Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Os suspeitos de violência doméstica devem aguardar julgamento em prisão preventiva?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 220 Director: Mário Lopes Quinta, 14 de Março de 2019
Organização quer reutilização de copos
Festas de S. José sensibilizam visitantes
para a redução da pegada ecológica
    
     Copo personalizado das Festas
                   de São José
A organização das Festas de São José, que decorrem de 15 a 19 de março, feriado municipal (Dia de S. José), decidiu contribuir para a redução da pegada ecológica. Para que tal aconteça e de modo a minimizar o impacto ambiental causado por materiais descartáveis de plástico, decidiu sensibilizar os operadores económicos presentes nas Festas de S. José e o público visitante para esta temática, através da venda de um copo personalizado pelo preço simbólico de 50 cêntimos e, em contrapartida, sensibilizar os utilizadores para a reutilização do copo.
 
     Como contrapartida, sempre que reencher o copo tem prioridade no atendimento, para além de contribuir para que as Festas de S. José e os/as seus/suas participantes sejam mais amigos/as do ambiente.
Todos/as os que contribuírem paras as boas práticas ambientais têm ainda a oportunidade de levar para casa um copo personalizado como recordação dos momentos de convívio nas Festas de São José 2019.

     O Cartaz das Festas de S. José anuncia concertos com a cantora Blaya, no dia 15, David Antunes, no dia 16, Fernando Daniel, no dia 18, no Campo Infante da Câmara, junto à Casa do Campino e com a Orquestra Típica Scalabitana, no dia 16, na Casa do Campino.

    No dia 16, às 21h00, o Claustro da Casa do Campino recebe uma Noite de Fados com Homenagem a Carlos Velez (guitarrista Scalabitano que já acompanhou fadistas de renome nacional e internacional) e Vítor Rodrigues (autor de várias letras para fados/canções sobre o Ribatejo, o Cavalo, o Touro e Santarém). No dia 18, após o Concerto com Fernando Daniel, a partir das 24h00, a noite está a cargo das Tunas do IPS – Instituto Politécnico de Santarém.

       Outros dos pontos altos das Festas de S. José, têm lugar no dia 19, com a atribuição das seguintes placas toponímicas: às 09h00 – Rua José Abílio Alves Martins; às 09h30 – Rua José Abílio Alves Martins (junto à Rua Professor José Beja – Fontaínhas); às 10h00 – Rua Dra. Helena Stoffel (junto à Rua de Olivença) e às 10h30 – Rua Liceu Nacional de Santarém (junto à Igreja de Santa Clara, até à Escola Secundária Sá da Bandeira); a homenagem aos funcionários da Câmara Municipal de Santarém, aposentados em 2018, às 11h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho; a inauguração da Exposição “Urbanidade, 150 anos de Elevação de Santarém a Cidade (1868-2018”, no Jardim das Portas do Sol, patente até dezembro de 2019 que pretende mostrar como foi a sua evolução ao longo do último século e meio, desde que a antiga vila ascendeu à categoria de Cidade.

    “Urbanidade, 150 anos de Elevação de Santarém a Cidade (1868-2018)” é composta por várias estruturas distribuídas por seis lugares icónicos da Cidade: Rua Serpa Pinto, Praça Visconde Serra do Pilar, Praça Marquês Sá da Bandeira, e no Jardim Porta do Sol, Jardim da República e Jardim da Liberdade.

    Esta exposição pretende mostrar através de imagens, “a alteração histórico-urbanística destes lugares da antiga vila e a sua transformação no tempo, retratando, quer as diferentes funções e atividades que aí ocorreram, quer os equipamentos que aí se instalam e que marcam a imagem da cidade romântica”.

    A Missa, celebrada por D. José Traquina, Bispo de Santarém, tem lugar às 14h30, com a participação do Schola Cantorum da Catedral de Santarém e a Procissão em Honra de S. José, às 15h30, têm lugar no dia 19 de março - Feriado Municipal - Dia de S. José – patrono dos carpinteiros e dos artífices, e conta com a participação dos patronos e paróquias das juntas de freguesia do Concelho.

    De 15 a 19 de março, a Casa do Campino e os espaços envolventes, esperam atrair milhares de pessoas, com divertimentos, artesanato, tasquinhas, bares, ranchos folclóricos, campinos, festivais taurinos, jogos de condução e perícia com cabrestos, largadas de toiros, insufláveis.

    O Município de Santarém, dando continuidade à sua aposta para com as tradições, apoia a Praça Maior, associação que tem como objetivo revitalizar a Praça de Toiros Monumental “Celestino Graça”, que leva a efeito a 1ª Corrida de Toiros da Temporada – Corrida de Toiros das Festas de S. José, no dia 17 de março, às 16h00, que conta com a participação dos cavaleiros João Moura, António R. Telles e Francisco Palha, com os grupos de Forcados Amadores de Santarém e Vila Franca e 6 toiros de Cunhal Patrício. Os bilhetes já estão à venda e podem ser adquiridos no Posto de Turismo ou pela internet, através da Ticketline. Para mais informações, consulte: www.pracamaior.pt
O Município de Santarém oferece bilhetes que vão ser distribuídos pelas juntas de freguesia do Concelho.

      O programa das Festas de S. José conta ainda, no dia 16 de março com a inauguração da Exposição "Pedra conta-me Histórias", que apresenta trabalhos realizados pelos alunos dos Jardins de Infância do Concelho., às 11h00, no Convento de São Francisco, coordenada pelo Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques.

     No Dia de S. José – Feriado Municipal – dia 19 de março, às 11h00, com partida do Recinto das Festas de S. José (Campo Infante da Câmara – junto à Casa do Campino), tem lugar uma Caminhada “Nascer Em Santarém”, com atividade Gímnica no Jardim da Liberdade, organizada pelo Serviço de Ginecologia/ Obstétrica do Hospital Distrital de Santarém, com o objetivo de alertar/sensibilizar as pessoas para o facto de que “Nascer em Santarém é bom”.

      As Festas de S. José afirmam-se como o grande evento do Concelho, dando a conhecer ao País aquilo que Santarém tem de melhor no que respeita às suas tradições e ícones: o folclore, em que o fandango é o rei da festa, o artesanato, a gastronomia dos quatro cantos do País, os campinos – grandes guardiões da Lezíria e dos animais que a percorrem, a que se associa a festa brava e o ambiente tipicamente ribatejano, recriando a festa do Ribatejo e exaltando alguns dos seus ícones, marca da nossa tradição.

     O sagrado e o profano conjugam-se na perfeição nas Festas de S. José onde a Procissão e a Missa em Honra de S. José têm lugar de destaque.
Este evento celebra a honra da nossa cidade e de S. José, convocando o passado para este reencontro com a história e com a tradição.
A organização das Festas de S. José é da Viver Santarém, Desporto e Lazer, EM SA com o apoio da Câmara de Santarém.

     Fonte: GRPC|CMS
14-03-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Parque de auto caravanismo e passadiços de S. Martinho do Porto
Carlos Bonifácio
A importância do Exame Médico Desportivo
Dr. Manuel Portela
Liberdade para manifestar opinião
César Santos
Festivais de Verão 2019 – Centro e Sul de Portugal
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o