Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
De momento não existem Sondagens activas.
Ver Sondagens Anteriores
Edição Nº 226 Director: Mário Lopes Sexta, 18 de Outubro de 2019
Em parceria com a Inpulsar – Associação de Desenvolvimento Comunitário
Município de Leiria lança programa “Casas Primeiro” para tirar sem-abrigo da rua
   
  Programa “Casas Primeiro” será operacionalizado com
a Inpulsar – Associação de Desenvolvimento Comunitário
A Câmara Municipal de Leiria vai implementar o programa “Casas Primeiro”, uma intervenção social dirigida a pessoas em situação de sem-abrigo, aprovado em reunião de câmara esta terça-feira, 15 e outubro, e que será operacionalizado com a Inpulsar – Associação de Desenvolvimento Comunitário. No último levantamento realizado no concelho de Leiria, foram identificadas pessoas em situação de sem-abrigo, principalmente a viver em habitações abandonadas e em condições muito precárias.

   Assim, no ano em curso, o programa será implementado e será objeto de operacionalização, monitorização e avaliação de impacto, com vista à sua eventual ampliação.

   Desde 2016 que o Município de Leiria, a par com a Associação Impulsar, tem participado na Rede Nacional “Casas Primeiro”, espaço de partilha e supervisão técnica aos diversos projetos existentes em território nacional.

   O modelo “Casas Primeiro” tem como objetivo apoiar pessoas sem-abrigo no processo de procura, escolha, obtenção e manutenção de uma habitação estável e integrada na comunidade, mantendo um corpo técnico de suporte à integração social plena dos indivíduos abrangidos pelo projeto. O programa financia o arrendamento, o mobiliário e equipamento básico, bem como os consumos de água, eletricidade e gás.
 
   “Casas Primeiro” é um modelo que tem vindo a provar a sua eficácia na integração de pessoas sem-abrigo, através do acompanhamento individualizado dos participantes numa habitação. A metodologia caracteriza-se por: Habitação permanente e integrada; casas individualizadas; separação entre a habitação e o tratamento; contratos de arrendamento; serviços de suporte habitacional e procura de uma habitação permanente e individualizada com contextos de vizinhança.

   A problemática da população sem-abrigo é uma das prioridades identificadas no Diagnóstico Social do concelho de Leiria, bem como a análise de suporte à elaboração da Estratégia Local de Habitação para o concelho, considerada como um desígnio nacional para a erradicação da situação de pessoas sem-abrigo até 2023, estando implementada uma nova Estratégia para a Integração de Pessoas em Situação de Sem-Abrigo para o período temporal 2017/2023.

    Acresce referir que este modelo de intervenção possui uma taxa de sucesso muito positiva nos concelhos onde já se encontra a funcionar.
 
    Fonte: GRPG|CML
18-10-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O POOC e os excessos de alarmismo!!
Carlos Bonifácio
Ex-fumadores: vencedores incontestáveis
Dr. Alfredo Martins
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o