Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O Governo deve fazer mais para combater as alterações climáticas?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 44 Director: Mário Lopes Domingo, 27 de Junho de 2004
Óbidos
Arqueólogos iniciam campanha de escavações na cidade romana de Eburobrittium

Beleza Moreira 

A partir de dia 28 de Junho têm início as escavações na cidade romana de Eburobrittium, em Óbidos. À semelhança do que tem acontecido em campanhas anteriores, estudantes, acompanhados de uma equipa de arqueólogos da Câmara Municipal, vão continuar a escavar e tentar descobrir mais pormenores desta cidade romana. Beleza Moreira, arqueólogo da autarquia, afirma que nesta campanha "vai tentar determinar-se a ocupação espacial da urbanização da cidade". O técnico diz que, neste momento, "a urbanização da cidade romana não permite uma identificação absoluta das áreas habitacionais".

Para esta campanha, Beleza Moreira vai contar com cerca 30 estudantes de arqueologia e do ensino secundário que "vão dar uma ajuda preciosa nas escavações", financiadas, em partes iguais, pela Câmara Municipal de Óbidos e pela Associação Nacional de Farmácias, a proprietária do terreno onde foi descoberta a cidade.

A cidade romana de Eburobrittium

O arqueólogo lembra ainda que no ano passado não houve campanha de escavações na cidade romana de Eburobrittium uma vez que "não havia espaço físico para escavar, devido aos barros depositados na estação ao longo destes séculos. Esses barros já foram retirados e agora há a possibilidade de escavar", concluiu.

Recorde-se que, em 1994, as obras para a construção das estradas IP6 e IC1 puseram a descoberto vestígios arqueológicos da época romana, que motivaram a realização de escavações. No seguimento destes trabalhos, em 1995, foi detectado um edifício que veio a ser identificado como Fórum.

Segundo Plínio-o-Velho, escritor romano do século I, existia uma cidade romana entre Leiria (Collipo) e Lisboa (Olisipo), chamada Eburobrittium. Estava, assim, descoberta a cidade referida por este escritor, cuja localização se desconhecia.

A cidade situa-se numa colina de encosta suave, tendo a circundá-la, a sul e nascente, montes um pouco mais elevados, a norte, uma quase planície (com um ligeiro declive) e a poente, uma várzea semi-circular onde, julga-se, na época romana terminava a Lagoa de Óbidos. A Estação Arqueológica insere-se na Quinta das Flores (propriedade da Associação Nacional de Farmácias), freguesia das Gaeiras.

Com os elementos disponíveis até ao momento, julga-se que a cidade foi construída no tempo de Augusto, provavelmente no último decénio do século I a.C., e sobreviveu até à segunda metade do século V d.C.. No entanto, alguns dos espaços foram posteriormente reocupados, como se constata pela existência de dois edifícios Medie

Fonte: Gabinete de Comunicação e Design da Câmara Municipal de Óbidos

27-06-2004
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
Voando sobre um ninho de cucos
OPINIÃO
Regionalismo e urbanismo nos romances de José de Alencar
Condomínios de Portugal, S. A.
Revitalizar a forma de pensar um centro histórico
Caldas com ambição!
Nem mais um soldado da GNR para o Iraque!
Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Fev./ 2001) (Primeiras Impressões, Comentários e Reparos) - Recapitulação - XXIV Série
É tempo do Euro 2004
Por uma política pública de Ambiente
A importância do Euro 2004 para a região de Leiria
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o