Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Qual será o melhor presidente do PSD?
Rui Rio
Santana Lopes
Outro
Edição Nº 204 Director: Mário Lopes Quinta, 12 de Outubro de 2017
“Re-nascer depois das cinzas”
Grupo de gestores de Pedrógão Grande reage
à catástrofe com organização de conferência
  
                             Cartaz
O dia 17 de junho ficou marcado pelo incêndio mais violento que Portugal já conheceu. O incêndio de Pedrógão Grande causou 64 mortos, 254 feridos (dos quais, sete graves) para além de habitações, bens, propriedades e empresas devastadas.

   Face à tragédia, três amigos com raízes na região e em conjunto com Henrique Niessen da incubadora ‘A Ponte’, decidiram contribuir com o seu know-how para o renascer da atividade económica local. Essa ajuda chega sob a forma de conhecimento, com a organização da conferência 'Re-Nascer - Depois das Cinzas', que vai ter lugar no dia 21 de outubro, em Pedrógão Grande e que é de acesso gratuito.

   Os objetivos da conferência, que terá como oradores empresários e gestores naturais desta região, e com sucesso firmado nacional e internacionalmente, passam por inspirar e envolver os agentes económicos locais, oferecer formação de elevada qualidade, através de alguns dos melhores líderes nacionais, provocar uma atitude positiva e de inovação e proporcionar networking entre empresários e organizações.

   Confirmados, estão já os oradores Paulo Barradas (CEO Bluepharma), Rafael Nacif (Partner at Brave Generation and Patagora Investimentos), Fernando Amaral (Chairman Sendys Group), Acácio Teixeira (CEO Seaside), Rafael Pires (IT Labs at Sonae -BIT), Pieter Van Nuenen (Founder Enjoy-Portugal.com), Luís Santos (Partner Alpac Capital), Pedro Rocha Vieira (Co-Founder & CEO at Beta-i), Lino Afonso (Diretor da Crédito Agrícola Seguros) e João Paulo Catarino (Coordenador da Unidade de Missão para a Valorização do Interior).

   Para Feliciano Roldão, um dos mentores do evento, "Portugal respondeu de forma exemplar ao apelo e ajudou das mais variadas formas. No entanto, estamos convictos de que há um outro nível de apoio muito importante, quase sempre esquecido, mas fundamental para a sustentabilidade do tecido económico-social da região: o apoio aos empresários locais afetados pela tragédia. Assim, em conjunto com a Sofia Carmo e o Bruno Fernandes, decidimos pôr mão à obra e ajudar com o que são as nossas competências. Neste contexto, decidimos organizar a conferência 'Re-Nascer', que tem como lema 'prosperar com sustentabilidade depois das cinzas'".

   A conferência, que será dividida em quatro painéis, terá em cada um deles um momento inspiracional, com um convidado que apresentará o seu caso de sucesso. Posteriormente, haverá um debate com três convidados e um moderador.

   Os temas de cada um dos painéis, que pretendem oferecer ferramentas competitivas a todos os agentes económicos locais, são:
Parcerias e Sinergias - Como beneficiar de um trabalho assente na união;
Inovação e Criatividade - Como inovar num contexto rural;
Plano Estratégico - Como criar crescimento e impacto de forma sustentada;
Marca Regional - Como desenvolver uma marca regional;

   A organização pretende trazer à região investidores e empresários de sucesso e juntar, na mesma sala, todos os stakeholders da região, como empresários, autarcas, responsáveis de organizações locais, mas também estudantes, população ativa e desempregados.

   O evento contará ainda com um almoço de networking, aberto a todos, para potenciar ao máximo a partilha de conhecimento, inspiração, criatividade e, sobretudo, ideias para o renascimento desta zona do país.

   A região do Pinhal Interior já passava por grandes dificuldades nos últimos anos e esta tragédia veio agudizar os problemas existentes. Todavia, como a história retrata em inúmeros casos, várias cidades e regiões que foram igualmente devastadas por guerras ou catástrofes souberam aproveitar o momento para renascer e prosperar com sustentabilidade. Esta conferência pretende ser o elemento catalisador para um virar de página na região.
12-10-2017
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O Deselegante Declínio da Autoridade Administrativa
Sérgio Martinho
O declíno acentuado das funções executivas podem ser indicadores de doença
Drª Luísa Lagarto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o