Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O PS merece ter maioria absoluta nas eleições legislativas?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 84 Director: Mário Lopes Terça, 16 de Outubro de 2007
Cadaval
Festa das Adiafas e Festival do Vinho Leve
da Região cada vez com mais público

     


Inauguração da Festa das Adiafas 2007

A VI Festa das Adiafas e VI Festival do Vinho Leve da Região arrancou, no dia 13 de Outubro, com uma elevada afluência de público na eleição da Rainha das Adiafas 2007. O certame decorre no Parque de Serviços Urbanos do Cadaval até ao dia 21, com restaurantes e tasquinhas no recinto da festa, a par de exposições diversas, animação musical, actividades equestres e, na sexta-feira, um colóquio sobre Vinho. O certame destina-se também a promover o vinho leve da região, de baixo teor alcoólico, único no País, que pode ser consumido às refeições ou adquirido nos expositores do recinto.

      A inauguração da “VI Festa das Adiafas e VI Festival do Vinho Leve da Região”, na tarde de sábado, contou com a presença de diversas individualidades e a actuação da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários do Cadaval. Além de Aristides Sécio, presidente da Câmara Municipal do Cadaval, compareceram na cerimónia inaugural João Carvalho Ghira, presidente da CVRE – Comissão Vitivinícola Regional da Estremadura, António Carneiro, presidente da RTO – Região de Turismo do Oeste, Duarte Pacheco, deputado da Assembleia da República e José Arruda, secretário-geral da Associação de Municípios Portugueses do Vinho.

     


Vinho leve é imagem de marca do concelho

De notar ainda a presença de diversos autarcas, como Luís Camilo Duarte, presidente da Câmara Municipal do Bombarral, Lélio Lourenço, vice-presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos, Francisco Lopes, presidente da Câmara Municipal de Lamego, para além de diversos vereadores da Câmara do Cadaval, presidentes de junta concelhios, entre outros representantes de instituições locais. Presentes estiveram também a Confraria dos Enófilos da Estremadura e a Confraria da Pêra Rocha do Oeste.

Jovem caldense eleita Rainha das Adiafas 2007
 
     


Rainha das Adiafas 2007 e as damas de honor

O primeiro dia de certame foi dedicado à recém-formada AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho, na qual o Município do Cadaval ocupa a Vice-Presidência da Assembleia Intermunicipal. A eleição da “Rainha das Adiafas” voltou a constituir um ponto alto desta festa, onde um espectáculo de cerca de 3 horas prendeu as atenções do muito público presente. As tasquinhas e restaurantes presentes não pouparam esforços para receber a grande afluência de público presente logo na primeira noite.  

      Dezassete jovens candidatas, maioritariamente oriundas do concelho do Cadaval, desfilaram na passerelle da Festa das Adiafas, surpreendendo os presentes com o seu glamour e a sua beleza. No final, o júri elegeu Ana Sofia Silva, de Caldas da Rainha (Souto), como Rainha das Adiafas, ficando Alexandra Domingos, do Cadaval (Painho), como 1ª Dama d’Honor, seguida de Soraia Mendes, de Torres Vedras (Sobreiro Curvo), como 2ª Dama d’Honor. A “Rainha das Adiafas 2007” acumulou ainda o prémio de Miss Simpatia, enquanto a distinção de Miss Fotogenia recaiu também sobre a 1ª Dama d’Honor.

      A integrar o júri estiveram algumas caras conhecidas do grande público, a saber: Mónica (modelo e cantora), Rubim (modelo) e Duarte Siopa (jornalista). Também jurados neste concurso foram: José Bernardo Nunes, vice-presidente da Câmara Municipal do Cadaval, Carmen Isidoro, representante da “Oeste TV”, Sara Reis (Peral), “Rainha das Adiafas 2006” e ainda Armando Prieto, representante da “Skechers Footwear” e presidente do “Montejunto Rally Clube”.

