Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
As alterações climáticas são uma ameaça real para a humanidade?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 211 Director: Mário Lopes Terça, 7 de Agosto de 2018
Novo TeSP ensina a recolher e gerir informação geoespacial para apoio à construção
IPL abre curso sobre Sistemas de Informação
e Modelação do Espaço Urbano
  
Recurso a drones é uma das ferramentas
    promovidas neste novo curso do IPL
Já estão abertas as candidaturas para o novo curso técnico superior profissional (TeSP) em Sistemas de Informação e Modelação do Espaço Urbano, coordenado pelo departamento de Engenharia Civil da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Politécnico de Leiria. Esta nova formação permite colmatar as necessidades de mercado de técnicos qualificados nas áreas da Construção, da Engenharia Civil, da Arquitetura, da Geografia e da Informática, capazes de gerir informação geoespacial e operar com plataformas digitais de modelação ligadas ao espaço urbano e de apoio à construção.

   A nova formação visa formar profissionais aptos a operar com as mais modernas técnicas de recolha de dados, como drones, laserscanning, etc., e plataformas digitais de modelação e simulação no domínio dos Sistemas de Informação Geográfica (SIG), assim como operação de Sistemas de Informação e Modelação da Construção (BIM).

   «Os novos desafios aliados às Smart Cities, Internet das Coisas, Web Mapping, manipulação de informação geoespacial, obtenção de imagens com recursos a drones e criação de modelos 3D virtuais, requerem técnicos com competências adaptadas aos novos desafios tecnológicos», afirma Carlos Capela, diretor da ESTG.

   «O novo TeSP conta com o apoio das empresas da região, que sentem a necessidade de recrutar profissionais com formação específica em Building Information Modelling (BIM) – uma metodologia colaborativa suportada por tecnologia 3D, que virtualiza um edifício ou uma infraestrutura, e incorpora toda a informação existente e gerada ao longo do seu ciclo de vida.»

   Samuel Delgado, CEO da empresa Solancis, explica que «a razão do investimento numa plataforma digital baseada no Building Information Modelling prende-se com a ambição de oferecer mais e melhor serviço aos clientes. Em contraste com a tradicional abordagem setorial fragmentada, o BIM permite a partilha do modelo digital da estrutura entre o cliente, a sala de projeto e a obra. Esta interação resulta na antecipação e a correção de erros e omissões do projeto original».

   No final do curso, os formandos estão aptos para planear, recolher, processar e gerir informação geoespacial, possibilitando a intervenção nas diferentes fases do processo de conceção, construção e manutenção dos empreendimentos do espaço urbano e articulação entre cliente, sala de projeto e obra. O quadro docente deste TeSP conta com o conhecimento e a formação específica dos docentes da ESTG nas áreas de Engenharia Civil e Informática, adquiridos ao longo de 20 anos de formação na área.

   O novo TeSP disponibiliza 20 vagas e primeira fase de candidaturas decorre até ao dia 14 de agosto. Os interessados podem encontrar mais informação online.

   Fonte: Midlandcom
07-08-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o