Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Os espectadores de futebol devem poder regressar aos estádios?
Sim, com restrições
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 237 Director: Mário Lopes Sexta, 9 de Outubro de 2020
Câmara Municipal promove Festival de Arte Urbana
Marinha Grande vai ter o Festival Sopro
inspirado na tradição marinhense
   
   Tradição vidreira inspira o Festival
“Marinha Grande, Sopro: Arte Pública”
A Câmara Municipal da Marinha Grande vai promover o Festival “Marinha Grande, Sopro: Arte Pública”, com curadoria da associação Riscas Vadias, de 25 de outubro a 13 de novembro de 2020.

   Para a presidente da Câmara, Cidália Ferreira, “a arte urbana é uma expressão artística poderosa e impactante que queremos estimular na Marinha Grande. O Festival Sopro, inspirado na tradição marinhense, é apenas o início de um trabalho a longo prazo que queremos cumprir no que toca à arte urbana e à cultura no concelho da Marinha Grande. Para além disso, este Festival reserva-nos uma surpresa em homenagem ao escultor marinhense Joaquim Correia, no centenário do seu nascimento”.

  O Festival vai consistir na realização de três intervenções artísticas: uma escultura no topo do Teatro Stephens e duas pinturas murais em paredes / fachadas de média/grande dimensão. As criações vão ficar a cargo dos artistas Ricardo Romero e Robot.

   A vertente artística do evento tem como objetivos principais a afirmação da Marinha Grande como “galeria de arte” num novo cenário de turismo artístico e cultural de âmbito nacional e internacional, e reconhecimento desta como ponto de visita obrigatório no tour de arte pública urbana; potenciar a criação e divulgação da arte pública urbana; e, a afirmação e reconhecimento da identidade da Marinha Grande através da representação e homenagem ao património histórico (edificado e natural), ao património imaterial e à arte do vidro soprado.

   O projeto encontra o seu desígnio através da característica inerente à formação do vidro, considerada uma das mais surpreendentes descobertas humanas e particularmente identificáveis com a região da Marinha Grande, detentora de uma reputação inigualável no que toca à inserção e promulgação da importância do vidro no nosso país.

   O processo de produção vidreira pode considerar-se uma obra resultante da junção de diversos elementos fundamentais, a matéria-prima que sempre esteve ao alcance da região e na qual a Marinha Grande teve um papel pioneiro de grande relevância. Além disso, a incrível arte do vidro de sopro, resulta ainda em níveis de poluição muitíssimo baixos, não gerando resíduos e sendo uma fonte de reciclagem eterna, o que apresenta também um ponto positivo na consciência ecológica, tão imprescindível nas comunidades hoje em dia.

   A técnica milenar do vidro soprado marca também a época industrial portuguesa. Surgindo o trabalho manual do vidro soprado como uma arte, hoje já muito enraizado na exclusividade da região, mas menosprezado noutras zonas nacionais e internacionais, são ainda alguns que consideram que a magia acontece pelas mãos dos artesãos vidreiros, capazes de dar vida e forma a peças singulares.

   Assim, podemos afirmar, que a arte está na forma como o sopro dá corpo às coisas.
 
   Fonte: GC|CMMG
09-10-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Estrada Nacional Nº 1
Nuno Catita
Alcobaça e o Futuro
Rui Alexandre
Dever de informar
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o