Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
A Linha do Oeste deve ser requalificada?
Até Caldas da Rainha
Até Leiria
Em toda a extensão
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 210 Director: Mário Lopes Domingo, 27 de Maio de 2018
Festival Internacional da Máscara Ibérica
Comitiva brasileira de São Caetano de Odivelas visitou a Nazaré
  
                          Walter Chicharro e Mauro Chagas
Uma comitiva liderada pelo Prefeito de São Caetano de Odivelas (Brasil), Mauro Chagas, acompanhado pelos Rei Mumbá, grupo que participou no Festival Internacional da Máscara Ibérica (FIMI), realizou, no dia 25 de maio, uma visita aos Paços do Concelho da Nazaré, onde foi recebido pelo Presidente da Câmara, Walter Chicharro.

   O culto a Nossa Senhora da Nazaré e a visita de conhecimento à vila portuguesa para onde se deslocam cada vez mais surfistas (especialmente durante a época de ondas grandes) e turistas brasileiros (é a primeira nacionalidade de visitantes ao Forte da Nazaré e os terceiros aos balcões de informação turística, segundo dados 2018 dos Postos de Turismo locais) foram algumas das razões desta visita.

   O Prefeito veio apresentar os cumprimentos da sua terra. O presidente da Nazaré retribuiu, e fez uma breve apresentação de aspetos económicos que têm estado a promover o desenvolvimento da vila, nomeadamente as tradições (religiosas e etnográficas) e o surf de ondas grandes, pelo qual voltou a figurar no Guinness World Records, com uma onda surfada por Rodrigo Koxa.

   A cidade de São Caetano de Odivelas (com 18 mil habitantes) é vizinha de Belém do Pará (Estado do Pará), cidade onde se realiza um dos maiores cultos religiosos do Brasil, dedicado a Nossa Senhora da Nazaré, e cuja origem foi dada pela Nazaré (Portugal). Aquele culto atrai mais de 2,5 milhões de pessoas ao Círio que se realiza em outubro.

   Esta comitiva brasileira deslocou-se a Portugal para participar no 13º FIMI e estreitar laços culturais com Odivelas (Portugal), com quem está geminada. Antes do regresso a casa, deslocou-se à vila que deu origem ao “Círio de Nazaré”, um ícone do segmento turístico religioso do Pará e da Amazónia.

   Fonte: SML|GC|CMN
27-05-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
De que matéria se faz esta cidade?
Jorge Mangorrinha
A Guida fugiu com um rapazola ou o pé da Luizinha Carneiro
Fleming de Oliveira
Peso das mochilas não provoca escoliose
Dr. Nuno Neves
Explosão tecnológica abre a porta à inteligência artificial
Joaquim Vitorino
Não se esforce em demasia: dores nos pés podem ser sinal de fasceíte plantar
Drª Fátima Carvalho
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o