Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Como classifica o nível da pandemia em Portugal?
Normal que haja surtos pontuais
Anormal e a culpa é do Governo
Anormal e a culpa é do comportamento das pessoas
Não sei
Edição Nº 228 Director: Mário Lopes Quarta, 15 de Janeiro de 2020
“Imagina um Tesouro”
Livro lançado no Mosteiro de Alcobaça mostra Património Mundial do Centro aos mais novos
  
               Bernardo Campos, Paulo Inácio, Pedro Machado,
                     Isabel Minhós e Maria Manuel Pedrosa
O Dormitório do Mosteiro de Alcobaça foi o palco privilegiado, no dia 14 de janeiro, para a apresentação do livro "Imagina um Tesouro - quatro lugares que vais guardar como um tesouro". Este projeto editorial surge no âmbito da operação Lugares Património Mundial do Centro de Portugal e propõe uma viagem de descoberta pelos quatro lugares classificados pela UNESCO como Património da Humanidade no Centro de Portugal: Mosteiro de Alcobaça, Mosteiro da Batalha, Convento de Cristo e Universidade de Coimbra, Alta e Sofia. O livro vai ser distribuído no contexto de visitas escolares aos monumentos.

   A obra foi desenvolvida pela editora Planeta Tangerina e contou com a colaboração dos serviços educativos dos quatro lugares Património da Humanidade. O objetivo principal é auxiliar a experiência turística dos públicos escolares e famílias na visitação aos quatro espaços, de uma forma divertida e cheia de curiosidades.

  A apresentação contou com a presença de Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, Paulo Inácio, presidente da Câmara de Alcobaça, Bernardo Campos, representante da CCDRC, e as coordenadoras do projeto editorial educativo ‘’Imagina um tesouro – Quatro Lugares que vais guardar como um tesouro’’, Isabel Minhós e Maria Manuel Pedrosa.

 Na ocasião, Paulo Inácio elogiou os méritos da operação Lugares Património Mundial do Centro, promovida pelo Turismo Centro de Portugal, pelos municípios de Alcobaça, Batalha, Coimbra e Tomar e pela Universidade de Coimbra. "É um projeto que tem dado frutos e que devemos continuar a apoiar e acarinhar", sublinhou o autarca.

  No mesmo sentido, Bernardo Campos frisou uma mudança de paradigma na forma como Portugal trata os seus monumentos. "Nem sempre tratámos bem os muitos espaços notáveis que os nossos antepassados nos deixaram. Felizmente, agora estamos a fazer ao contrário: estamos a tratar bem não só daquilo que é nosso mas que é de todos. É essa a nossa responsabilidade", declarou.

  Pedro Machado destacou o facto de o património ser "um dos produtos turísticos que mais tem contribuído para aumentar a atratividade da região Centro de Portugal", com reflexos no aumento de visitantes que se verifica ano após ano. "E já que somos capazes de captar tantos turistas, podemos também captar novos públicos. Este livro segue esse caminho, ao induzir as visitas à região, com uma nova abordagem ao património. É sempre possível continuar a surpreender no património", disse. "Todos temos a obrigação de deixar o património melhor do que encontrámos", acrescentou.

    Por parte das autoras do livro, que apresentaram a obra, Isabel Minhós realçou que "este livro pode ser uma boa porta de entrada para os mais novos conhecerem a História de Portugal". E fá-lo de forma criativa: a estrutura do livro inclui vários blocos que estimulam a imaginação, casos de "Tudo começou assim", "Um Tesouro chega até nos", "Consegues imaginar?", "Observa" ou "Curiosidades".
 
    Fonte: TCP e AdC
15-01-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O CEPAE e o Museu Nacional da Floresta
Adélio Amaro
Estatuária, Memória e Democracia
Leonor Carvalho
As grandes epidemias da História
Joaquim Vitorino
Dever de informar
Carlos Bonifácio
A Pandemia… dos ignorados
Dr. Joaquim Brites
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o