Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O Estado deve deixar de financiar escolas privadas e cooperativas?
Sim
Não
Só escolas privadas
Não sei / talvez
Edição Nº 62 Director: Mário Lopes Quarta, 14 de Dezembro de 2005
Marinha Grande
Joaquim Correia inaugura exposição medalhística

Luís Guerra Marques, Joaquim Correia,
Barros Duarte e Alberto Cascalho 

A inauguração da exposição "A Medalha: a sua técnica e a sua estética" teve lugar no dia 3 de Dezembro, no Museu Joaquim Correia. A exposição apresenta um total de cerca de uma centena de objectos, entre desenhos, moldes e medalhas, que explicam o processo de criação de medalhas, desde a primeira ideia à escolha dos materiais e peça esculpida. As medalhas são da autoria do artista marinhense Joaquim Correia que, deste modo, pretende garantir uma vertente pedagógica à exposição, tendo em conta que é permitido ao visitante conhecer a evolução do processo artístico da medalha.

A abertura de mais uma mostra que dá a conhecer o vasto e conceituado espólio do escultor Joaquim Correia, contou com a presença de cerca de três dezenas de pessoas, entre as quais o presidente da Câmara, João Barros Duarte; o vereador da Cultura, Alberto Cascalho; o presidente da Assembleia Municipal, Luís Guerra Marques; entre outras individualidades ligadas à Cultura. O Museu, localizado no Largo 5 de Outubro, na Marinha Grande, está aberto ao público de terça-feira a domingo, das 10h às 18h.

"Labor artístico e exemplo de artista"

 Imagem da exposição no Museu Joaquim Correia

Na inauguração, o presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, João Barros Duarte, saudou o escultor pela bonita e educativa exposição, "que traduz uma das facetas do seu trabalho largamente conhecido dos marinhenses". Lembrou que Joaquim Correia, "filho de artista, que se destacou entre os nossos artistas que exerceram a sua actividade na indústria vidreira, cedo seguiu as pisadas de seu pai com o mesmo sentido de artista e responsabilidade".

O presidente louvou ainda o facto do professor ter doado à Marinha Grande "o espólio artístico que este espaço cultural guarda para recriação de quantos amantes da arte aqui encontram satisfação e prazer cultural".

Marinhense pela Cultura

 Mestre Joaquim Correia possui uma obra multifacetada

Joaquim Correia nasceu na Marinha Grande a 26 de Julho de 1920, neto e filho de uma família de Mestres Vidreiros. Depois de ter realizado os estudos primários na sua terra natal, continuou os estudos secundários em Leiria. Nesta cidade beneficiou do ensino e da convivência com um grupo excepcional de professores-artistas dos quais destaca os escultores Luís Fernandes e Narciso Costa e os pintores Miguel Barrias, entre outros.

Em 1938 vem para Lisboa a fim de frequentar o curso superior de Escultura na Escola Superior de Belas Artes, onde apesar das excelentes classificações obtidas nas provas artísticas, lhe foi negada a matricula.

Em 1940 é admitido e frequentou o 1º ano do curso superior de Escultura na Escola Superior de Belas Artes do Porto, tendo concluído os restantes anos do curso na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa onde foi discípulo do Prof. Escultor José Simões de Almeida (Sobrinho). Completou a sua formação de escultor nas oficinas dos Mestres Francisco Franco, Salvador Barata Feyo e António Duarte.

É sócio efectivo da Sociedade Nacional de Belas Artes, da Associação dos Arqueólogos Portugueses e da Sociedade de Geografia de Lisboa. Preside à comissão instaladora do Museu Nacional do Vidro. Comendador da Ordem Militar de Santiago de Espada e "Des Arts et Lettres" de França. É autor de numerosas estátuas, baixo-relevos e medalhas que figuram em lugares públicos e privados em Portugal e no estrangeiro.

Está representado nos Museus Nacionais de Arte Contemporânea de Lisboa, de Soares dos Reis no Porto, no Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian e em várias colecções nacionais e estrangeiras.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal da Marinha Grande

14-12-2005
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Porque apoio Manuel Alegre
Uma segunda volta clarificadora
Voto Jerónimo de Sousa É precisa memória e não ser ingénuo! Ter confiança e muita determinação!
Não dou cavaco
Mensagem do Natal 2005
Porque é feriado dia 8 de Dezembro? Imaculada Conceição de Maria Santíssima
O Pesadelo do Pai Natal
Os Bancos Alimentares Contra a Fome e a Generosidade dos Portugueses
O "meu" Brasil
Restauração da Independência de Portugal
As eleições presidenciais
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o