Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a exploração de lítio em Portugal?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 226 Director: Mário Lopes Quinta, 24 de Outubro de 2019
Dias 24 e 25 de outubro
Tomar recebe primeiro seminário nacional sobre “Saber-Fazer” Tradicional
   
   Tabuleiro da Festa dos Tabuleiros
O primeiro Seminário Nacional Sobre o «Saber-Fazer» Tradicional começou esta quinta-feira, dia 24 de outubro, prolongando-se até sexta-feira, na Biblioteca Municipal de Tomar, numa organização da Associação Portuguesa para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial e do Município local, iniciativa em que a Festa dos Tabuleiros, também ela candidata a património imaterial, estará no centro das atenções.

   Este fórum pretende contribuir para a salvaguarda, a promoção e uma mais ampla perceção da singularidade desta inestimável faceta do património cultural imaterial português, que integra representantes reconhecidos pela UNESCO como a arte chocalheira, a louça preta de Bisalhães e os bonecos de Estremoz, mas também a tradição tomarense: latoaria, cestaria, olaria, confeção de rodilhas e de flores de papel.

   A sessão de abertura contou com as presenças de Filipa Fernandes (vereadora da Cultura da Câmara de Tomar), Suzana Menezes (diretora regional de Cultura do Centro) e Luís Marques (presidente da Associação Portuguesa para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial).

   
     Cestaria é uma das artes tradicionais representadas
Do vasto programa, que abarca comunicações sobre inúmeros casos do “saber-fazer” português, destaque para “Os “saber-fazer” tradicionais enquanto elementos insubstituíveis da Festa dos Tabuleiros”, amanhã, às 11h45, por André Camponês, antropólogo e coordenador da proposta de inscrição da Festa dos Tabuleiros no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial.

   No local, executando peças ao vivo, estão presentes representantes do “saber-fazer” tradicional: arte chocalheira, louça preta de Bisalhães, bonecos de Estremoz, rendas de bilros de Peniche, bem como da tradição tomarense. Haverá ainda uma exposição de livros e de materiais audiovisuais de cariz patrimonial imaterial para consulta ou aquisição com descontos especiais.
 
    Fonte: GCI|CMT
24-10-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O POOC e os excessos de alarmismo!!
Carlos Bonifácio
Ex-fumadores: vencedores incontestáveis
Dr. Alfredo Martins
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o