Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem é responsável pelo conflito entre os motoristas e as empresas transportadoras?
Os motoristas
As empresas
O Governo
Outros
Não sei
Edição Nº 218 Director: Mário Lopes Terça, 22 de Janeiro de 2019
Em causa eventuais danos ambientais e paisagísticos
Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazaré lança petição pública contra “zipline”
  
                                  Promontório da Nazaré
O Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazaré emitiu um comunicado, no dia 21 de janeiro, dirigido à população da Nazaré e demais interessados que, após interpelação em reunião de Câmara, tomou conhecimento da existência da candidatura de uma empresa ao concurso para a construção do “zipline” no promontório da Nazaré.

   Segundo a Câmara Municipal da Nazaré (CMN), essa candidatura estará em análise pelo escritório de advogados contratado pelo Executivo Municipal para o efeito. (vide: http://www.base.gov.pt/Base/pt/Pesquisa/Contrato?a=4794035). Na eventualidade de esta candidatura ser legalmente admitida, o júri do concurso, composto por elementos da CMN, poderá promover a aprovação da mesma.

   Ao longo dos últimos meses, o Movimento Cívico informa que tem recebido o apoio expresso de largas centenas de pessoas que, através da página do Movimento (com cerca de 1000 seguidores) e da petição pública (mais de 700 assinaturas), que estão consigo na oposição firme ao que classificam de “insensata ideia da Câmara Municipal da Nazaré.”
~
   Segundo o Movimento Cívico, “a enorme onda de apoio à causa irá continuar até que o processo do “zipline” seja definitivamente encerrado, pedindo aos interessados que manifestem o seu apoio a esta causa, assinando a petição online ou em papel, assinando a folha que poderão descarregar na página de Facebook do Movimento em: https://www.facebook.com/Promontorio.Nazare/
  
   O Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazaré garante que irá “continuar a encetar todas as formas de luta mais adequadas a cada momento, sem abdicar de qualquer instrumento disponível num Estado de Direito. Em nome da Nazaré. Em nome da preservação da paisagem. Em nome da proteção da fauna e da flora. Em nome da nossa identidade cultural.”
22-01-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
O Governo do descaso
Mário Lopes
OPINIÃO
A Hipoteca do Futuro pelos Foguetes do Presente
Tiago Carrão
O novo Programa Estratégico de Reabilitação Urbano (PERU)
Carlos Bonifácio
Mudar Alcobaça, mas para melhor
Luís Guerra Rosa
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o