Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Donal Trump tem o direito de impedir a entrada de cidadãos de 7 países nos EUA?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 196 Director: Mário Lopes Terça, 21 de Fevereiro de 2017
Segundo inquérito da Quercus
29% dos automobilistas não partilham o carro nas deslocações diárias casa-trabalho-casa
Quase um terço dos cidadãos (29%) que participaram num questionário promovido pela Quercus sobre os seus hábitos de mobilidade admite utilizar exclusivamente o automóvel particular nas deslocações diárias casa-trabalho-casa, em que são os únicos ocupantes do veículo. Considerando também os inquiridos que afirmam partilhar o automóvel, mas não utilizam outro meio de transporte, a percentagem aumenta para 35%. Para além disso, apenas 27% dos inquiridos que só utilizam o automóvel (partilhado ou não) admite mudar para os transportes coletivos se estes existissem na sua zona de trabalho e/ou residência, embora mais de metade (52%) afirme que já existem.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Ourém
Câmara aprova projeto redes de águas residuais de Cercal, Espite e Matas
A Câmara Municipal de Ourém aprovou por unanimidade na reunião do dia 3 de fevereiro o projeto das redes de drenagem de águas residuais de Cercal, Espite e Matas. A concretização deste investimento permitirá, por um lado, aumentar o índice de população servida, e por outro, dotar de infraestruturas de saneamento básico as povoações destas freguesias. Este projeto tem uma candidatura aprovada em sede de POSEUR (Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos) desde o final de 2016, tendo sido agora aprovado pelos membros da Câmara. Segue-se agora a contratação pública da empreitada e a realização da obra, que tem de estar concluída até 31 de maio de 2018.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Vestindo a farda de inspetores do ambiente
Miúdos verdes “patrulham” a Feira de Leiria
Um grupo de alunos da Escola Básica de Arrabalde, do Agrupamento de Escolas D. Dinis, vestiu esta terça-feira, 14 de Fevereiro, a farda de “inspetores do Ambiente” e patrulharam a Feira Municipal onde identificaram o tipo de resíduos produzidos naquele espaço, uma iniciativa que faz parte do programa “Leiria Limpa”. Munidos de caneta e caderno, os pequenos inspetores, acompanhados por professores e agentes da Escola Segura da PSP, não deixaram escapar nada, desde papel, cartão, plástico ou embalagens que se encontravam espalhados no recinto, naquela que foi a primeira ação de um projeto que terá continuidade noutros espaços da cidade, rio e espaços verdes, com visitas quinzenais.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
No dia 21 de janeiro
Município de Alcobaça planta primeira árvore
do Parque Verde
O Executivo municipal de Alcobaça vai plantar no dia 21 de janeiro, pelas 11horas, junto à rotunda de São Bernardo, a primeira árvore do Parque Verde da Cidade, projeto cuja construção se iniciou em janeiro de 2017. A informação foi avançada aos jornalistas durante a reunião de Câmara de dia 13 de fevereiro, por Paulo Inácio, presidente da Câmara Municipal. Além da plantação da primeira árvore, terá também lugar a bênção do espaço, pelo reverendo pároco de Alcobaça, Ricardo Cristóvão. As obras do Parque Verde serão desenvolvidas pela empresa Tecnorém, engenharia, construções, S.A., e o prazo de execução da obra será de 14 meses.
Esta notícia foi comentada 1 vez(es).
