Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem é o melhor candidato presidencial?
Ana Gomes
André Ventura
João Ferreira
Marcelo Rebelo de Sousa
Marisa Matias
Tiago Mayan Gonçalves
Edição Nº 238 Director: Mário Lopes Sábado, 14 de Novembro de 2020
Média nacional é de apenas 1 aparelho e média europeia de 3 por 10 mil habitantes
Alcobaça distribui mais 16 desfibrilhadores e entra na lista de concelhos na média europeia
   
  João Santos, Paulo Inácio, Nélio Gomes e Cláudio Queijada
                            na apresentação do disfibrilhador
A média nacional de distribuição de dispositivos de Desfibrilhação Automática Externa (DAE) é de 1 por cada 10 000 habitantes. Com a aquisição e instalação de 16 novos DAEs para serem instalados nos espaços públicos municipais de cultura e desporto, que se juntam aos 14 já instalados nas corporações de bombeiros e no Estádio Municipal de Alcobaça, o concelho dá um salto significativo no panorama nacional, ficando com 3 DAEs por cada 10 000 habitantes.

   A apresentação dos novos aparelhos teve lugar esta sexta-feira, dia 13 de novembro, nos Paços do Concelho de Alcobaça, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Paulo Inácio, do vereador com o pelouro do Desporto, João Santos, do representante da Proteção Civil Municipal, Nélio Gomes, e do representante da empresa Safe Aid, fornecedora dos aparelhos, Cláudio Queijada.

    “Alcobaça fica, deste modo, três vezes acima da média nacional e aproxima-se dos elevados parâmetros de implementação destes equipamentos a nível europeu. De acordo com os dados disponíveis, estes dispositivos já salvaram milhares de vidas uma vez que a sua disponibilidade permite que as pessoas sejam reanimadas o mais rapidamente possível reduzindo o risco de não-recuperação”, explica o presidente da Câmara Municipal de Alcobaça Paulo Inácio, em conferência de imprensa realizada esta quinta-feira, 12 de novembro.

   Ao todo foram formados 96 (6 por cada dispositivo) funcionários municipais e colaboradores das associações desportivas e culturais instaladas nos espaços onde os DAEs estarão disponíveis nos próximos dias.

    No total, a Câmara Municipal de Alcobaça investiu 19.464 euros, ficando a mesma empresa responsável pela manutenção dos aparelhos. Cláudio Queijada justificou a instalação deste equipamento mesmo em edifícios próximos do Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira, como o Cine-Teatro de Alcobaça com a necessidade de rápida atuação em casos de ataque cardíaco: por cada minuto de atraso, a probabilidade de sobrevivência sem lesões diminui 10%.

     De qualquer forma, o aparelho destina-se apenas a casos de desfibrilhação, em que a aplicação de uma corrente elétrica permite que o coração passe de um ritmo irregular para um ritmo regular. Contudo, o próprio aparelho realiza um teste prévio e indica se se trata de um caso de desfibrilhação ou não. O aparelho fornece indicações áudio e pode ser usado mesmo por leigos sem formação, com o auxílio de uma linha telefónica.

     Lista de edifícios públicos e associações desportivas contempladas:

• Gimnodesportivo de Pataias
• Gimnodesportivo de Martingança
• Gimnodesportivo D. Pedro I
• Agrupamento de Escolas SMP
• Centro Escolar da Cela • Centro Escolar de Alcobaça
• Centro Escolar da Benedita
• Centro Escolar de Turquel
• Cine-Teatro de Alcobaça
• Estádio Municipal de Alfeizerão
• Clube de Ténis de Alcobaça
• Piscinas Municipais de Alcobaça
• Piscinas Municipais de Pataias
• Piscinas Municipais da Benedita
• Biblioteca Municipal de Alcobaça

   Para o autarca, “um desfibrilhador deve ser encarado cada vez como um extintor, ou seja, um equipamento de segurança regular. Este é mais um parâmetro de qualidade de vida no qual o concelho de Alcobaça se reforça.”

   Em paralelo, 11 dos edifícios identificados no programa DAE, foram também dotados das medidas de autoproteção validadas pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, no que à segurança contra incêndios diz respeito, permitindo assim o aumento do nível de segurança nesses edifícios.

   Mário Lopes

(Com GRPP|CMA)
14-11-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Fui ao teatro e ELAS encheram a sala!
Rui Alexandre
Proteja-se da COVID-19. Proteja-se da pneumonia
Dr. Paulo Paixão
Iluminação do Parque Verde, passadiços na Baia de S. Martinho do Porto e lotes para habitação
Carlos Bonifácio
Viver com a demência em tempos de COVID: conselhos para quem cuida
Teresa Castanho
Diabetes: um inimigo silencioso
Dr. Manuel Portela
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o