Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 213 Director: Mário Lopes Quarta, 26 de Setembro de 2018
Mais de 7%
Projeto de combate à obesidade infantil reduz
nº de casos de excesso de peso na Batalha

  
              Projeto privilegia a alimentação mediterrânica
A Câmara da Batalha, em articulação com o Agrupamento de Escolas, implementou no Ano Letivo de 2016/2017, em todas as Escolas Básicas e nos Jardins de Infância da Rede Pública, o projeto de combate à obesidade infantil “Batalha Saudável”, que envolve mais de 750 alunos.

   O Projeto “Batalha Saudável”, que recorre a uma Nutricionista e procede ao levantamento e à classificação do estado nutricional dos alunos do Concelho da Batalha, aposta na promoção junto deste público, da transmissão de conhecimentos sobre a importância de uma alimentação saudável e diversificada.

   Após a sistematização da recolha de dados relativos à composição corporal dos alunos, recorrendo à medição do peso, altura e cálculo do IMC (Índice de Massa Corporal), através das Curvas de Crescimento da Organização Mundial da Saúde, é possível concluir que após a implementação do projeto, verifica-se uma redução de 7% dos casos de obesidade no pré-escolar, aumentando esse valor para 7,2% junto dos alunos do 1º CEB.

   A redução do número de casos em que o excesso de peso nas crianças é prevalente, justifica a continuidade deste projeto no Ano-Letivo que agora iniciou, reforçando por esta via as ações de sensibilização junto dos alunos e dos Encarregados de Educação para as vantagens de uma alimentação saudável.

   Entende Paulo Batista Santos, presidente da Câmara Municipal da Batalha que os dados agora conhecidos “confirmam que a prevenção é mesmo a melhor resposta a este problema complexo que é a obesidade infantil”.

   Segundo os dados oficiais, uma em cada três crianças portuguesas apresenta excesso de peso, uma tendência que para os especialistas em saúde pública vai intensificar-se nos próximos anos. Por esta razão, a Comissão Europeia aponta Portugal como um dos países europeus com maior número de crianças afetadas por esta epidemia.

   Para Paulo Santos, “em boa hora a autarquia da Batalha, em articulação com o Agrupamento de Escolas deu início a este projeto que tem merecido total abertura e disponibilidade na sua implementação junto da comunidade escolar”.

   Fonte: MB
26-09-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o