iniciou-se no dia 15 de junho, estando a cerimónia de hastear da bandeira azul agendada para dia 19. Nos meios previstos no Plano Integrado de Segurança, contam-se 12 nadadores salvadores, uma moto de água para salvamento marítimo, uma moto 4x4 para assistência a banhistas, e uma torre de coordenação e vigilância.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Abate de sobreiros e azinheiras protegidas sem a devida autorização
Quercus denuncia destruição de floresta mediterrânica em Tomar
A Quercus foi alertada para a destruição de uma área de floresta mediterrânica dominada por um sobreiral, com azinheiras, carvalhos portugueses e medronheiros, entre outras espécies, em Porto de Cavaleiros, no concelho de Tomar. A gravidade da situação é acrescida, dado que existe reincidência no abate ilegal de sobreiros, ocorrido em julho de 2015 na propriedade denominada Corvina, com uma área de cerca de 23 hectares, localizada junto do Rio Nabão, em Porto de Cavaleiros e parcialmente integrada no Sítio Sicó-Alvaiázere da Rede Natura 2000. Este é o único terreno com alguma dimensão na zona norte da antiga freguesia de Pedreira, que não foi alvo de plantações de eucaliptos.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Leiria
Rota do Vale do Lapedo homologada pela Federação de Campismo e Montanhismo
A Rede de Percursos Pedestres de Leiria convida à descoberta de Santa Eufémia - Lapedo, no domingo, dia 11 de junho, a partir das 9h30, uma iniciativa marcada pela inauguração da sinalização do percurso “Rota do Vale do Lapedo”, de acordo com as normas da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal. Tal como tem sido feito em todos os percursos, o desafio é descobrir os pontos de interesses de Santa Eufémia, com destaque para o Centro de Interpretação, Abrigo do Lagar Velho e Moinho.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Campanha de sensibilização ambiental be.eco
10 mil beatas recolhidas em 1 h em Santarém
Nesta manhã de sábado, dia 3 de junho, Santarém lançou a campanha de sensibilização ambiental be.eco, para a recolha seletiva de beatas de cigarro no Largo do Seminário. Com esta campanha, lançada no mês em que se comemora o Dia Mundial do Ambiente e que conta com o apoio da Delta Cafés, a Câmara Municipal de Santarém implantou no centro histórico da Cidade, seis equipamentos de deposição de beatas de cigarro, designados por ECO|Beatas.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Centro Ciência Viva do Alviela
Alcanena recebe workshop de hidroponia: como cultivar sem solo?
No dia 17 de junho, às 15h00, o Centro Ciência Viva do Alviela, nos Olhos d´Água, em Alcanena, divulga técnicas de cultivo de plantas sem solo, num workshop de hidroponia promovido em parceria com a Escola Superior Agrária de Santarém. Sabia que pode cultivar plantas em suspensão? Se as raízes receberem uma solução nutritiva constituída por água e todos os nutrientes essenciais ao desenvolvimento da planta, pode fazer crescer plantas em recipientes suspensos, uma solução ideal para habitações sem áreas de cultivo na envolvência.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Existo e Sinto, Logo Tenho Direito a Voto! Porque Não?
José Marques
Egas Moniz fez a primeira angiografia cerebral há 90 anos
Dr. Pedro de Melo Freitas
Atenção ao betão
Luís Guerra Rosa
Sabia que fumar poucos cigarros…. pode causar um AVC?
Drª Sofia Ravara
Ressacados e sem limites
Nuno Catita
Escoliose não é causada por peso das mochilas
Dr. Nuno Neves
Hipertensão... uma porta aberta para o AVC
Dr. Jorge Poço
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o