Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem foi o principal vencedor das eleições para o Parlamento Europeu?
PS
Bloco de Esquerda
PAN
Outro
Edição Nº 84 Director: Mário Lopes Quarta, 17 de Outubro de 2007
Organizado pelo Instituto Bernardo Santareno
Gala, teatro, exposições e conferências marcam “Novembro, Mês de Santareno” em Santarém

     


Vicente Batalha

Pelo segundo ano, o Instituto Bernardo Santareno vai organizar em colaboração com a Câmara Municipal de Santarém o “Novembro, Mês de Santareno”.  O programa divide-se em três partes principais: ciclo de conferências, comemorações dos 50 anos da primeira exibição da peça “A Promessa” e a II Grande Gala Santareno. De destacar também a estreia do espectáculo "Bernardo Santareno: Os Túneis da Liberdade", pelo VETO Teatro Oficina, a 23 de Novembro e a exposição “Santarém, Capital do Teatro” patente ao público, de 5 a 30 de Novembro, no hall do Teatro Sá da Bandeira, que destacará Almeida Garrett, Bernardo Santareno, Alda Rodrigues e Mário Viegas. 

      Os objectivos da organização prendem-se com a divulgação, estudo e projecção da vida e obra de Bernardo Santareno. Segundo Vicente Batalha, o programa incluí “uma oferta cultural abrangente e variada” que irá fazer “juz à vida e obra de Santareno”, salienta. Para o presidente do Instituto Bernardo Santareno, o ponto alto da iniciativa será a “II Grande Gala Santareno”, na qual se atribuirão os seguintes prémios: Especial, Revelação, Interpretação e Carreira, tendo sido introduzido também este ano o prémio para a categoria Espectáculo. De salientar que nesta gala será também entregue o Prémio Nacional de Teatro Bernardo Santareno, cujo concurso tem vindo a decorrer.

      Vicente Batalha informou que o ciclo de conferências se irá debruçar sobre a vida e obra de Bernardo Santareno, bem como ao pensamento e à formação sobre o autor. As conferências contarão com a participação de Maria Helena Serôdio que falará sobre “Bernardo Santareno: Um Teatro de Afectos”, no dia 5 de Novembro, de Carlos Avilez que abordará “Encenar Santareno”, no dia 6 de Novembro, e finalmente, de Oliveira Barata, que falará sobre “O Trágico em Bernardo Santareno”, no dia 8 de Novembro.

      De destacar também do programa “Novembro, Mês de Santareno”, a apresentação da edição comemorativa de "A Promessa", de Bernardo Santareno, com a presença de actores do Teatro Experimental do Porto (TEP), sob a direcção de Norberto Barroca, e do seu presidente, Júlio Gago. De recordar que "A Promessa", publicada em 1957, foi estreada pelo TEP, a 23 de Novembro desse ano, com encenação de António Pedro.

      A finalizar a iniciativa, terá lugar a estreia do espectáculo "Bernardo Santareno: Os Túneis da Liberdade", pelo VETO Teatro Oficina, no dia 23 de Novembro, que se repetirá nos dias 24 e 25 de Novembro. Relativamente a este espectáculo, Vicente Batalha, classifica-o como “a resposta dos produtores locais à vida e obra de Santareno”.

Programa “Novembro, Mês de Santareno”

 Ciclo de Conferências

- Dia 5 de Novembro, pelas 18h30
"Bernardo Santareno: Um Teatro de Afectos", por Maria Helena Serôdio, Professora da Faculdade de Letras de Lisboa e Crítica Teatral. Abertura pelo presidente da Câmara Municipal de Santarém, Francisco Moita Flores

- Dia 6 de Novembro, pelas 18h30
"Encenar Santareno", por Carlos Avilez, Director do Teatro Experimental de Cascais (TEC) e da Escola Profissional de Teatro de Cascais

-      Dia 8 de Novembro, pelas 21h30
"O Trágico Em Bernardo Santareno", por Oliveira Barata, Professor da Faculdade de Letras de Coimbra.

 Exposições

- No W Shopping de Santarém de 2 a 8 de Novembro, vai estar patente a exposição "Bernardo Santareno, Pseudónimo de António Martinho do Rosário, Vida e Obra"

-      Exposição “Santarém, Capital do Teatro” patente ao público de 5 a 30 de Novembro, no Hall do Teatro Sá da Bandeira.

Comemorações dos 50 Anos de "A Promessa"
Teatro Sá da Bandeira

- Dia 14 de Novembro, pelas 18H30
Apresentação da Edição Comemorativa de "A Promessa", de Bernardo Santareno, com a presença de actores do Teatro Experimental do Porto (TEP), sob a direcção de Norberto Barroca, e do seu Presidente, Júlio Gago
"A Promessa", publicada em 1957, foi estreada pelo TEP, a 23 de Novembro desse ano, com encenação de António Pedro

- Dia 15 de Novembro, pelas 21h30
Projecção do filme "A Promessa", realizado por António Macedo, em 1972, primeiro filme português a integrar a Selecção Oficial do Festival de Cannes 1973, em colaboração com a Cinemateca Nacional
Filme realizado por António Macedo, com ante-estreia no Festival de Cinema de Santarém, em Novembro de 1972. Foi o primeiro filme português a integrar a selecção Oficial do Festival de Cannes 1973 e tem como protagonistas,  Guida Maria, João Mota e Sinde Filipe

Espectáculos Teatro Sá da Bandeira

- Dia 19 de Novembro, pelas 21h30
"II Grande Gala Santareno”, para entrega dos "Prémios Santareno de Teatro", trofeu da autoria de José Coelho
Bailado, Canto, Música e Teatro

- Dias 23 e 24 Novembro, pelas 21h30 e dia 25 de Novembro, pelas 16h00
Estreia do espectáculo "Bernardo Santareno: Os Túneis da Liberdade", pelo VETO Teatro Oficina.

