Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Os espectadores de futebol devem poder regressar aos estádios?
Sim, com restrições
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 89 Director: Mário Lopes Segunda, 28 de Setembro de 2020
Interpretada pela Orquestra Filarmonia de Gaia
Requiem de Mozart evoca em Peniche naufrágio do navio San Pedro de Alcantara
No âmbito do projecto “Peniche: encontro entre dois continentes”, organizado em parceria pela Câmara Municipal de Peniche e Embaixada do Perú, que contempla a realização durante o presente ano de um programa de eventos evocativos do naufrágio do navio San Pedro de Alcantara (1786), terá lugar na Igreja de S. Pedro, em Peniche, no dia 5 de Abril, a partir das 21h45, a execução do Requiem KV 626 em Ré menor de W. A. Mozart. Esta peça de música sacra executada in memoriam de José Gabriel Tupac Amaru, intitulada "Requiem para um inca defunto", será interpretada pela Orquestra Filarmonia de Gaia, sob direcção do Maestro Mário Mateus. A entrada é livre.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Com um concerto com a Filarmónica Senhor. dos Aflitos do Soutocico
Rádio Batalha comemora 19 anos
A Filarmónica Sr. dos Aflitos do Soutocico dá os parabéns à Emissora Regional Rádio Batalha, num concerto a realizar este domingo, dia 30 de Março, às 16h, nas Capelas Imperfeitas, no Mosteiro da Batalha. O espectáculo integra as comemorações do 19º aniversário da Rádio Batalha, com o apoio da Câmara Municipal da Batalha e Mosteiro de Santa Maria da Vitória. A entrada é livre.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Com a bailarina Elsa Sham's
SAMP organiza Festa de Berço subordinada
ao tema “Sons e histórias do Oriente”
A Sociedade Artística e Musical dos Pousos (SAMP) organiza, no dia 30 de Março (domingo) às 10h30, no Auditório SAMP, a Festa de Berço deste período... Uma subordinada ao tema “Sons e histórias do Oriente”. Trata-se de um espectáculo de música, dança e teatro para crianças dos 0 aos 5 anos. A organização promete uma experiência singular, tendo como convidada especial a bailarina Elsa Sham's. A SAMP organiza ainda no dia 29 das 17h às 19h, com entrada livre, um workshop de Danças do Oriente.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Com interpretação de Paulo Lameiro, Inesa Markava, João dos Santos e Nuno Gonçalves
SAMP homenageia Olivier Messiaen e Ruy Belo interpretando “O Abismo dos Pássaros”
A Sociedade Artística e Musical dos Pousos (SAMP) organiza, no dia 27 de Março às 21 horas, na Sé Catedral de Leiria, mais uma sessão da Catedral de Sons, um espectáculo único de luz, poesia e cor, aliadas à envolvência da música imponente do Grande Órgão num dos mais bonitos espaços da cidade. Serão interpretes Paulo Lameiro, Inesa Markava, João dos Santos e Nuno Gonçalves, num evento mágico que promete não deixar ninguém indiferente. “O Abismo dos Pássaros” é uma homenagem a Olivier Messiaen e a Ruy Belo.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
De 29 de Março a 6 de Abril
Ciclo de Música Coral “Calçada Romana”
alarga-se a Porto de Mós, Leiria e Alcobaça
A Associação Coral Calçada Romana e a Delegação de Leiria do INATEL promovem, de 29 de Março a 6 de Abril, o Ciclo de Música Coral “Calçada Romana – Via de Cultura – Coros XIV (Sons Entre Mar e Serra)”. Esta 14ª edição assinala o “crescimento” de 3 para 5 dias de concertos que, para além de Serro Ventoso e Alqueidão da Serra, no concelho de Porto de Mós, visitam ainda os concelhos de Leiria (Barreira e Azóia) e de Alcobaça (Cós). No final do Concerto de Encerramento, no dia 6 de Abril, em Alqueidão da Serra, será conhecido o vencedor do Prémio de Harmonização Coral José Ribeiro de Sousa que contou com participações de Portugal, Brasil e Itália.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Comemoração das “7 Maravilhas de Portugal”
The Gift e Fernanda Fragateiro iluminaram
o Mosteiro de Alcobaça
Na sequência da eleição “7 Maravilhas de Portugal”, no qual o Mosteiro de Alcobaça foi um dos escolhidos, a EDP convidou 7 grupos musicais e 7 artistas plásticos para se associarem ao evento comemorando essa eleição com os seus trabalhos. O dia 7 de Março foi a data agendada para o Mosteiro de Alcobaça, cabendo a performance artística à artista plástica Fernanda Fragateiro e o concerto aos “The Gift”, uma vez mais de regresso a casa. A próxima celebração terá como convidado o mágico Luís de Matos, que volta a Alcobaça, no dia 6 de Julho, à noite, para a realização da “Maior Metamorfose de Todos os Tempos”.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Dia 22 de Março
XXI Festival Nacional de Folclore do Rancho Tá-Mar da Nazaré junta cinco grupos folclóricos
