Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O coronavírus COVID-19 vai tornar-se um problema grave em Portugal?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 225 Director: Mário Lopes Quinta, 3 de Outubro de 2019
Para o público escolar e para a comunidade em geral
Books&Movies- Festival Literário e de Cinema de Alcobaça vai ter lugar de 13 a 20 de outubro
   
                         Magda Roma
A 6ª edição do Books & Movies – Festival Literário e de Cinema de Alcobaça vai decorrer de 13 a 20 de outubro de 2019. Nesta edição preparou-se, para o público escolar e para a comunidade em geral, um vasto programa que passa pelo cinema, teatro, dança, literatura oral e escrita, exposições, sustentabilidade ambiental, rock e muito mais.

   “Moçambique” – companhia Mala Voadora
O espetáculo de abertura do festival dá o mote para o festival: a Língua Portuguesa, ou melhor, a Lusofonia no seu sentido mais universal. De Portugal à América do Sul e a África, da Ásia à Oceânia a língua portuguesa atravessa o mundo e traz de volta, consigo, outras culturas, tornando-a umas das línguas mais belas e mais ricas do mundo.
A peça, “Moçambique” retrata, de forma simbólica, a história do país, das suas vicissitudes políticas, da sua situação no contexto da Guerra Fria, das tramitações da economia internacional a que o país recém-independente foi sujeito.

Para Jorge Andrade, fundador da Mala Voadora e encenador da peça, "Moçambique" faz parte da sua história de vida, ainda que seja inventada, resultando num terreno especulativo para o que podia ter sido e não foi. Uma história ficcionada de modo a tocar questões histórico-políticas de Moçambique e refletindo sobre uma série de outras. 14 de outubro, 21h, Cine-Teatro de Alcobaça.

    Gala Books & Movies » homenagem ao escritor angolano Pepetela!

    
       Pepetela é o escritor convidado
              do Books & Movies 2019
Depois de Manoel de Oliveira, Ana Zanatti, Mário Zambujal, Rita Blanco e Ruy de Carvalho a 6ª edição do Books & Movies irá contar com a presença do escritor angolano Artur Carlos Maurício Pestana dos Santos, conhecido mundialmente pelo pseudónimo Pepetela. Traduzido em 21 línguas, é um dos grandes escritores lusófonos da atualidade.

A escolha de Pepetela prende-se com o prestígio e o reconhecimento internacional que o escritor lusófono tem vindo a obter ao longo das últimas décadas. As suas obras refletem sobre os problemas da condição humana, questões que dizem respeito a todos nós.

Na Gala será também entregue o Prémio Internacional Books & Movies (modalidade: Roteiro de Viagem Escrito). O fotógrafo leiriense José Luís Pereira Jorge foi o grande vencedor desta edição com a obra “Viagem com Rio à vista”, sob o pseudónimo Afonso Borda d’Água. Na nota justificativa da atribuição do prémio, o júri do concurso refere-se que “numa prosa cuidada e envolvente, este trabalho consegue, ao mesmo tempo, criar um roteiro integral que lança um apelo ao seu leitor para partir e o repetir ou recriar, comprometendo-o como terceiro companheiro de viagem que, sem sair de casa, entra e sai das cidades europeias, sem nunca deixar de ver o rio por uma janela – a das emoções e dos sentimentos mais nobres, como o amor”. 20 de outubro, 18h, Cine-Teatro de Alcobaça.

O espetáculo de rua “Sorriso”, da companhia Teatro Só, retrata uma linda história de amor, que não se inspira em Romeu e Julieta, mas sim na vida em comum de um velho casal para quem o amor se consumou numa vida de sorrisos.
Mais um espetáculo grandioso e memorável, junto ao Mosteiro de Alcobaça. “Sorriso” foi condecorado, em 2018, com o Prémio de Melhor Espectáculo – ViaThea Görlitz/Zgorzelec International Street Festival (Alemanha). 19 de outubro, 21h, zona envolvente do Mosteiro de Alcobaça.

