Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
De momento não existem Sondagens activas.
Ver Sondagens Anteriores
Edição Nº 228 Director: Mário Lopes Terça, 7 de Janeiro de 2020
Em resposta à Moção da Assembleia Intermunicipal da OesteCIM
Ministra da Cultura garante acesso livre e universal à Igreja do Mosteiro de Alcobaça
  
Interior da Igreja do Mosteiro de Alcobaça
A ministra da Cultura, Graça Fonseca, em resposta à Moção da Assembleia Intermunicipal da OesteCIM “Na Salvaguarda do Interesse Económico e Turístico para a Região Centro”, esclarece que “a porta da Igreja do Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça não encerrou nem está previsto que encerre, não estando em causa qualquer restrição de acesso à Igreja nem tão-pouco qualquer violação do princípio da igualdade”. Mais acrescenta que “será implementado um novo circuito de visita, tendo em vista melhorar as condições de fruição do monumento. Porém, tal não implicará o encerramento da porta da Igreja”.

    A Moção da OesteCIM, tendo como primeiro subscritor Rui Alexandre, deputado intermunicipal do PS, foi apresentada na sequência das declarações feitas por Ana Pagará, diretora do Mosteiro de Alcobaça, à imprensa regional, referindo que “os fiéis vão continuar a entrar pela porta principal. Quem vem visitar o monumento é encaminhado, através de sinalética e funcionários, nomeadamente o segurança, para a ala norte” (Região de Cister – 20-03-2019 e Região da Nazaré, 10-05-2019).

   Neste contexto, a Moção, da OesteCIM pretendeu garantir o acesso livre e universal à Igreja por todas as pessoas que nela pretendam entrar, por razões de culto ou por quaisquer outras motivações, afirmando que “a porta da Igreja deve continuar aberta a todas as pessoas, sem restrições. Não aceitamos que a porta da Igreja seja fechada, ou que se mantenha aberta com entrada restrita e controlada por funcionários ou seguranças, que fazem o escrutínio dos “fiéis” que pretendem orar”. Refere ainda que “a alteração do circuito de visita do Mosteiro de Alcobaça prevista para 2019-2020, não pode obstar a que os visitantes acedam à igreja pela porta principal e possam visitar gratuitamente o espaço sagrado, como tem acontecido até aos dias de hoje”.

     A verdade é que o acesso gratuito, livre e universal à igreja do Mosteiro de Alcobaça por todas as pessoas que nela pretendam entrar, independentemente de credo ou religião professados, foi garantido pela Ministra da Cultura. Segundo Rui Alexandre, trata-se de “uma grande vitória para Alcobaça e para a Região Centro.”
07-01-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Casino Online continua a evoluir com a chegada de um novo operador a Portugal
Só a CDU votou contra os Orçamentos 2020 da Câmara e dos Serviços Municipalizados de Alcobaça
Por Luís Crisóstomo e Clementina Henriques
Centro de Negócios de Alcobaça, Feira de São Bernardo e delimitação das novas ARU
Carlos Bonifácio
Mulheres portuguesas, por quem os sinos dobram
Joaquim Vitorino
Miguel Paulo: “É preciso voltar a página no PS em Rio Maior"
Miguel Paulo
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o