No Centro de Interpretação Ambiental
Fotógrafo Eduardo Barrento leva a Leiria exposição “O Sítio dos Falcões”
A exposição “O Sítio dos Falcões”, da autoria do fotógrafo Eduardo Barrento, é inaugurada sábado, dia 18 de fevereiro, às 16:00, no Centro de Interpretação Ambiental de Leiria, junto ao Jardim de Santo Agostinho. Segundo o autor, esta é uma exposição – que será também um livro – fruto de cerca de três anos a fotografar os falcões (e não só) do Sítio da Nazaré. Um projeto que começou quando Eduardo Barrento detetou naquele local um casal nidificante de falcão-peregrino, a ave mais rápida do planeta.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Do Atelier Modo
Arquitetos defendem Aeroporto do Tejo
na Base Aérea de Tancos
No momento em que os autarcas do Médio Tejo defendem a reabertura da Base Militar Aérea de Tancos, os arquitetos do Atelier Modo, com sede no Sardoal, imaginaram o alargamento dessa infraestrutura à utilização civil e comercial e conceberam um primeiro esboço do que seria o “Aeroporto do Tejo”. A ideia de um aeroporto civil e comercial em Tancos a que os arquitetos do Modo dão agora forma é apresentada na plataforma modoarquitectos.blogspot.com.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Junto do secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural
Pedrógão Grande reafirma-se contra extermínio do achigã e carpa em águas portuguesas
O presidente da Câmara Municipal de Pedrógão Grande, Valdemar Alves, voltou a manifestar a sua preocupação perante a revisão do Decreto-Lei 565/99 de 21 de dezembro, agora reforçando-a face ao secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Amândio Torres, transmitindo-lhe a posição do município, que vai no sentido de que sejam retiradas da lista de espécies exóticas e invasoras o achigã e a carpa previstas na alteração ao referido Decreto-Lei.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Santarém
Projeto Municipal revitaliza margem esquerda do rio Alviela junto à Ponte Romana em Pernes
No âmbito do Projeto Municipal "Reabilitar Troço a Troço (RTT)", a Equipa Multidisciplinar de Ação para Sustentabilidade (EMAS) levou a cabo mais uma intervenção, esta terça-feira, dia 7 de fevereiro, pelas 11 horas, desta vez na margem esquerda do Rio Alviela junto à Ponte Romana em Pernes, com a ajuda de cerca de 30 alunos, de duas turmas do 8º e 9º anos, acompanhados por quatro professores de Ciências Naturais da escola EB D. Manuel I (Pernes).
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Programa “Leiria Limpa”.
Alunos de Escola de Leiria vão ser “inspetores do Ambiente”
Alunos da escola EB de Arrabalde, do Agrupamento de Escolas D. Dinis, vão assumir o papel de “inspetores do Ambiente”, um desafio que consta do programa “Leiria Limpa”. Munidos de faixas, bonés, de uma “check-list” de observação, lápis e luvas que vão ser fornecidos pelo Município de Leiria, os novos inspetores vão começar por participar numa ação de rua agendada para 14 de fevereiro com o objetivo de constatarem a quantidade e o tipo de resíduos produzidos no decorrer da Feira Municipal.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Galardão premeia a implementação de boas práticas e políticas ambientais
Município de Leiria hasteia Bandeira Eco XXI
O Município de Leiria hasteou esta quinta-feira, 2 de Fevereiro, a Bandeira Eco XXI – Municípios Sustentáveis, um galardão que premeia a implementação de boas práticas e políticas ambientais. Com um índice de 77%, este é o melhor resultado de sempre obtido por Leiria, que se candidatou pela primeira vez em 2014, e desde então tem vindo a ganhar o Galardão Eco XXI consecutivamente. No ano passado o índice de Leiria foi de 73,5%.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Alunos do 1ºCiclo vão receber porta-moedas de promoção ambiental
Município de Alcobaça e SUMA apelam ao fim do desperdício
“Não ao Desperdício” é o mote da campanha de sensibilização que o Município de Alcobaça vai desenvolver, a partir de dia 6 de fevereiro, em parceria com a SUMA. A redução da produção de resíduos, através do cumprimento de determinados preceitos ligados à sua gestão individual é o principal objetivo desta ação, onde se salientam as vantagens individuais que decorrem de escolhas de consumo sustentáveis e da adoção das rotinas corretas de acondicionamento e deposição, tanto em casa como no espaço público, vantagens essas que se refletem numa redução dos custos, quer sob a forma de taxas, quer sob a forma do custo que as embalagens representam (monetário, mas também de tempo e esforço consumidos na sua gestão).
