Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O PS merece ter maioria absoluta nas eleições legislativas?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 222 Director: Mário Lopes Quinta, 6 de Junho de 2019
10 de junho é Dia de Camões
Camões volta a Constância de 8 a 10 de junho nas XXIV Pomonas Camonianas
   
       Criança recria figura de Camões
Uma mostra de Ofícios d’ Época, a Chegada de Camões a Constância, o Percurso Viagem ao passado – Visitantes integram a festa, a Noite do Oriente, o Jantar do Povo e a Conferência O poeta em busca de si e da sua epopeia?, pelo Prof. Carlos Ascenso André, são algumas das novidades da edição deste ano das Pomonas Camonianas, um evento que vai decorrer em Constância nos dias 8, 9 e 10 de junho.
 
    Todos os anos pelo 10 de Junho, Dia de Camões, Constância celebra Camões e a sua relação com o épico, realizando as Pomonas Camonianas, que têm na sua essência o Mercado Quinhentista, com uma exposição-venda das flores e dos frutos referidos pelo poeta na sua obra, evocando os tempos em que Camões aqui terá vivido. São protagonistas os alunos de todos estabelecimentos de ensino do concelho, da creche à escola secundária, incluindo a Universidade Sénior, que, com a colaboração dos seus professores, dos pais e encarregados de educação, das animadoras e do pessoal não docente, representam figuras da época, animam o mercado, declamam poesia e apresentam danças quinhentistas, numa manifestação festiva de apropriação coletiva da memória de Camões.

   Paralelamente ao Mercado Quinhentista, e além das novidades já mencionadas integram o programa das XXIV Pomonas Camonianas, a Feira de Antiguidades e Velharias, o Concurso de Pintura ao Ar Livre As Cores de Constância, a Orientação Noturna, Danças Quinhentistas, o Declamões, a Taberna Quinhentista e muita animação d’ época.

   Constância tem com Camões uma muito antiga e arraigada relação de afeto, fundada na plurissecular tradição de que o épico terá vivido na vila durante algum tempo, aqui tendo escrito parte da sua produção poética. Sobre as ruínas que o povo aponta como tendo sido as da casa que o acolheu, foi erguida a Casa-Memória de Camões que visa perpetuar a memória do poeta em Constância e transformar-se, a prazo, num Centro de Estudos Camonianos.

    Em Constância evocam igualmente o nosso épico o Monumento a Camões do mestre Lagoa Henriques e o Jardim-Horto Camoniano, desenhado pelo arquiteto Gonçalo Ribeiro Teles, que apresenta a maior parte das plantas referidas por Camões na sua obra e é considerado um dos mais vivos e singulares monumentos erguidos no mundo a um poeta.

    Fonte: GAOM
06-06-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Filhos do Tabaco: Crianças condenam cada vez mais o ato de fumar
Drª Ana Raquel Marques
A regra é: mover-se mais e sentar-se menos
Dr. Pedro Marques da Silva
Opinião sobre temas da reunião de Câmara do Município de Alcobaça de 13/05/2019
Carlos Bonifácio
Sejamos um nadinha mais claros a propósito do admirável mundo novo (da esmagadora maioria) controlado pela IA
Valdemar Rodrigues
Hipertensão arterial: o que todos devemos saber
Dr. Fernando Pinto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o