Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a legalização da eutanásia?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 227 Director: Mário Lopes Terça, 10 de Dezembro de 2019
Nazaré quer afirmar-se como uma marca global
Espaços culturais da Nazaré registam novo aumento de visitantes
    
                                    Centro Cultural da Nazaré
As visitas de conhecimento à oferta disponibilizada pelos equipamentos culturais municipais voltaram a crescer.

   Os dados apresentados pelo Centro Cultural da Nazaré indicam um aumento de mais de mil visitantes (2019) em comparação com o ano anterior.

   O espaço de exposições e divulgação da cultura e etnografia local recebeu 44.196 visitantes durante o ano 2019, que procuraram conhecer melhor a oferta disponibilizada pelo espaço ao longo desses meses: exposição dos presépios tradicionais; São Brás; Carnaval Menes C’a Ninguém; Procissão do Senhor dos Passos “400 anos Senhor dos Passos”; o “Avental”, 44ª Feira do Livro; O Olhar desta gente – fotografia e o Centenário de José Laborinho – Fotografia.

    “O Centro Cultural da Nazaré tem investido em exposições de qualidade com artistas nacionais e locais. Também a aposta na divulgação local através dos nossos canais tem promovido os eventos”, diz Manuel Sequeira, Vice-Presidente da Câmara, com o pelouro da Cultura.

   Às mostras temporárias, junta-se o Centro Interpretativo do Museu (Vivo) do Peixe Seco, um dos Núcleos do Museu dedicado a uma arte ancestral ainda bastante viva na Nazaré, que complementa a oferta deste espaço que em 2018 registou 43.121 visitas; 41.436 em 2017; 32.715 em 2016 e 31.662 em 2015.

    Também o Forte de S. Miguel Arcanjo divulgou os dados relativos a 2019, que revelam novo crescimento da procura.

   Aberto ao público durante todo o ano desde 2015, por iniciativa da Câmara da Nazaré, o monumento registou 1 000 000 visitantes (entre 2014 e 2019), vindos de 120 países, o que reforça a importância deste Forte como elemento promocional da Nazaré e do país, no âmbito das ondas grandes e do surf.

    Os dados evidenciam o momento alto de notoriedade que vivemos e confirmam que somos, cada vez mais, uma marca global”, diz Walter Chicharro, presidente da Câmara da Nazaré, recordando que exemplo disso foi a “escolha das ondas da Nazaré para representar Portugal numa grande campanha de marketing do Turismo em Nova Iorque (Times Square), nos Estados Unidos.

    A aposta no surf e na promoção das características únicas da Nazaré, como as tradições etnográficas e religiosas, mas também as ondas grandes geradas pelo canhão da Nazaré, um dos maiores desfiladeiros submarinos da Europa deram os seus resultados.
 
    Fonte: SML|GC|CMN
10-12-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Acesso Universal aos Cuidados para a Saúde da Visão em Portugal: O que Falhou?
Dr. Raúl de Sousa
Taxa de mortalidade por doença cardiovascular: diminuição ou ilusão?
Dr. Luís Negrão
Comemorar Dezembro como o mês da Medicina Interna!
Dr. João Araújo Correia
A arritmia que pode causar um AVC
Dr. Ernesto Carvalho
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o