Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem vai crescer mais nestas eleições autárquicas?
PS
PSD
CDU
CDS
BE
Independentes
Outros
Edição Nº 197 Director: Mário Lopes Sábado, 18 de Março de 2017
Campanha de sensibilização: O Diagnóstico precoce pode salvar a sua Vida!
Europacolon e Farmácias Holon organizam em Leiria rastreios gratuitos ao cancro do intestino
  
                                Cartaz
As Farmácias Holon e a Europacolon Portugal promovem, em Leiria, uma campanha de sensibilização para o cancro colorretal. A iniciativa tem como objetivo promover o rastreio de uma doença que ainda é responsável pela morte de 11 portugueses todos os dias. Durante os meses de março e abril, os rastreios de Pesquisa de Sangue Oculto nas Fezes (PSOF) estão disponíveis em 11 Farmácias Holon, para pessoas com idades compreendidas entre os 50 e 75 anos.
 
   “As fases iniciais do cancro do intestino, por norma, não causam dor. Mesmo sem qualquer sintoma, a partir dos 50 anos é obrigatório que façam o despiste, pois a progressão da doença é silenciosa. Se detetada a tempo, tem cura em 90% dos casos”, afirma Vítor Neves, presidente da Europacolon.

   “Temos 179 farmácias unidas pela prevenção, pois um diagnóstico atempado pode, literalmente, salvar a vida de uma pessoa. O método de rastreio utilizado, pesquisa de sangue oculto nas fezes, permite identificar precocemente a presença de um tumor ou de pólipos no intestino e o encaminhamento imediato da pessoa para exames complementares de diagnóstico, ou seja, a realização de colonoscopia”, explica Mariana Rosa, farmacêutica das Farmácias Holon e coordenadora deste projeto ao nível nacional.

   De acordo com o Programa Nacional para as Doenças Oncológicas da Direção Geral da Saúde, em Portugal, todos os anos, são diagnosticados mais de 7 mil novos casos.

   “Esta parceria com as Farmácias Holon tem-nos permitido lutar contra esta doença e angariar fundos para ações de sensibilização e prevenção do cancro digestivo a nível nacional. Desde 2014, já conseguimos rastrear cerca de 3.431 pessoas, entre as quais 799 homens, e intervir junto de milhares”, relembra o presidente da Associação de Apoio ao Doente com Cancro Digestivo.
O rastreio ao cancro do intestino é dirigido à população em geral e tem em consideração os seguintes critérios de inclusão:

• Idade compreendida entre os 50 e os 74 anos;
• Não realizou PSOF no último ano ou colonoscopia nos últimos 5 anos;
• Sem sintomas relevantes;
• Sem ligações hereditárias de primeiro grau a doentes de cancro colorretal;
• Sem história pessoal anterior de cancro;
• Sem diagnóstico prévio de pólipos colorretais ou doenças inflamatórias do intestino (doença de Crohn ou colite ulcerosa).

   As análises clínicas são realizadas pela Euromedic em parceria com a Medicil. A par do rastreio, a Europacolon Portugal promove ainda, nas Farmácias Holon, um peditório público, cujo objetivo é a angariação de fundos para o desenvolvimento da sua missão, nomeadamente ações de sensibilização enquadradas na prevenção e apoio aos pacientes e familiares de cancro digestivo.
18-03-2017
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Dia Mundial da Saúde reforça importância de prevenir a depressão
Dr. Joaquim Cerejeira
Mais “Europa"
Gonçalo Silva
Imagine a sua vida sem Google
Marta Jacinto
Este é o momento
Luís Querido
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o