Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
De momento não existem Sondagens activas.
Ver Sondagens Anteriores
Edição Nº 234 Director: Mário Lopes Terça, 21 de Julho de 2020
No âmbito das comemorações dos 250 anos da atribuição do título de Marquês de Pombal a Sebastião José de Carvalho e Melo
Chapéus Pombalinos embelezam e dinamizam centro histórico de Pombal
  
                                             Chapéu pombalino
Contribuir para o embelezamento e dinamização do centro histórico da cidade de Pombal, tornando-o mais atrativo e colorido, é um dos objetivos da exposição Chapéus Pombalinos, executada pela comunidade educativa, instituições, lojistas e Serviço Educativo do Museu (veraneantes da Praia do Osso da Baleia).

   A iniciativa, inserida no projeto Chegada da Primavera ao Centro Histórico, realiza-se no âmbito das comemorações dos 250 anos da atribuição do título de Marquês de Pombal a Sebastião José de Carvalho e Melo.

   Pretende, também, evidenciar o impulso dado pelo Marquês de Pombal à indústria de chapelaria no concelho e evocar a produção da Real Fábrica de Chapéus da Gramela, onde funcionou a primeira fábrica de chapéus finos do Reino, construída em 1759.
A exposição, que decora as ruas do centro histórico da cidade, enchendo-as de arte, cor e cultura, transformando-as numa galeria de arte temporária, resulta do trabalho de 36 participantes.

   Participaram no projeto as instituições de ensino: A Falinha; APEPI; ATL da Junta de Freguesia do Carriço; ATL de Verão - Centro Escolar do Louriçal; ATL do Centro Social de Vila Cã; ATL do Centro Social Paroquial da Pelariga; Centro Escolar de Almagreira; Centro Escolar de Ilha; Centro Escolar de Mata Mourisca; Centro Escolar de Vieirinhos; CERCIPOM; EB1 Conde Castelo Melhor; EB1 de Barrocal; EB1 de Pombal; EB1 de Santiago de Litém; EB1 de Vila Cã; Jardim de Infância de Assanha da Paz; O Sobreirinho; Universidade Sénior de Pombal.

  Também participaram os lojistas instalados no centro histórico da cidade: Benetton; Mercearia da Praça; Mota Longo; Rafelli Cabeleireiros; Ritmo Integral – Ervanária; Sociedade de Ferragens de Pombal e Tasca do MI, bem como Amigos do Museu; Associação de Artesãos de Pombal; Trelear e Serviço Educativo do Museu (veraneantes da Praia do Osso da Baleia).
 
   Fonte: GC|CMP
21-07-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O CEPAE e o Museu Nacional da Floresta
Adélio Amaro
Estatuária, Memória e Democracia
Leonor Carvalho
As grandes epidemias da História
Joaquim Vitorino
Dever de informar
Carlos Bonifácio
A Pandemia… dos ignorados
Dr. Joaquim Brites
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o