Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem vai vencer as eleições presidenciais no Brasil?
Jair Bolsonaro
Fernando Haddad
Edição Nº 213 Director: Mário Lopes Quarta, 10 de Outubro de 2018
Com a presença do ministro Eduardo Cabrita
Partido Socialista realiza em Alenquer jantar tradicional comemorativo do 5 de outubro
  
    Jantar comemorativo da Implantação da República tem
                         uma longa traição em Alenquer
O Partido Socialista (PS) de Alenquer organizou mais um jantar evocativo do 5 de outubro, cujas intervenções foram protagonizadas por João Nicolau, presidente da Concelhia do PS Alenquer, Ivan Gonçalves, secretário-geral da Juventude Socialista, Carlos Cordeiro, militante socialista que, praticamente ininterruptamente celebrou 60 anos consecutivos do jantar de 5 outubro, Filipa Santos, presidente do Departamento Federativo das Mulheres Socialistas do Oeste, Carlos Bernardes, presidente da Federação Regional do Oeste do PS, Pedro Folgado, presidente da Câmara Municipal de Alenquer e Eduardo Cabrita, representante do secretário-geral do Partido Socialista, António Costa.

   O presidente da Concelhia do PS Alenquer enfatizou os valores da igualdade, liberdade e fraternidade da República com os princípios e valores do Partido Socialista. João Nicolau saudou a presença de mais de duas centenas de camaradas, o que, segundo ele, mostra a vitalidade e a mobilização do PS.

   Ivan Gonçalves, secretário-geral da Juventude Socialista, sublinhou: “que é um dever moral legislar sobre as desigualdades salariais nas várias organizações, trabalhar para aprofundar os valores republicanos, assim como reforçar o papel das novas gerações no poder decisório”.

   Carlos Cordeiro, militante socialista que, praticamente ininterruptamente, celebrou 60 anos consecutivos do jantar de 5 outubro, com camaradas e amigos, destacou a importância dos valores republicanos numa data que está convicto que irá continuar a ser reconhecida no território de Alenquer.

   Filipa Santos, presidente do Departamento Federativo das Mulheres Socialistas do Oeste, realçou a importância dos ideais da República, fraternidade, liberdade e igualdade de género. Foi destacado o papel das mulheres na sociedade civil e a necessidade de participação na vida política ativa de modo a poderem contribuir para uma sociedade melhor, diferente e mais justa.

   Carlos Bernardes, presidente da Federação Regional do Oeste, começou por realçar os 108 anos de República, a todos que conquistaram a liberdade e homenagear Teófilo Carvalho dos Santos, assim como os camaradas Almeida Santos e Mário Soares, exemplos claros de lutadores dos valores republicanos.

   O também presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras sublinhou a importância do poder local, através das Juntas de Freguesias, Câmaras Municipais e Assembleias Municipais e prometeu continuar a trabalhar para que, de geração em geração, tenhamos a nossa sociedade com mais e melhores igualdades e oportunidades.

   Numa Federação Regional do Oeste com 5 concelhos englobados é muito importante elaborar um trabalho intermunicipal para bem da inclusão, progresso e para engrandecer todo território que abrange mais de 170.000 habitantes e que atualmente está, em termos médios, com 3,6% de taxa de desemprego, face aos 6,7% de desemprego a nível nacional.

   “São números que nos colocam em Pleno Emprego, mas também nos desafiam para os fatores de fixação e retenção de talento nos nossos territórios, para tal necessitamos do apoio do Governo Central na Construção do IC11, na eletrificação da Linha do Oeste e para começar a executar a Descentralização num trabalho de proximidade para todos os portugueses”, defendeu Carlos Bernardes.

   Por sua vez, Pedro Folgado, presidente da Câmara Municipal de Alenquer, referiu a importância desta data ser celebrada e participada por militantes, autarcas, simpatizantes e amigos, mais uma vez no território de Alenquer. O autarca prometeu continuar com uma gestão do erário público eficiente e eficaz, mas defendeu também a necessidade de reabilitar, reformar e credibilizar o Estado.

   “É também um momento de balanço destes três anos de Governo e todos observamos que a «Geringonça» está sólida, coesa, devolveu a esperança e a confiança aos portugueses, é e será com o Partido Socialista que teremos um Portugal Melhor. 2019 será um ano com três eleições, é tempo de mobilizações e de estarmos unidos!”, concluiu.

   Por fim, Eduardo Cabrita, representante do secretário-geral do Partido Socialista, António Costa, foi o responsável pelo encerramento desta celebração republicana em Alenquer. O atual ministro da Administração Interna enalteceu “os 108 anos de combates pela República, os três anos em que, com o PS, foi possível fazer diferente, devolver rendimento aos portugueses, devolver esperança e confiança, apresentar o mais baixo défice público da democracia, com contas claras e arrumadas, o mais baixo desemprego desde a adesão à EU e cumprir a Constituição da República.”

   Contudo, segundo Eduardo Cabrita, o Governo de esquerda em Portugal só é possível com o Partido Socialista a liderar, admitindo que “há desafios que necessitam de resposta, tais como uma melhor fiscalidade, mais e melhor igualdade - direito das mulheres, direito à habitação para todos e redução do emprego precário, bem como o reforço dos valores e princípios Socialistas, com uma resposta europeia à crise migratória e o acesso igualitário à Educação e ao Emprego.

   O também ministro da Administração Interna referiu que Portugal se orgulha de ser o quarto país mais seguro do Mundo com inequívoca referência de que quer a
segurança, quer a promoção da inclusão social são valores de esquerda.

   Por outro lado, defendeu que a execução da Descentralização permitirá uma maior proximidade aos cidadãos e claramente melhorar a nossa democracia. Equidade entre todos os territórios; Educação, Cultura, Gestão do Património, com os nossos autarcas a poderem decidir no que está mais próximo com conhecimento de causa em prol dos seus territórios. O governante realçou que a Educação é a base da sociedade, sendo necessário continuar a investir em Educação, em mais e melhor Emprego e na formação ao longo da vida, caminho que acredita só ser possível com o PS.

   Eduardo Cabrita realçou a importância das Eleições Europeias como uma oportunidade para afastar os movimentos radicais e extremistas e reforçar a necessidade de
defender os valores europeus.

   Rodeado de muitos autarcas, Eduardo Cabrita afirmou que “o Partido Socialista orgulha-se de ser o grande partido do poder local democrático”, lembrando que “assinalamos hoje um ano após a nossa maior vitória autárquica nacional. Viva a República, viva o PS!”

   Fonte: FRO|PS
10-10-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Feira de Santa Iria: que futuro?
Tiago Carrão
Estado da limpeza dos contentores e do Mercado Semanal de Alcobaça
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o