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Portugueses dão nota acima da média a estes tipos de motorização
Quota dos veículos híbridos e 100% elétricos
já chega a 2%
Em Portugal, a quota de mercado dos veículos 100% elétricos já chega aos 0,7%, um valor bastante próximo de França (1%), país que se destaca na venda deste tipo de viaturas. No caso dos veículos híbridos, a quota de mercado em Portugal é de 1,3%. Estes valores vão ao encontro da opinião positiva que os portugueses têm destes dois tipos de motorização – híbridos (7.4/10) e 100% elétricos (7.1/10) – aos quais atribuem uma nota superior à média dos 15 países analisados no mais recente estudo do Observador Cetelem.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Autarquia já recebeu o visto do Tribunal de Contas
Câmara de Santarém vai avançar com obras de estabilização das encostas de Santarém
A Câmara Municipal de Santarém obteve, no dia 3 de Fevereiro, o visto por parte do Tribunal de Contas, para avançar com a empreitada de estabilização das “encostas de Santarém”. Passado quase meio ano desde o envio do processo ao Tribunal de Contas, o Município de Santarém foi notificado de que o contrato de empreitada do PGEES – Plano Global de Estabilização das Encostas de Santarém, mereceu o visto necessário para que seja possível iniciar as obras há tanto esperadas pelos scalabitanos.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Quercus lamenta excepção e classifica-a de licença para poluir
União Europeia isenta setor da aviação de pagar emissões de CO2 em voos de longo curso
O setor da aviação continua – e pelos vistos continuará - ‘a milhas’ de cumprir a sua parte na luta pelos objetivos climáticos do Acordo de Paris. Enquanto membro da Federação Europeia de Transportes e Ambiente (T&E), a Quercus lamenta que a Comissão Europeia pretenda dispensar todos os voos de e para a Europa – os quais representam 3/4 das emissões do setor [1] – de pagar pelas suas emissões de dióxido de carbono (CO2), ao abrigo do Regime de Comércio de Licenças de Emissão da União Europeia (RCLE-UE).
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Dia Mundial das Zonas Húmidas celebra-se a 2 de fevereiro
Quercus pede maior compromisso ao Governo na proteção das Zonas Húmidas
A Quercus lembra ao Governo no Dia Mundial das Zonas Húmidas, 2 de fevereiro, a importância destes ecossistemas para a manutenção da Vida Selvagem e para a própria sobrevivência do Homem. As zonas húmidas são ecossistemas muito sensíveis que apesar de todos os alertas, continuam fortemente ameaçadas pela poluição, construção, agricultura intensiva, abandono, caça ilegal, entre outros fatores.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Tremor de terra sentiu-se bastante também na Batalha, Minde, Alcanena, Leiria e Alcobaça
Sismo de 3.7 com epicentro em Porto de Mós fez-se sentir em toda a região
O Instituto Português do Mar e da Atmosfera registou, na noite de 1 para 2 de fevereiro, a ocorrência de dois sismos, ambos com epicentro na zona de Porto de Mós. Segundo o IPMA, o primeiro sismo foi registado nas estações da Rede Sísmica do Continente, às 23h22 com a magnitude 3.7 graus na escala Richter. O segundo registo, no dia 2 de fevereiro pelas 1h36 foi um sismo de magnitude 2.6 graus Richter, réplica do ocorrido às 23h22 do dia anterior, e cujo epicentro também se localizou próximo de Porto de Mós. Ambos os abalos foram sentidos com maior intensidade em Porto de Mós, Batalha, Minde, Alcanena, Leiria e Alcobaça.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Salão Nobre de Óbidos encheu para apresentação do GATO
Gabinete de Ativação do Território de Óbidos quer atrair mais pessoas para o concelho
Foi apresentado, no dia 26 de janeiro, o GATO - Gabinete de Ativação do Território de Óbidos. A cerimónia teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Óbidos, e contou com a presença do Victor Reis, presidente do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, e Humberto Marques, presidente da Câmara Municipal de Óbidos.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
Obama,the troubleshouter. Trump, the troublemaker
Mário Lopes
OPINIÃO
Alzheimer e outras demências: como lidar com as alterações cognitivas e comportamentais
Drª Margarida Rebolo
"Um Oeste para Jovens?"
Gonçalo Silva
As pedras não nos traem
Jorge Mangorrinha
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o