      O espectáculo contou com apresentação de Patrícia, ex-vocalista da girls band “BABY”, que também interpretou alguns temas musicais, e foi enriquecido ainda com as seguintes actuações: grupo de hip-hop “OVERLOAD”, grupo de sevilhanas da Sociedade Cultural e Recreativa de Cheganças “Las Guapas”, culminando com a actuação da conhecida  girls band “CAN CAN”.

      A tarde de domingo, dia 14, incluiu uma Prova de Vinhos, que contou com a presença de uma delegação da Associação de Escanções de Portugal, seguida pela actuação do Rancho Etnográfico “Os Neveiros de Montejunto” de Pragança.

Aristides Sécio: concelho do Cadaval deve ter a sua sala de visitas

     


Aristides Sécio com Rosinda Justino
e outros membros da direcção da APC

O presidente da Câmara Municipal do Cadaval anunciou que esta será a única edição da Festa das Adiafas a ter lugar no Parque de Serviços Urbanos do Cadaval, uma vez que as oficinas municipais, inauguradas há duas semanas, já estarão ocupadas com as máquinas e materiais camarários no próximo ano. Aristides Sécio referiu que a autarquia está apostada em construir um espaço multifuncional que possa albergar não só a Festa das Adiafas, mas também as restantes actividades da autarquia ao longo do ano.

       O espaço deverá servir ainda para acolher a associação de empresários do Cadaval e jovens empresários do concelho em início de actividade. O edil defendeu que o Cadaval precisa “de uma sala de visitas do concelho”, pelo que irá candidatar o projecto a fundos comunitários através do QREN.

      Aristides Sécio congratulou-se com a cada vez maior adesão da população à Festa das Adiafas, que visa também o apoio às associações de cariz social, as quais conseguem autofinanciar-se no certame através das tasquinhas e da venda de produtos. Duas das IPSS’s presentes este ano são a Campo do Olival e a Associação Paraíso das Crianças (APC), ambas com projectos sociais ambiciosos.  O autarca lembrou que ambas contam com um grande apoio e envolvimento das populações e a APC também dos emigrantes.

      Aristides Sécio enalteceu a generosidade da fundadora da Associação Paraíso das Crianças, Rosinda Justino, que doou não só o terreno para a instalação de uma casa de acolhimento como ainda 100 mil euros para a sua construção, classificando o projecto “de uma grandeza sem fim”, dado ir acolher crianças desfavorecidas de todo o País.

João Carvalho Ghira: Estremadura é líder na produção de vinho leve

     
João Carvalho Ghira (à esquerda) na visita
ao certame com os autarcas do Cadaval
O presidente da Comissão Vitivinícola Regional da Estremadura lembrou que o vinho leve apenas pode ser produzido na Estremadura e no Ribatejo, com a primeira a liderar em volume e qualidade a produção. João Carvalho Ghira explicou que o vinho leve se caracteriza por um baixo teor alcoólico, entre os 9,5 e os 10º, sendo especialmente apropriado para a época actual, em que são cada vez mais frequentes os controlos alcoólicos aos automobilistas.
      O vinho leve é recomendado para dias quentes e fins de tarde, para pratos ligeiros, como peixe e marisco. A produção ocupa uma quota de mercado de 20% do total do vinho certificado da região, sendo comercializado com relativa facilidade. O presidente da Comissão Vitivinícola Regional da Estremadura congratulou-se com a realização da Festa das Adiafas e o Festival do Vinho Leve da Região no Cadaval por ser uma forma eficaz de divulgar e promover o vinho, nomeadamente, por restringir o acompanhamento das refeições ao vinho leve.

    Leia mais no Tinta Fresca.

    Mário Lopes
    Com GIRP / CMC

 

 

16-10-2007
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
A escola da Calçada de Carriche
Mário Lopes
OPINIÃO
Portugal e as Migrações: “Novos e Velhos Desafios”
Henrique Tigo
O Arquitecto Eugénio dos Santos
Luís Rosa
A nova cruz alta de Fátima
D. Serafim Ferreira e Silva
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o