Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a exploração de lítio em Portugal?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 227 Director: Mário Lopes Domingo, 24 de Novembro de 2019
Nas comemorações dos 75 anos da inauguração e dos 15 anos da reabertura do edifíco
Carlos Bica atua no aniversário do Cine-Teatro de Alcobaça João D'Oliva Monteiro
  
                                   Cartaz
Durante os meses de novembro e dezembro, o Cine-Teatro de Alcobaça João D’Oliva Monteiro terá dois motivos para uma grande celebração uma vez que se assinalam os 75 anos da sua edificação original e 15 anos da sua recuperação e reabertura. Recorde-se que a inauguração do edifício teve lugar a 18 de dezembro de 1944 e a sua reabertura a 12 de novembro de 2004

    No âmbito desta dupla celebração, o Cine-Teatro apresenta o conceituado músico de jazz português Carlos Bica, num concerto acompanhado de André Santos (guitarra elétrica) e João Mortágua (saxofones alto e soprano), a realizar no dia 29 de novembro, pelas 21h30.

   Carlos Bica é um dos poucos músicos portugueses que alcançou projeção internacional, tendo-se tornado uma referência no panorama do jazz europeu. Entre os vários projetos musicais que lidera e para além das suas colaborações com teatro, cinema e dança, o trio AZUL, com o guitarrista Frank Möbus e o baterista Jim Black, tornou-se na imagem de marca do contrabaixista e compositor.

   Para este projeto, Carlos Bica convidou o guitarrista André Santos e o saxofonista João Mortágua, dois dos mais talentosos e criativos músicos de uma nova geração de músicos portugueses, para em palco partilharem as suas canções.

   Quando se fala da música de Carlos Bica, a crítica costuma salientar a forma como nela se interpenetram referências de diferentes universos, da música erudita contemporânea à folk, ao rock, ao jazz, às músicas improvisadas.

   “A música de Carlos Bica é excitante, é moderna e contagiante. Bica é um ouvinte atento ao mundo exterior - daí a sua modernidade - e um escritor de canções inato. Nas suas composições encontramos fragmentos de coisas que apenas o nosso subconsciente reconhece, mas expostas de forma tal que elas nos surgem absolutamente naturais e óbvias. Nada que tenha a ver com alguma forma de pastiche ou resultado de copy/ paste; antes uma forma evidente de contar histórias feitas de pedaços de quotidiano que de uma forma estranha reconhecemos.” Leonel Santos, All Jazz

    Comemorações dos 75 Anos da Inauguração e dos 15 Anos da Reabertura do Cine-Teatro de Alcobaça João D’oliva Monteiro

   Carlos Bica, André Santos E João Mortágua Contrabaixo: Carlos Bica Guitarra elétrica: André Santos Saxofones alto e soprano: João Mortágua

29 de novembro
21h30
10€ s/ descontos
M/6
75’
 
    Fonte: GRPP|CMA
24-11-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o