Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 210 Director: Mário Lopes Terça, 5 de Junho de 2018
De 21 a 24 de junho
Encontro Nacional de Infantis em Andebol
leva 1200 atletas à vila da Batalha
  
          Apresentação do Encontro Nacional de Andebol
A vila da Batalha vai receber de 21 a 24 de junho, a edição 2018 do Encontro Nacional de Infantis de Andebol, uma iniciativa da Federação de Andebol de Portugal, em parceria com a Associação de Andebol de Leiria e o Batalha Andebol Clube e com o apoio do Município. A iniciativa prevê a presença de 1200 atletas, divididos entre 24 equipas femininas e 32 masculinas. Além da vertente desportiva, o evento pretende também valorizar a formação, promover hábitos de vida saudável e a aquisição de valores fundamentais ao crescimento e formação dos jovens enquanto parte da sociedade.

   O evento foi apresentado no dia 1 de junho, no Claustro Real do Mosteiro da Batalha, com a presença do presidente da FAP - Federação de Andebol de Portugal, Miguel Laranjeiro; do representante da Associação de Andebol de Leiria, Eduardo Amaral; do presidente do BAC - Batalha Andebol Clube, Luís Dias; do autarca da Batalha, Paulo Batista Santos e do director do Mosteiro da Batalha, Joaquim Ruivo. Marcaram também presença, os atletas do BAC e o “Manitas”, mascote da FAP.

   O Encontro Nacional de Infantis em Andebol assinala o final de época desta modalidade, e promete trazer à Batalha cerca de 1200 jovens oriundos de todo o território nacional e que ao longo desses dias irão participar na festa nacional do andebol e desporto infantis.

   O evento irá ser disputado nos vários pavilhões do concelho (Gimnodesportivo da Batalha, Municipal da Golpilheira, Amarense, Quinta do Sobrado e Alcaidaria) e ainda em dois recintos na vila da Batalha e no Exposalão. Os atletas irão pernoitar nos referidos pavilhões e também nas escolas do concelho, onde serão servidas as refeições.

  
    Equipas masculina e feminina do Batalha Andebol Clube
Para Joaquim Ruivo, é muito importante a parceria entre a “cultura e o serviço educativo, onde se inclui o desporto” visto “valorizar duas vertentes importantes da sociedade”. Já Luís Dias agradeceu a oportunidade dada ao BAC de “organizar um grande evento que será um marco histórico em termos desportivos” na vila da Batalha.

   Por sua vez, Eduardo Amaral destacou o esforço do autarca Paulo Batista Santos, que tornou possível a realização deste evento na Batalha, que trará um “grande movimento de jovens e de famílias”.

   Miguel Laranjeiro referiu-se à Batalha como “um concelho conhecido pela dinâmica cultural, económica e turística, mas que tem também uma dinâmica desportiva”. O responsável da FAP salientou que “o desporto abrange várias vertentes da sociedade como a saúde, promoção da vida saudável, fair-play, coesão social, educação e agora a cultura”, sendo, para Miguel Laranjeiro, “importante que mais do que a parte desportiva se valorize a partilha e o convívio”.

   A finalizar, Paulo Batista Santos referiu que a realização deste evento só é possível com a “mobilização de todos os batalhenses, envolvendo todo o concelho com as forças de segurança, escolas e colectividades, mas também os muitos anónimos que irão de forma voluntária ajudar”. O edil lembrou o “crescimento que o andebol tem tido nos últimos anos no país, produzindo grandes atletas masculinos e femininos”, dando como exemplo o BAC, um clube que envolve cerca de 200 atletas e que tem contribuído para a formação dos jovens.

  
  Atletas da Batalha e organizadores do Encontro Nacional
                              de Infantis de Andebol
A terminar Paulo Batista Santos fez votos de que “os jovens se divirtam e que os pais possam desfrutar do turismo, da cultura e da gastronomia da nossa terra”, afirmando ainda que “iremos lutar para que a Batalha fique mais uma vez na história, desta feita do andebol português”.

   O Encontro Nacional de Infantis em Andebol representa um investimento de 60 mil euros, sendo 30 mil do município da Batalha e os restantes 30 mil de patrocínios de várias entidades do concelho e da região. Paulo Batista Santos referiu que está “convencido que iremos triplicar o investimento”, para a economia do concelho.

   Mónica Alexandre
05-06-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o