Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
De momento não existem Sondagens activas.
Ver Sondagens Anteriores
Edição Nº 84 Director: Mário Lopes Sábado, 20 de Outubro de 2007
Com limpeza de valas
Protecção Civil marinhense previne cheias

      A Câmara Municipal da Marinha Grande, através do Gabinete de Segurança e Protecção Civil, procedeu a trabalhos de prevenção de cheias, durante a época de Verão. A operação consistiu em limpeza de valas, para evitar que as chuvas do Outono e Inverno obstruam as linhas de água e desencadeiem inundações. Durante os meses de Agosto e Setembro foram desenvolvidas acções de limpeza em 18 quilómetros de valas, dentro da malha urbana das freguesias de Marinha Grande, Moita e Vieira de Leiria.

      A escolha dos meses de Verão para a concretização desta tarefa justifica-se dada a necessidade da vegetação crescer o suficiente depois da limpeza de modo a segurar os taludes aquando da quedas das primeiras chuvas, salvaguardando sempre que os cursos de água estão limpos.

      Para que a água possa fluir nas ribeiras e com o objectivo de evitar cheias, a limpeza deve ser feita cortando apenas as ervas e não arrancando as suas raízes. Porque as raízes das ervas, arbustos e árvores situadas nas margens das linhas de água seguram e preservam os taludes. Se forem arrancadas, proporciona-se que na primeira enxurrada todas as areias se soltem e sejam arrastadas para pontos mais baixos.

      Pelos bons resultados obtidos em anos anteriores, o Gabinete de Segurança e Protecção Civil acredita que esta é a melhor forma de prevenir ocorrência de cheias no concelho da Marinha Grande. Estes trabalhos desencadeados pela autarquia decorrem apenas nos principais cursos de água, uma vez que as restantes valas são da responsabilidade dos proprietários de terrenos confinantes com as mesmas.

      Apela-se aos proprietários de terrenos ou habitações confinantes com valas, que procedam à limpeza das mesmas. Além desta operação ser uma obrigação legal, representa uma forma eficaz de evitar inundações.

      Pertence aos particulares o esbeiramento ou derrama das árvores e arbustos nas testadas dos prédios existentes e pendentes para a corrente. A intervenção dos proprietários deve ter em conta regras: a limpeza deve ser efectuada por troços alternados e curtos, o que permite a reprodução animal e vegetal e a fixação dos taludes.

      A Câmara Municipal solicita ainda à população que não coloque manilhas em valas ou ribeiros que confinem com os seus terrenos. É que estas causam um grande afunilamento dos cursos, provocando facilmente cheias. A colocação de manilhas pode parecer uma solução mas passa a um problema. As razões devem-se ao facto deste concelho ser praticamente plano e, por isso, há tendência para que as manilhas fiquem tapadas com a acumulação de areias.

      A autarquia lembra ainda que a colocação de manilhas carece de licenciamento específico, obtido na Direcção-Geral do Ambiente e Ordenamento do Território.

    Assessoria de Imprensa

20-10-2007
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
A escola da Calçada de Carriche
Mário Lopes
OPINIÃO
Portugal e as Migrações: “Novos e Velhos Desafios”
Henrique Tigo
O Arquitecto Eugénio dos Santos
Luís Rosa
A nova cruz alta de Fátima
D. Serafim Ferreira e Silva
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o