100 anos do nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen

“A beleza é simplicidade, verdade, proporção. Coisas que dependem muito mais da cultura e da dignidade do que do dinheiro.” Sophia de Mello Breyner Andresen (Porto, 6 de novembro de 1919 — Lisboa, 2 de julho de 2004)

No ano em que se celebram os 100 anos do seu nascimento, estas palavras são ainda muito atuais e ilustram bem o espírito do festival Books & Movies: trazer a cultura, de várias dimensões, para toda a comunidade, a educação para a cidadania. Nesta edição do festival, haverá várias oportunidades para celebrar a vida e a obra da ilustre escritora portuguesa, poetisa, mulher de cultura que tanto fez pela nossa língua:

“Escutar Sophia – Colóquio Internacional Sophia de Mello Breyner Andresen” nos dias 18 e 19 de outubro, integrado nas comemorações nacionais oficiais (www.centenariodesophia.com – site oficial do Centenário).

O colóquio junta em dois dias os maiores especialistas na carreira e na obra da autora, oriundos de Portugal, Espanha e Itália. 18 e 19 de outubro, Biblioteca Municipal de Alcobaça.

“A Viagem de Sophia”, estreia nacional do último espetáculo companhia SA Marionetas, de Alcobaça, que a partir do texto “A viagem” e do livro “Contos Exemplares” retratam o universo e as personagens de Sophia de Mello Breyner Andresen. Dias 15, 16 e 17 de outubro, no Cine-Teatro de Alcobaça.

Apresentações e sessões literárias:

António Mota (que este ano celebra 40 anos de vida literária!) vem à Biblioteca Municipal partilhar com os alunos os seus livros (amplamente divulgados no Plano Nacional de Leitura) e as suas histórias. 18 de outubro, Biblioteca Municipal de Alcobaça.

O escritor Gonçalo M. Tavares, no 14 de outubro, vai orientar para as escolas uma oficina sobre “Escrita e Imaginação”. 14 de outubro, Biblioteca Municipal de Alcobaça.

A escritora Ana Maria Magalhães vai partilhar com o seu público favorito, os alunos, um pouco da sua vida e do seu percurso literário. 17 de outubro, Biblioteca Municipal de Alcobaça.

De João Bonifácio Serra apresenta, o livro “Artista à procura da sua história: Luís Ferreira da Silva” que retrata a carreira artística do ceramista de Luís Ferreira da Silva (1928-2016): um homem que se desdobrou em várias correntes artísticas, da pintura à modelação do revestimento à tridimensionalidade, do design industrial à criação artística. 12 de outubro (numa antevisão do Festival), Mosteiro de Alcobaça.

Sobre o legado cisterciense, no dia 13 de outubro, serão apresentadas várias obras:
“Requinte e Paladar. Gastronomia Monástica Alcobacense”, de António Maduro,
“A Hermenêutica do Amor em Bernardo de Claraval”, de Amílcar Coelho e
“CisterI, II e III” – Atas do II Congresso Internacional dos Mosteiros Cistercienses.

As atas do Congresso Internacional “Virgínia Vitorino: Na cena do tempo” serão apresentadas, no dia 16 de outubro (18h), no histórico café “Tertúlia”.

E ainda teremos os autores António Mota, Domingos Amaral, Marco Taylor, José Maria Pimentel, Fernando Paula Barroso (e muitos mais) para falarem das suas obras e do seu percurso literário.

