Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
A Linha do Oeste deve ser requalificada?
Até Caldas da Rainha
Até Leiria
Em toda a extensão
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 210 Director: Mário Lopes Segunda, 14 de Maio de 2018
Serviços Municipalizados efectuaram a obra
Reabertura do Ascensor da Nazaré está prevista para 15 de maio
  
                               Ascensor da Nazaré
O Ascensor da Nazaré deverá retomar o normal funcionamento na terça-feira, dia 15 de maio.

   O serviço foi suspenso por motivos de segurança depois de se ter verificado a queda de blocos de pedra da arriba para o túnel.

“Após a deteção da queda de pedras, apesar destas terem ficado retidas numa rede protetora, a primeira entidade a quem foi comunicada a suspensão de atividade do Ascensor, e explicados os motivos, foi a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), por ser a entidade que tutoria a área de arriba sobranceira ao túnel”, explica Orlando Rodrigues, vereador na Câmara e vogal dos Serviços Municipalizados.

   A APA deslocou-se ao local no passado dia 30 de abril, e delegou a resolução do problema na entidade gestora do Ascensor (SMN) por falta de meios para responder dentro do prazo solicitada pela Nazaré.

   A intervenção ficou concluída no final do dia 10 de maio, estando a data prevista de reabertura do Ascensor a aguardar autorização da entidade que efetua a fiscalização à segurança de funcionamento destes equipamentos.

   “Apesar da APA já ter visitado o local depois das obras, e ter avalizado a supressão do risco”, aguarda-se que comunique o seu parecer “ao IMT e à entidade que procede à fiscalização de segurança do equipamento”, esclarece Orlando Rodrigues.

   Da análise da APA aos trabalhos realizados, realce para a retirada dos blocos acumulados na base do talude sobrejacente ao túnel, aliviando a tensão sobre a rede; bem como o reforço desta (em alguns locais) e o seu reajustamento à face do talude, com a colocação de dois cabos de aço e dois panos de rede sobrepostos, que aumentaram a capacidade de resistência face a novas ocorrências.

   Para a Agência Portuguesa do Ambiente, “foi reposta a situação pré-existente à recente ocorrência de queda de blocos”.

   “Não obstante, a solução de estabilização existente assume um carácter provisório até à concretização da intervenção de fundo programada pela APA, para a área em apreço”, refere a Agência.

   O investimento desta intervenção foi assumido pelos Serviços Municipalizados da Nazaré, que aproveitaram a paragem para intervir na estrutura da Gare do Sítio e nos carros.

   “Os valores finais só serão apurados após a conclusão dos trabalhos, uma vez que não foi fácil estimar um orçamento para a sua execução numa fase preliminar, até porque estes poderiam não ir de encontro com os requisitos de segurança impostos pela APA e pela entidade que avalia as condições de segurança do Ascensor”.

   O Ascensor é um dos postais promocionais da Nazaré e um dos transportes de passageiros mais dinâmicos do país, com um crescimento de procura acima da média. Transportou 948 mil passageiros em 2017 (em 10 meses de funcionamento), sendo, segundo o IMT, o ascensor que transporta mais passageiros no país, batendo Santa Justa (Lisboa) e Guindais (Porto).

   Fonte: SML|GC|CMN
14-05-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Doença mental aumenta dependência do tabaco
Drª Tânia Silva
Pressão arterial alta é fator de risco para o enfarte
Dr. Pedro Farto e Abreu
Não gosto de “certa” linguagem…
Fleming de Oliveira
O pólen e o Centro de “Boas Vindas” no Mercado Municipal
Carlos Bonifácio
Das "crises" do estado-empresa e da empresa-estado
Valdemar J. Rodrigues
Fumadores têm maior risco de desenvolver demência
Manuela Morais
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o