Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 213 Director: Mário Lopes Terça, 11 de Setembro de 2018
Alcobaça
Documentário “Terras de Cister’ vence Prémio Internacional Books & Movies 2018

  
                                  Logótipo do concurso
O documentário “Terras de Cister” realizado por Filipe Miguel de Moura, sob o pseudónimo Miguel Reys, foi o trabalho escolhido pelo júri do 5º Prémio Internacional Books & Movies. O anúncio foi lido em voz alta pela Vereadora da Cultura Inês Silva na reunião de câmara desta segunda-feira, 10 de setembro. O prémio será entregue na Gala Books & Movies a realizar no dia 14 de outubro no Cine-Teatro de Alcobaça João
D’Oliva Monteiro. A 5ª edição do festival Books & Movies irá decorrer de 8 a 14 de outubro. Leia a deliberação do júri.

   Prémio Internacional Books & Movies – Município de Alcobaça 2018
   Modalidade a concurso – “Roteiro filmado de viagens”

   O júri deliberou atribuir o Prémio ao trabalho intitulado "Documentário Terras de Cister”, da autoria de Filipe Miguel de Moura que assinou o texto com o pseudónimo Miguel Reys. Deu conhecimento da sua decisão em reunião pública da Câmara Municipal do dia 10 de setembro de 2018, pelas 14:30H, no Salão Nobre, anunciando aí a identidade do autor da obra galardoada e apresentando a seguinte justificação:

   “Documentário Terras de Cister” "Terras de Cister" é um trabalho que envolve uma pesquisa e produção de conteúdos próprios para o documentário. Além disso tem um fio condutor que visa enquadrar a história desta região, ao mesmo tempo que a promove com os produtos e produtores da terra. Oferece uma perspetiva abrangente sobre a importância histórica do concelho de Alcobaça, debruçando-se sobre as atividades financeiras e culturais que mais se destacam na região. Há um trabalho de campo notório, não se ficando meramente pelas cabeças falantes, além de incluir pequenos rasgos de ficção que acrescem valor à obra. Por ser, não só, um esforço maior, mas também pela atenção aos detalhes, é a escolha do júri.

O Júri Inês Silva – Vereadora da CMA
José Ricardo Pinto – Realizador
Pedro Rilhó – Realizador

   Fonte: GRPP|CMA
11-09-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
De que matéria se faz esta cidade?
Jorge Mangorrinha
A Guida fugiu com um rapazola ou o pé da Luizinha Carneiro
Fleming de Oliveira
Peso das mochilas não provoca escoliose
Dr. Nuno Neves
Explosão tecnológica abre a porta à inteligência artificial
Joaquim Vitorino
Não se esforce em demasia: dores nos pés podem ser sinal de fasceíte plantar
Drª Fátima Carvalho
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o