    A língua portuguesa e a sua universalidade. Contos da lusofonia:

.Estreia do espetáculo “Contos d’Além Mar” da escritora e narradora Clara Haddad, uma viagem pelos caminhos da literatura oral, da lusofonia, que reúne contos do Brasil, de Portugal, de Moçambique e de Angola, repletos de riqueza cultural.
.“Os piores contos do mundo” pelo argentino Rodolfo Castro, conhecido como o “pior contador de histórias do mundo”. É leitor, escritor e contador de histórias de tradição oral latino-americana e universal.
.“Histórias com sotaque” por Ana Isabel Gonçalves e Paula Pina. Contos de tradição oral e de obras de autores portugueses e lusófonos.
.“Onça é 1 bicho brasileiro” contos tradicionais do Brasil por Tâmara Bezerra.
.“Stórias de lá”, partilhas de lendas, fábulas, stórias tradicionais de Cabo Verde, Lusófonos, Africanos, por Adriano Reis.
. “Serão de contos”, ditos e contos que passam de geração em geração, num serão partilhado com vários narradores, por Joaninha Duarte, Tâmara Bezerra e Fernando Guerreiro. 16 de outubro, 20h, na Biblioteca Municipal de Alcobaça.
.”Os Homens também Contam”, sessão de contos na esplanada para todos ouvirem com homens que contam, por Thomas Bakk, Adriano Reis e Miguel Horta, 19 de outubro, 16h30, Casa dos Doces Conventuais.

    Books & Cooking

   Um espaço programado no âmbito das várias campanhas que a autarquia desenvolve anualmente para a promoção de uma alimentação saudável, diversificada e sustentável.
“Alternativas vegetarianas”, “A Dieta Anticancro” pela nutricionista Magda Roma e “Yogurtenest” são alguns exemplos da programação deste ano.
As apresentações terão lugar na Granja de Cister, nos dias: 13, 14, 16, 18 e 19 de outubro.

  Educação e boas práticas ambientais:
Os destaques da programação desta edição também vão para as boas práticas ambientais.
Apresentação do projeto É P’ra Amanhã (que dará origem a uma série documental (a estrear em 2020):

E se mostrar soluções e contar uma história positiva fosse a melhor forma de resolver as crises ecológicas, económicas e sociais que atravessam o nosso mundo? Foi com este mote que seis amigos (um deles alcobacense!) partiram em viagem à procura das soluções que já existem em Portugal. Dos que contribuem para uma sociedade mais justa e sustentável.

“Vamos salvar o planeta!” por Ana Tavares (Ciência Divertida) ensina as crianças a sentirem que podem ser agentes de mudança de forma a evitar um enorme desastre ambiental no Planeta Azul.

Na rubrica Cinema Eco destaca-se o filme “Portugal, Património Natural”, de Daniel Pinheiro, uma viagem pelas áreas protegidas de Portugal Continental.

    ROCKFEST está de volta aos palcos e ao Museu do Vinho e traz pela primeira vez uma banda internacional

1ª parte
O Gajo – Depois de 28 anos no circuito Punk Rock, João, escolhe a Viola Campaniça, um instrumento histórico de raiz tradicional, para ligar a sua música à terra que o viu nascer, Portugal.

2ª parte
Thee Eviltones – a banda britânica de Nottingham com influências 60’s garage punk, fuzz ou surf rock – já percorreu a Europa com diversas digressões e participações em festivais de relevo, tendo em Portugal um considerável grupo de admiradores, até porque o guitarrista, Tiago Queiroz, é português. 19 de outubro, 22h30

    Cinema
Foram selecionados três filmes para esta edição, que trazem, como é habitual, convidados (realizadores, produtores e atores) para uma partilha, entre os artistas e o público, do melhor que se faz atualmente em termos de cinema português:

.“Raiva”o último filme de Sérgio Tréfaut foi o grande vencedor dos Prémios Sophia 2019 (melhor filme, melhor atriz principal, melhor ator principal, melhor ator secundário, melhor argumento adaptado, melhor direção de fotografia). 15 de outubro, 21h.
.“Imagens proibidas” o filme de Hugo Diogo inspirado no livro de Pedro Paixão “Saudades de Nova Iorque”. 17 de outubro, 21h.
.“All the Way / Até ao fim” (websérie) – o jovem realizador alcobacense Pedro Rilhó, a residir atualmente em Londres, regressa ao Books & Movies para apresentar seu último trabalho, uma websérie que conta na produção com a ilustradora/animadora alcobacense Joana Ray. 19 de outubro, 21h.

