Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Como classifica o nível da pandemia em Portugal?
Normal que haja surtos pontuais
Anormal e a culpa é do Governo
Anormal e a culpa é do comportamento das pessoas
Não sei
Edição Nº 234 Director: Mário Lopes Terça, 21 de Julho de 2020
Pedro Magalhães Ribeiro enviou ofício dirigido ao ministro da Economia e à ministra do Trabalho
Insolvência da Fleximol leva edil da Câmara do Cartaxo a pedir intervenção do Governo
    
          Fleximol está situada na Zona Industrial do Cartaxo
A situação da Fleximol – Suspensões para Veículos, SA, que este mês entrou em processo de insolvência, preocupa o Presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, que, em ofício dirigido esta segunda-feira, 20 de julho, ao ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, e à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, apela ao agendamento de reunião com a presença de ambos e uma visita ao local.

   A insolvência da empresa, situada na Zona Industrial do Cartaxo, em Vila Chã de Ourique, e que emprega cerca de uma centena de trabalhadores, “terá efeitos devastadores na nossa economia local e numa população já fragilizada e afetada com a situação de pandemia que vivemos, sem fim à vista”.

   Esta não é a primeira vez que a empresa Fleximol enfrenta dificuldades graves. No final de junho de 2019, alguns dias depois de ter visitado a empresa, Pedro Magalhães Ribeiro promoveu uma reunião entre a administração e investidores potenciais interessados na aquisição desta.

   A situação desta empresa de suspensões de folha de mola e braçadeiras para veículos comerciais, que exporta cerca de 90% da sua produção, agravou-se e, no presente mês, entrando em processo de insolvência.

    A relevância desta empresa, “que emprega 96 trabalhadores, é indiscutível, no panorama nacional e local. O seu encerramento terá repercussões na economia local, mas os problemas sociais associados também me preocupam. São famílias inteiras que, num período já difícil, em que as consequências da pandemia da doença COVID-19 se fazem sentir em muitos níveis, se veem agora na perspetiva de perder o seu emprego e o seu sustento”, diz o presidente da Câmara Municipal.

   Esta preocupação levou Pedro Magalhães Ribeiro a contactar a administradora da empresa, Inês Carmona, “que me informou que existe a convicção de que a empresa possa continuar a laborar através de um plano de recuperação para o efeito”.

   Nesse sentido, o presidente da Câmara Municipal endereçou um ofício ao ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, e à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, solicitando, “com a urgência que a situação exige, um pedido de agendamento de reunião com a presença de ambos e uma visita às instalações da empresa, para analisar o problema, também com representantes da CGTP, da empresa e dos trabalhadores”.

   “Pretendemos que sejam avaliadas todas as hipóteses”, diz Pedro Magalhães Ribeiro, que gostaria “de ver recuperada esta empresa essencial para a nossa economia e minimizados os efeitos que um encerramento assim abrupto traz ao Cartaxo e à nossa população”.

    A Fleximol, com sede na Zona Industrial do Cartaxo, em Vila Chã de Ourique, abriu portas em 1991. Fornece os fabricantes de camiões mais reputados na Europa, sendo ainda fornecedor exclusivo para as linhas de montagem em Portugal, da Mitsubishi e Toyota.
 
     Fonte: GIC|CMC
21-07-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O CEPAE e o Museu Nacional da Floresta
Adélio Amaro
Estatuária, Memória e Democracia
Leonor Carvalho
As grandes epidemias da História
Joaquim Vitorino
Dever de informar
Carlos Bonifácio
A Pandemia… dos ignorados
Dr. Joaquim Brites
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o