Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem foi o principal vencedor das eleições para o Parlamento Europeu?
PS
Bloco de Esquerda
PAN
Outro
Edição Nº 70 Director: Mário Lopes Segunda, 28 de Agosto de 2006
Fados e tourada no cartaz
18ª Corrida do Agricultor encheu Praça de Touros das Caldas
         
             Forcados pegando o touro
O empresário Paulo Pessoa de Carvalho apostou forte e foi quem mais triunfou na noite de 25 de Agosto, durante a 18ª Corrida do Agricultor, com apoio da CAP. A noite até ameaçava ser madrasta com o vento e nevoeiro, mas estas preocupações foram ultrapassadas pouco antes da corrida ter inicio, com transmissão em directo na RTP 1. A iniciar o muito público que quase lotou a centenária Praça de Touros das Caldas da Rainha, ouviu um espectáculo de fados, proporcionado pela família Câmara e amigos.

             Cavaleiros e forcados fizeram maravilhas com grandes toiros bravos e proporcionaram um brilhante espectáculo ao vivo e pela RTP1. A entrada de João Moura foi um pouco tumultuosa, pois o toiro que lhe coube em sorte, de 525 quilos, deu-lhe alguns problemas, tendo o público apupado o cavaleiro.            
Touro investindo contra o cavaleiro


À cara deste exemplar da ganadaria de Maria Guiomar Cortes Moura, foi o forcado de Montemor, Francisco Mira que fez duas brilhantes pegas à primeira tentativa. À primeira, o forcado não largou a cara do toiro e o seu grupo saiu de cena, correndo sempre atrás do toiro e do seu colega que andou muito tempo sem ajuda na cara do toiro. Depois na segunda, outra grande pega, mas desta feita todo o grupo ajudou e bem, levando a Praça de pé ao rubro. Aliás Francisco Mira deu a volta à arena sozinho, com toda a praça de pé a aplaudir tal bravura do moço forcado.

             O segundo toiro da noite, de 532 quilos, foi lidado pelo cavaleiro António Ribeiro Telles. Este teve sorte em todos os ferros e soube dominar o toiro bravo e cheio de força. Aliás todos os toiros foram de grande porte, cheio de força, do princípio ao fim de cada lide e pega, o que proporcionou um grande espectáculo. À cara deste segundo da noite, o cabo do grupo de forcados amadores das Caldas da Rainha, Nuno Vinhais colocou a fasquia da corrida muito alta, pegando à primeira tentativa.

            
       Família Câmara cantou o fado
O terceiro toiro, de 515 quilos, foi brilhantemente lidado por Vítor Ribeiro, sendo pegado pelo forcado de Montemor, José Maria Cortes, que pegou à primeira tentativa. Depois houve mais um momento de fado, pela família Câmara e amigos, seguindo-se o toiro da noite, de 605 quilos. Neste exemplar de Maria Guiomar Moura, o cavaleiro redimiu-se do primeiro que lhe havia calhado em sorte. João Moura lidou bem, para depois, à quarta tentativa, Manuel Nobre da Veiga pegar pelo grupo de forcados das Caldas.

             O quinto toiro de 570 quilos, foi lidado com segurança por António Ribeiro Telles, tendo pegado à primeira por João Cabral, do grupo de Montemor. O sexto toiro, o mais pesado da corrida, com 609 quilos, coube em sorte ao cavaleiro Vítor Ribeiro, que lidou com brilhantismo. À cara deste bonito exemplar foi o forcado Francisco rebelo de Andrade, que pegou à primeira tentativa, pelo grupo das Caldas.

             Fonte: Gabinete de apoio a jornalistas e repórteres de imagem no Verão Foz 2006

 

 

 

28-08-2006
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O raio
Elsa Proença
O Ordenamento do Território e a Protecção da Natureza
Eugénio Sequeira
Líbano: Uma Guerra sem Solução?
Paulo Batista Santos
O 150º aniversário do nascimento de Marcelino Mesquita
Paulo Caldas
Líbano
Ricardo Miguel
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o