O XXI Festival Nacional de Folclore do Rancho Tá-Mar da Nazaré realiza-se no dia 22 de Março (sábado), pelas 15 horas. Este ano, participam no evento o Grupo Regional Folclórico e Agrícola de Pividém (Guimarães), o Rancho das Cantarinhas de Buarcos (Figueira da Foz), o Rancho Folclórico de Penacova, o Rancho dos Campinos da Azinhaga (Ribatejo) e o anfitrião, o Rancho Folclórico Tá-Mar da Nazaré. O programa do Festival inclui desfile dos grupos participantes pelas ruas da vila, seguida de exibição no palco junto à Praça Sousa Oliveira. O Festival de Folclore do Rancho Tá-Mar da Nazaré conta com a colaboração da Câmara Municipal da Nazaré.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Cine-Teatro de Alcobaça
Maria João Quarteto apresentou álbum
com cancioneiro popular brasileiro
O Maria João Quarteto apresentou, no dia 1 de Março, no Cine-Teatro de Alcobaça, o seu novo disco intitulado “João”, que reúne 14 canções do cancioneiro popular brasileiro. A mais aclamada cantora de jazz portuguesa esteve igual a si própria em palco, contagiando o público que encheu a plateia com alegria, bom humor, pedagogia q.b. e a melhor música de além-mar, de Ary Barroso a Caetano Veloso, de Carlinhos Brown a Chico Buarque. O contrabaixista Damian Cabaud, o baterista Vicky e o guitarrista André Fernandes fizeram desta noite uma festa aclamada pelo público.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Cantora de Pataias foi finalista do "Cantigas na Rua"
Canção “Foolish Game” de Joana Rico atinge 180 mil downloads
A música “Foolish Game” da cantora Joana Rico atingiu os 180 mil downloads, em apenas dois meses. Joana Rico é natural de Lisboa, mas vive actualmente na Praia da Paredes, Pataias, Alcobaça, conta com 148 mil visitas apenas num dos sites de música onde colocou a sua canção: www.imeem.com . A cantora iniciou a sua carreira aos cinco anos por brincadeira e desde aí tem cantado em bares, espectáculos e programas televisivos, tendo sido finalista do programa “Cantigas da Rua”.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Conhecer a história dos instrumentos
“Orfeão Fora de Portas” no Dia do Pai
“Orfeão Fora de Portas” é o projecto criativo e pedagógico do Orfeão de Leiria, dirigido a todas as crianças e aos seus familiares, cuja apresentação está marcada para o dia 19 de Março, Dia do Pai, no Teatro José Lúcio da Silva, pelas 15 horas. O “Orfeão Fora de Portas” é um espectáculo divertido que pretende dar a conhecer a história e o som de alguns dos instrumentos musicais, inserindo-se na sensibilização para a música que o Orfeão tem vindo a desenvolver. A apresentação ficará a cargo de Sérgio Ventura e Frederico Fernandes, professores e instrumentistas do Orfeão de Leiria, que irão explicar a evolução do fagote e do oboé, dois instrumentos de sopro cujas formas têm sido modificadas ao longo dos tempos.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Workshop de Jazz
Orfeão de Leiria recebe Mário Laginha
O Orfeão de Leiria Conservatório de Artes vai receber Mário Laginha para um workshop de jazz, nos próximos dias 17, 18 e 19 de Março, das 14h30 às 20h30. Direccionado para alunos de música, frequentando ou não a Escola de Música do Orfeão, este workshop tem como objectivo mostrar a linguagem característica do jazz. “Mário Laginha vai ensinar algumas técnicas de jazz aplicadas a vários instrumentos, remetendo para a sua experiência como músico e compositor”, afirma Sandra Martins, directora pedagógica da Escola de Música do Orfeão de Leiria Conservatório de Artes.
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Leiria
Mão Morta apresentam o seu álbum “Maldoror”
Os Mão Morta apresentam o seu álbum “Maldoror” no dia 13 Março às 21h30, no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria. A partir de “Os Cantos de Maldoror”, a obra-prima literária que Isidore Ducasse, sob o pseudónimo de Conde de Lautréamont, deu à estampa nos finais do séc. XIX, os Mão Morta, com os dedos de alguns cúmplices, estruturaram um espectáculo singular onde a música brinca com o teatro, o vídeo e a declamação. Público-alvo: M/16 - Preço: Plateia e 1º balcão: 12 euros/ 2º Balcão: 10 euros - Duração: 1h20 (sem intervalo)
Esta notícia foi comentada 0 vez(es).
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Do Estado sem povo
Valdemar Rodrigues
Ser professor em Portugal
António Maduro
O Regicídio
Henrique Tigo
A crise na Educação!
Mário Nogueira
De jesuíta a “imperador”: erudição e pluralidade em António Vieira
Aldinida Medeiros
Porque a passagem do TGV é contra-natura
Por Jorge Alves
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o