Para o público escolar haverá oficinas de cinema, espaços para aprenderem a trabalhar as imagens (“Estas imagens são um rodopio”, “Esta brincadeira dava um filme!”) e muito cinema infantil com a chancela da Zero em Comportamento. Será também apresentado um documentário sobre “Os Primeiros Dias no Skate no Parque Verde”, que engloba a inauguração do Parque Radical com as respetivas atividades e workshops realizados, no final haverá um debate sobre o Skate na Sociedade.

   Teatro
A peça “Estranhas dicotomias” dos Gambuzinos com 1 pé de fora, foi “escrita à época de Bill Clinton. Será importante este facto? Que dicotomias se apresentam? Vinte anos se passaram, o mundo mudou. Será agora anacrónica a vida dos personagens então criados?”, 18 de outubro, 21h, Cine-Teatro de Alcobaça.
“Quem São Elas?”, o projeto do Teatro do Transformação que transforma mulheres comuns em grandes atrizes, volta ao festival com uma nova peça baseada no livro “No meio do Nada”, de António Mota. 15, 16 e 17 de outubro, na Escola Adães Bermudes.

    Exposições

No Mercado Municipal, destacam-se duas exposições em parceria com o Museu do Brincar (“Onde o brincar é levado muito a sério!”):
”Brinquedo Ótico”, brinquedos de óticos desde 1352 AC até ao seculo XX.
”Heróis do cinema e da literatura”, quem não se lembra do Topo Gigio, do Egas e da Heidi? Estes e outros personagens podem ser vistos nesta exposição.

   E ainda no Mercado Municipal poderá assistir a “Hemispherium Viajante”, uma projeção 360º, em parceria com o Exploratório Ciência Viva de Coimbra, um projeto de divulgação científica para um público alargado (dos mais novos aos adultos) que tem a particularidade de oferecer uma experiência de cinema envolvente e sensorial.

   No âmbito do festival Manobras, na Central de Confluência dos Rios, estará patente a vídeo-instalação “12 até ao fim do mundo”, uma criação do realizador António-Pedro (Caótica) durante uma residência artística em Alcobaça. “Na cidade que nos pede para darmos lugar ao amor. Demos. O amor no sentido mais alargado: por uma pessoa, por muitas, pelo que se faz, pelo que se cuida, pelo que se vê, pelo que não se vê, pelo que se acredita, pelo que se defende, pelo que se cultiva, pelo que se constrói.”

    Na Biblioteca Municipal de Alcobaça estará patente a exposição bibliográfica “Sophia: Centenário do nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2004)”. 18 a 31 de outubro, na Biblioteca Municipal de Alcobaça.Nesta breve apresentação do festival juntámos os principais destaques das várias manifestações culturais que estão agendadas que nos permitem percorrer o mundo fantástico da palavra e da imagem.
Vamos viajar?

6ª edição do BOOKS & MOVIES – Festival Literário e de Cinema de Alcobaça
13 a 20 de outubro de 2019 | Alcobaça
Organização: Câmara Municipal de Alcobaça
 
    Fonte: GRPP|CMA
03-10-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
Os sete pecados mortais da “Geringonça”
Mário Lopes
OPINIÃO
Feira de São Bernardo, Casal Gregório e arranjos exteriores das antigas escolas primárias de Alcobaça
Carlos Bonifácio
10 cuidados a ter este verão para prevenir infeções nos pés
Dr. Francisco Freitas
Saiba como ganhar dinheiro nas Apostas Desportivas a longo prazo
Por PTAposta
Entenda porque a Bettilt é a melhor Casa de Apostas em Portugal
Por Bettilt
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o