Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem é responsável pelo conflito entre os motoristas e as empresas transportadoras?
Os motoristas
As empresas
O Governo
Outros
Não sei
Edição Nº 126 Director: Mário Lopes Domingo, 24 de Abril de 2011
Cerimónia de Entrega de Prémios do II Concurso Internacional de Música de Câmara Cidade Alcobaça
Simantra Grupo de Percussão brilhou
no Concerto de Laureados do CIMCA
    


Simantra Grupo de Percussão

A Cerimónia de Entrega de Prémios do II Concurso Internacional de Música de Câmara “Cidade de Alcobaça” (CIMCA) teve lugar no dia 15 de Abril, no Cine-Teatro de Alcobaça, com a actuação do Simantra Grupo de Percussão (1º Prémio na Categoria Sénior) e do Duo Liz (2.º Prémio da Categoria Júnior, já que o 1.º lugar nesta categoria não foi atribuído). Formado em 2009 por alunos da Universidade de Aveiro, o Simantra Grupo de Percussão, que actuou neste espectáculo com Fernando Chaib, Ricardo Monteiro e Leandro Teixeira, levou para casa um cheque no valor de 5000 euros e a oportunidade de realizar concertos na temporada de 2012 no Cistermúsica – Festival de Música de Alcobaça, Centro Cultural de Belém e Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura. 

   Marcaram presença na cerimónia Paulo Inácio, presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Nuno Azevedo, administrador da Casa da Música, João Bonifácio Serra, administrador da Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura, Rui Morais, director da Academia de Música de Alcobaça, representantes do CCB e da Sonae Distribuição, patrocinadora do evento, e os membros do júri constituído por António Rosa (Director Artístico), Pedro Burmester, Alexandre Delgado, Hugo Assunção, António Oliveira, Luís Fernando Pérez Hererro (Escuela Superior Reina Sofia, Madrid) e Gunter Pfitzenmaier (Staatliche Hochschule fur Musik, Kalsruhe), entre outras individualidades.

    


Duo Liz

   Presentes estiveram ainda os segundos classificados da Categoria Sénior, o Trio Anès (Sae Lee – piano, Ryoko Yano – violino, Seok-Woo Yoon – violoncelo), que levam para França um prémio de 2500 euros, e os terceiros classificados da Categoria Sénior, o Trio Musicalis (Mario Pérez – violino, Francisco Escoda – clarinete, Eduardo Raimundo – piano), levam para Espanha um prémio de 1500 euros. O júri decidiu ainda atribuir uma menção honrosa ao Trio Pessoa (Otto Pereira – violino, Raquel Reis – violoncelo, João Crisóstomo – piano).
   
   Na categoria júnior, o 1.º lugar não foi atribuído, tendo o Duo Liz (Eva Mendonça – flauta, Ricardo Pereira – guitarra) conquistado o 2.º lugar, seguido pelo Trio Densité (Mafalda Carvalho – flauta transversal, Samuel Marques – clarinete baixo, Laura Felício – piano). Foi ainda atribuída uma menção honrosa ao Trio com Piano do Conservatório Nacional (Bárbara Costa – piano, Sílvia Martins – violino), Pedro Silva – violoncelo).
   
 


Rui Morais, Nuno Azevedo e o Trio Anès

No final do Concerto de Laureados, Alexandre Delgado realçou a importância do Concurso Internacional de Música de Câmara “Cidade de Alcobaça” (CIMCA) porque “é o único concurso de música de câmara do País. Há muitos concursos de música de câmara no estrangeiro, é uma coisa normal, mas cá é uma raridade. Há o Prémio Jovens Músicos, mas é um concurso muito específico, não tem esta abrangência. A música de câmara é uma disciplina fundamental, é uma base da vida musical. Sem música de câmara não pode haver música. Um músico que não saiba tocar com outras pessoas não é um músico.”

   O director artístico do Cistermúsica admitiu que “o trabalho do júri foi muito difícil porque se está a comparar coisas que, de alguma forma, são incomparáveis. É muito subjectivo avaliar músicos de qualidade completamente equivalente em áreas dificilmente comparáveis, como o Trio Anès e o Trio Musicalis, ambos de qualidade excepcional. Acho que Alcobaça está de parabéns.”

    


Júri da segunda edição do CIMCA

Num Concerto de Laureados com sala cheia, mas que não esgotou, Rui Morais considerou que sendo apenas a segunda edição do Concurso Internacional de Música de Câmara “Cidade de Alcobaça” e ainda para mais sendo bianual, é natural que ainda não seja tão marcante para a população de Alcobaça como o Cistermúsica, que acontece há 19 anos seguidos. 

   O director da Academia de Música de Alcobaça lembrou que “o CIMCA é o único concurso de música de câmara abrangente, que não funciona por famílias de instrumentos. Deste ponto de vista, é único no País para além de ter outras características que fazem a diferença, nomeadamente, para além do prémio monetário, o facto dos vencedores poderem tocar em grandes festivais e no Guimarães Capital Europeia da Cultura.”

   Rui Morais não garantiu ainda a continuidade do concurso, dada a instabilidade financeira em que o País vive, mas acredita que, apesar de todos os constrangimentos, o concurso voltará a realizar-se em 2013. O director da Academia de Música de Alcobaça lembrou também que o CIMCA nestas duas edições se distinguiu por apresentar jurados de grande nível e que o júri nesta segunda edição foi totalmente renovado, com excepção do pianista Pedro Burmester, que esteve desde a primeira hora ligado à criação do Concurso.

   Mário Lopes
24-04-2011
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
É preciso fazer mais e melhor se quisermos erradicar a hepatite C até 2030
Dr. Arsénio Santos
A inteligência artificial e o livre-arbítrio humano
Valdemar Rodrigues
Jogos de tabuleiro e de mesa mais populares já podem ser jogados online
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o