Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O Forte de Peniche deve ser um memorial aos ex-presos políticos?
Sim
Não sei / talvez
Não
Edição Nº 210 Director: Mário Lopes Sábado, 12 de Maio de 2018
Valores dos apoios mantêm-se, à exceção dos Bombeiros Voluntários de Santarém
Município de Santarém assina protocolos com Associações de Bombeiros Voluntários locais
  
Município promete valorizar os bombeiros
                             do concelho
O Município de Santarém assinou, no dia 10 de maio, três protocolos de cooperação com as Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários do Concelho, de modo a dar continuidade aos protocolos atualmente em vigor, uma vez que as Associações de Bombeiros Voluntários, conforme disposto no art.º 46.º da Lei de Bases da Proteção Civil, são agentes da proteção civil e parceiros indispensáveis do Município no levantamento, previsão, avaliação e prevenção de riscos coletivos, assumindo a proteção e o socorro de pessoas e bens em perigo quando situações de acidente grave ou catástrofe ocorrem.

   Esta cerimónia contou com a participação de Ricardo Gonçalves, presidente da Câmara de Santarém, de Nuno Moleiro Oliveira, comandante dos Bombeiros Municipais de Santarém - BMS, Nelson Fernando Caetano Durão, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alcanede, António Marcelino Rodrigues Talhão, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Pernes, e Carlos Catalão, em representação da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santarém.

   Ricardo Gonçalves aproveitou a oportunidade para enaltecer o trabalho desenvolvido por Nuno Moleiro Oliveira, no último ato público enquanto Comandante dos BMS, ao longo de 8 anos e, desde 1996, nesta corporação.

   A cerimónia de assinatura da atualização dos protocolos de apoio às Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários do concelho de Santarém, tem em conta as atividades que estas associações desenvolvem no âmbito da proteção civil, para além de prestarem ainda os mais variados serviços de cariz social às populações e instituições abrangidas nas suas áreas de atuação, pelo que a sua existência constitui um fator de segurança para as populações que servem.

   Pelo modo como concretizam os seus objetivos estatutários, estas associações alicerçam parte da sua atividade nas contribuições recebidas pelos seus associados, mas também no regime de voluntariado e da boa vontade de todos aqueles a quem serve.

   Com este protocolo, a Câmara apoia os bombeiros do Concelho como reconhecimento pelo trabalho ao nível da prevenção e do socorro às populações, e também para incentivar o voluntariado no Concelho.
Tendo em conta os protocolos em vigor, os valores mantêm-se, à exceção dos Bombeiros Voluntários de Santarém que recebem um aumento como compensação de não terem EIP – Equipa de Intervenção Permanente.

   Fonte: GRPC|CMS
12-05-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o