Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Lei deve proibir parentes de serem membros do mesmo Governo?
Sim, sempre
Não, critério deve ser a competênca
Não, mas deve haver limites
Não sei / talvez
Edição Nº 219 Director: Mário Lopes Sexta, 8 de Fevereiro de 2019
Durante a assinatura do contrato de concessão do Convento Santo António dos Capuchos
Presidente da Câmara defende reabilitação
de património para atrair investimento a Leiria
   O presidente da Câmara Municipal de Leiria, Raul Castro, defendeu esta quarta-feira, 6 de fevereiro, a importância da requalificação do património histórico, na medida e que torna as nossas cidades mais atrativas e competitivas, contribuindo para a captação de moradores e reforço da atratividade para o investimento nas áreas de comércio e serviços.
Raul Castro falava na cerimónia de assinatura do contrato de concessão do Convento Santo António dos Capuchos, que decorreu no Mercado de Sant’Ana, em Leiria, com a presença do ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira.

   “Em boa hora [o Convento] foi contemplado com o Projeto Revive: A concretização deste empreendimento contribuirá para a qualificação do nível oferta da hotelaria em Leiria e para o desenvolvimento do setor do turismo na região”, disse o presidente da Câmara Municipal de Leiria, defendendo que a reabilitação deste imóvel vai “acrescentar alma à cidade de Leiria”.

   “Esperemos que este seja mais um sinal de vitalidade de uma área de atividade tão importante para o equilíbrio das contas nacionais e que ainda tem uma larga margem de progressão na nossa região”, disse o presidente da Câmara Municipal de Leiria, desafiando os proprietários de imóveis degradados na cidade de Leiria a aproveitarem, com ajuda dos instrumentos de apoio disponíveis, o atual contexto económico muito favorável à rentabilização de investimento nesta área.

   Na cerimónia, a secretária de Estado da Defesa Nacional, Ana Santos Pinto, destacou a importância que o programa Revive representa para muitos monumentos históricos, que têm oportunidade de terem uma nova vida, sendo devolvidos às cidades e às populações.

   Por seu turno, o ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, defendeu que o nosso património deve ser colocado ao serviço dos portugueses, num processo de reabilitação que não pode pôr em causa o valor patrimonial e a memória que estes imóveis representam.

   Refira-se que este contrato prevê a transformação do convento em hotel de charme, tendo alguns pormenores sobre a configuração futura do empreendimento sido revelados na cerimónia por António Sampaio Almeida, representante do consórcio que venceu o concurso.

   O convento tem origem no século XVII, com feição setecentista erudita em termos arquitetónicos. Como refere o site do Programa Revive, este edifício “possui uma harmoniosa fachada, galilé profunda típica dos conventos capuchinos e arcaria dórica simétrica, enquadrada por vãos retangulares. São ainda visíveis pinturas murais de ‘brutescos’ que decoram as paredes da nave principal, tendo existido também revestimentos azulejares”. O portal principal da igreja é também setecentista, de verga semicircular com frontão de volutas interrompido.

   Em 1770 foi objeto de obras de ampliação, a que correspondem os corpos laterais e os portais barrocos com frontões contracurvados encimados por óculo e cartela.

   No século XIX foi também alvo de alterações e ampliação, sendo presentemente composto por vários corpos edificados perpendicularmente em volta de um claustro e de um pátio.

   Destaca-se a imagem erudita e a elegante fachada principal a que corresponde a entrada da igreja, acrescenta o site.
 
   Fonte: GRPG|CML
08-02-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Quebrar a confiança
Luís Guerra Rosa
Morte de peixes no Rio Alcoa e encerramento de balcão bancário em São Martinho do Porto
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o