Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 215 Director: Mário Lopes Segunda, 19 de Novembro de 2018
Autarquia manifesta preocupação sobre riscos atuais ao secretário de Estado das Florestas
Câmara da Marinha Grande notifica ICNF sobre a segurança nas estradas florestais
  
                           Miguel Freitas e Raul Testa
A Câmara Municipal da Marinha Grande reivindicou ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) medidas de segurança e interdição nas estradas florestais que foram afetadas pela queda de árvores, durante a tempestade Leslie, ocorrida no dia 13 de outubro.

   Durante a visita do secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, ao Pinhal do Rei, ocorrida no dia 12 de novembro, o adjunto da Presidente da Câmara, Raul Testa, manifestou a preocupação da autarca com as estradas florestais, tuteladas pelo ICNF, cuja circulação pode oferecer perigo ou que se encontram cortadas devido à presença das árvores caídas no último temporal.

   Foi salientada a importância de acautelar a sinalização e interdição destas vias e disponibilizada a colaboração da Câmara Municipal para, em conjunto com o ICNF, serem tomadas as medidas que acautelem a segurança das pessoas.

  
Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento
                          Rural visitou o Pinhal do Rei
O secretário de Estado esteve no concelho da Marinha Grande para simbolizar o arranque da preparação de 470 hectares de terreno que serão alvo de plantação pelo ICNF, em 2019.

   Recorde-se que, na sequência do incêndio de outubro de 2017, a Câmara Municipal da Marinha Grande procedeu ao encerramento de estradas florestais, cuja utilização representava um perigo tendo em conta o risco real de queda de árvores para as vias, dada a sua vulnerabilidade.

   Para o efeito, no ano passado, foram colocados separadores de vias em betão, em diversos locais do concelho, nos arrifes e aceiros que se pretendiam interditar, alguns dos quais já foram entretanto reabertos, o que representou um investimento de cerca de 10 mil euros.

   Fonte: GI|CMMG
19-11-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o