Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a exploração de lítio em Portugal?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 226 Director: Mário Lopes Sexta, 25 de Outubro de 2019
Manobras – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas encerra a sua terceira edição alcobacense em Aljubarrota no dia 31 de outubro
Celeiro de Aljubarrota acolhe encerramento
do 3º Festival Manobras da Artemrede
  
                                            Cartaz
O Manobras – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas encerra a sua terceira edição em Aljubarrota (Alcobaça), no próximo dia 31 de outubro, com um espetáculo e uma festa no Celeiro de Aljubarrota.

   A noite de encerramento começa às 21h30 com o espetáculo de teatro Fogo Lento, da encenadora italiana Gostanza Givone, no qual uma mulher italiana e um homem português preparam panzerotti e cozinham, em lume brando, conceitos como identidade e tradição. No final do espetáculo, o público é convidado para o palco-cozinha para uma conversa com os atores Gostanza Givone e Ricado Vaz e para aprenderem a confeccionar, também eles, panzerotti.

   A partir das 23h, acontece a festa de encerramento com DJ’s, muito animação e a participação de artistas com andas da companhia XPTO.

    Tanto o espetáculo como a festa são de entrada livre.

   A 3º edição do Festival Manobras iniciou-se a 13 de setembro em Pombal e percorreu, ao longo de um mês e meio, outros nove municípios associados da Artemrede, entre eles o município de Alcobaça, que acolhe agora o encerramento do festival.

   A arte das marionetas, do teatro físico, das artes de rua e do audiovisual estão no centro da programação do Festival Manobras, uma organização da Artemrede que conta com o apoio do programa operacional Centro 2020.

31 out, 21h30 Celeiro de Aljubarrota FOGO LENTO + ESPETÁCULO DE ENCERRAMENTO DO MANOBRAS Costanza Givone

Há um jantar para ser preparado. Há uma mulher italiana e um homem português. Há uma mesa e há conceitos como identidade ou tradição que precisam de ser descascados e cozinhados em lume brando para se apurar os seus sentidos.

No fim do espetáculo, o último a apresentar no âmbito do 3º Manobras, o publico é convidado para a cozinha/palco para conversar com os criadores, aprender a cozinhar panzerotti e petiscar o que foi preparado.

Direção Artística Costanza Givone Cocriação e Interpretação Costanza Givone e Ricardo Vaz Trindade Apoio Dramatúrgico Raquel S. Desenho de Luz e Direção Técnica Francisco Campos Carpintaria Armindo Sá Produção Executiva Susana Paixão Vídeo e Design Gráfico João Vladimiro Fotografia Susana Neves Coprodução Comédias do Minho, Teatro Municipal do Porto, FIMP - Festival Internacional de Marionetas do Porto

Agradecimentos José e Dorinda Pinheiro, Ivone e Joep Ingen Housz (Quinta das Águias), Ana Maria (restaurante O Encontro) e Agostinho Correia (Grão-mestre da Confraria da Foda), Cândido e Lucinda Malheiro, Olívia e António Gonçalves, Fernanda e José Esteves (Associação de Verdoejo), André Fernandes, Nuno Lucena e turma do 12º ano do curso de Realização Plástica do Espectáculo da Escola Secundária Artística Soares dos Reis, Circolando, João Vladimiro, Maria José Passos da Costa, Magda Henriques, Maria de Lourdes Brandão Rodrigues dos Santos, Miss Opo, Paula Lopes.

Classificação etária M/6 Duração 60' (espetáculo) + 30' (conversa com os artistas) 21h30 espetáculo + 23h festa de encerramento Celeiro de Aljubarrota – Centro histórico de Aljubarrota ENTRADA LIVRE

Inserido no 3ª edição do Manobras – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas, saiba mais em https://bit.ly/2lYMtgY

Durante este fim-de-semana decorrem mais dois espetáculos inseridos na programação do Manobras:

26 OUT, 21h30 Centro Cultural Gonçalves Sapinho - Benedita PARA VÓS - UM SOLO CORAL SOBRE O LUGAR ONDE VIVEM AS MEMÓRIAS Cláudia Andrade / A Caravana passa


De que forma é que a nossa a relação com o passado molda o que somos no Presente? E como molda os mais velhos, aqueles que se lembram dos tempos que o tempo insiste em enterrar e das histórias que já mais ninguém conta? E essas histórias, correspondem ao que realmente aconteceu, ou apenas àquilo que é cómodo lembrar?

Para Vós nasce de um manancial de perguntas como estas. É uma história para tocar outras histórias. É a história do tempo, as histórias das avós de Cláudia Andrade e de outras 7 avós que, em Alcobaça, se juntam ao projeto com o objetivo de resgatar memórias. É a nossa história.

Criação e Direção Artística Cláudia Andrade Interpretação Cláudia Andrade e sete senhoras da comunidade local Apoio à Encenação Montse Bonet Apoio à Dramaturgia Joana Bértholo Direção de Produção São Correia Vídeo e Registo Fotográfico Patrícia Poção Direção Técnica Cláudia Rodrigues Assistência Artística Mafalda Alexandre Banda Sonora Fernando Mota Consultoria Técnica Pedro Fonseca Figurinos Ruy Malheiro Design Gráfico Silvia Franco Produção A Caravana Passa Associação Cultural Coprodução Centro de Arte de Ovar, Companhia de Atores, Centro de Artes de Águeda, Centro Cultural/ Município de Lagos, Centro das Artes e do espetáculo de Sever do Vouga.

Classificação etária M/12 Duração 75'

Bilhete: 5€

Bilhetes à venda: Cine-Teatro de Alcobaça, Tesouraria dos Paços do Concelho, Centro Cultural Gonçalves Sapinho e https://alcobaca.bol.pt/

27 OUT. 11H Concerto Poema: Balada das Vinte Meninas Friorentas de Margarida Mestre

Local: Cine-Teatro de Alcobaça João d’Oliva Monteiro Um poema feito canção, interpretado por voz e piano, em redor do universo das andorinhas, dos seus voos, dos seus ninhos e dos seus ovinhos... Uma história de gerações e migrações cheia de vento e sensações.... A partir do poema com o mesmo nome de Matilde Rosa Araújo e da partitura para o mesmo poema de Fernando Lopes Graça.

"Andorinha loucas, porque fostes tantas, porque vindes poucas..." in Cancioneiro Popular Português

Concepção e Interpretação Vocal Margarida Mestre Piano e Percussões Rui Ferreira Imagens/ Desenho projetado sobre cena Marta Rego Manipulação das Imagens ao Vivo Sofia Portugal Poema Matilde Rosa Araújo Partitura Base de Fernando Lopes Graça Classificação etária M/6 | Duração 50' Preço 3 euros Bilhetes à venda: Cine-Teatro de Alcobaça, Tesouraria dos Paços do Concelho, Centro Cultural Gonçalves Sapinho e BOL: https://alcobaca.bol.pt/Comprar/Bilhetes/80367-balada_das_vinte_meninas_friorentascine_teatro_de_alcobaca/
25-10-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O POOC e os excessos de alarmismo!!
Carlos Bonifácio
Ex-fumadores: vencedores incontestáveis
Dr. Alfredo Martins
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o