Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 214 Director: Mário Lopes Terça, 6 de Novembro de 2018
Autarquia avalia isenção de derrama para as empresas que instalem a sua sede social no concelho
Câmara da Batalha devolve 1 milhão de euros de impostos aos munícipes em 2019
  
                           Paços do Concelho da Batalha
A Câmara Municipal da Batalha vai devolver cerca de 1 milhão de euros de IRS, IMI e derrama aos munícipes e empresas no próximo ano, informou, no dia 5 de novembro, o presidente da Autarquia, Paulo Batista Santos, após a aprovação pelo Executivo do pacote fiscal e do mapa de pessoal.

   O ano de 2019 será ainda marcado pela devolução de parte do IRS aos cidadãos e pela avaliação da decisão de isentar a Derrama por um período de 3 anos para as empresas que tenham instalado ou instalem a sua sede social no Concelho da Batalha nos anos de 2018, 2019 ou 2020 e que tenham criado ou criem, e mantenham no período da isenção, no mínimo, 5 novos postos de trabalho.

   “O pacote fiscal do Município da Batalha para o ano de 2019 prevê uma fiscalidade em linha com aquela que vinha a ser praticada nos anos anteriores, nomeadamente com o IMI na taxa mínima e todos os benefícios de IMI familiar aplicados, com a Derrama no valor reduzido de 0,95% para as empresas cujo volume de negócios no ano anterior não ultrapasse os 150 000 euros, e ainda com a decisão de devolver 1% do IRS", disse Paulo Batista Santos.

   O autarca vincou ainda que, deste modo, a Câmara Municipal em 2019, pela primeira vez, vai devolver aos Batalhenses 20% de todo o bolo de IRS a que poderia ter direito.

   A Câmara decidiu, igualmente, não proceder à atualização da generalidade das taxas municipais, pugnando assim pela estabilidade dos referenciais inscritos na Tabela de taxas e outras receitas municipais e protegendo um clima favorável à dinâmica de crescimento registado no atual ciclo económico local, pelo que se entende ser de dispensar a atualização nominal via Índice de Preços no Consumidor, mantendo-se também a redução temporária dos preços praticados nas piscinas municipais, aprovada recentemente pela Assembleia Municipal.

   Resulta do pacote fiscal aprovado, com impacto nos impostos, taxas e tarifas municipais que a Batalha é o município com a política fiscal mais favorável e que mais verbas de impostos devolve aos seus munícipes, nomeadamente através de:

• IMI – O Imposto Municipal sobre Imóveis está no mínimo admissível por lei: 0,3% (de um intervalo que vai de 0,3% a 0,45%), o que representa cerca de 300 mil euros ano de poupança para os batalhenses. Valor a que acrescem os descontos previstos para os agregados com filhos (nos limites máximos previstos na legislação), contabilizados num valor superior a 50 mil euros;

• IRS – Devolução do valor do IRS a que a CMB tem direito (1%). Esta medida representa uma devolução aos munícipes de cerca de 105 mil euros;

• Derrama – incentivo às empresas, ao empreendedorismo e à criação de emprego, com redução da taxa para 1,2% (os municípios podem lançar anualmente uma derrama até ao limite máximo de 1,5% sobre o lucro tributável sujeito e não isento de IRC) e de apenas 0,95% para empresas com volumes de negócio inferior a 150 m€. Medida que poupa às empresas cerca de 200 mil euros.

• Tabela de taxas e outras receitas municipais com dispensa na atualização nominal via Índice de Preços no Consumidor, mantendo-se também a redução temporária dos preços praticados nas piscinas municipais, aprovada recentemente pela Assembleia Municipal.

   Fonte: MB
06-11-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o