Biografia de Bernardo Santareno, pseudónimo de António Martinho do  Rosário
 
1920 - A 19 de Novembro nasce em Santarém

1932 - Entra no Liceu Nacional de Sá da Bandeira, em Santarém, cujo curso termina no ano lectivo 1938/39.
Provavelmente, como admitiu em entrevista, escreve a sua primeira tentativa de escrita teatral, a peça “Olga, a Princesa Russa”, interpretada por sua prima, com a colaboração de familiares e amigos

1937/38 - Escreve o “episódio dramático”: “Este homem vai morrer”

1939 - Entra nos Preparatórios para a Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

1944/1945 - Escreve as peças “A Renúncia” e a  “A Confissão”

1945 - Transferência para a Universidade de Coimbra onde participa em recitais de poesia

1947 - Morte  de sua mãe Maria Ventura Lavareda

1950 - Conclui o Curso de Medicina em Coimbra

1954 - Publica o primeiro livro de poesia “A Morte na Raiz”

1955 - Publica o segundo livro e poesia “Romances do Mar”

1957 - A 1 de Abril, como médico,  embarca para a pesca do bacalhau  no navio “David Melgueiro”
Publica o terceiro livro de poesia “Os Olhos da Víbora” e o 1º volume “Teatro” com as peças “A Promessa”, “O Bailarino” e a “Excomungada”
( Mestre António Pedro afirma que se estava perante “o maior dramaturgo português e um dos casos mais sério de teatro moderno em qualquer país” e, no Teatro “ Experimental do Porto “TEP, dirige “A Promessa” que tem no elenco a actriz Alda Rodrigues. A peça, estreada  a 23 de Novembro de 1957, foi retirada de cena, passados poucos dias, devido a pressões da Igreja Católica).

1958 - Faz segunda viagem para a pesca do bacalhau, no “Senhora do Mar” e presta serviço no navio hospital “Gil Eanes”

1959  - Publica “O Lugre” e “O Crime da Aldeia Velha”  e o livro de crónicas “Nos mares do fim  do mundo”
A 16 de Novembro, vai ao Círculo Cultural Scalabitano fazer uma conferência sobre “Caminhos possíveis para um  teatro português moderno”

1960 - Publica “António Marinheiro, O Édipo de Alfama”
Começa a trabalhar no Instituto de Orientação Profissional

1961 - Publica “Os Anjos e O Sangue”, “O Duelo”, “O Pecado de  João Agonia”, “Irmã Natividade” e ainda “O Prisioneiro “ (Correio do Ribatejo) 

1962 - Publica “Anunciação” e  é distinguido com o Prémio da Imprensa

1963 - A 11 de Junho inicia funções na Fundação Sain, onde trabalha com Fernanda Lapa e permanece até à data da sua morte.
É de novo distinguido com o Prémio da Imprensa
1966 - Publica “O Judeu”
Morte do seu pai Joaquim Martinho do Rosário

1967 - Publica “O Inferno”
Volta a ser distinguido com o Prémio da Imprensa

1969 - Publica  “A Traição do Padre Martinho"

1970 - A 11 de Março, a Companhia do Teatro Nacional vem representar “O Pecado de João Agonia” a Santarém, ao Teatro Rosa Damasceno
1974 - Publica “Português, Escritor, 45 Anos de Idade (que admitiu ser a sua última peça”
Desenvolve intensa militância política e cultural integrando o MDP/CDE e fazendo parte do Movimento  Unitário dos Trabalhadores Intelectuais (MUTI) e da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA)

1975 - Escreve três Quadros de Revista, “A Guerra Santa”, “O Milagre das Lágrimas”, interpretados por Ivone Silva, e “Os Vendedores de Esperança” interpretados por Vera Mónica e Joel Branco, em “P’ra Trás Mija A Burra” (parceria com César de Oliveira, Rogério Bracinha e Ary dos Santos), estreada a 31 de Maio de 1975, no teatro ABC, e outro texto não utilizado, “O Senhor Silva” (mais tarde, “Monsanto”), incluído no espectáculo colectivo “Ao Qu ’Isto Chegou” do grupo A Barraca”, em 1977

1979 - Publica “Os Marginais e a Revolução” (“Restos”, “A Confissão”, “Monsanto”, “Vida Breve em Três Fotografias”)

1980 - Conclui a redacção de “O Punho”, que se manteve inédita até 1987
A 29 de Agosto, morre em Carnaxide/Oeiras, tendo sido sepultado no Cemitério dos Prazeres em Lisboa

1990 - É criado em Santarém o Centro Dramático Bernardo Santareno cujo espectáculo de estreia “ António” foi uma montagem de textos  das suas peças.

 

17-10-2007
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
A escola da Calçada de Carriche
Mário Lopes
OPINIÃO
Portugal e as Migrações: “Novos e Velhos Desafios”
Henrique Tigo
O Arquitecto Eugénio dos Santos
Luís Rosa
A nova cruz alta de Fátima
D. Serafim Ferreira e Silva
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o