Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 213 Director: Mário Lopes Sexta, 5 de Outubro de 2018
Cadaval
Festa das Adiafas e Festival Nacional do Vinho Leve arranca hoje com eleição da Miss Adiafas
  
                                         Cartaz
De 5 a 14 de outubro, o Cadaval, principal produtor nacional de pera rocha e de vinho leve, volta a celebrar o final das colheitas e a estimular o desenvolvimento económico, mediante a tradicional “Festa das Adiafas”. O certame inclui gastronomia, exposições, espetáculos gratuitos, com alguns nomes de referência nacional, e animação variada. Contempla, invariavelmente, o 17.º Festival Nacional do Vinho Leve e volta a integrar a eleição da Miss Adiafas, logo na primeira noite.

   O pavilhão municipal, junto ao campo da feira do Cadaval, volta a ser palco deste apreciado certame, onde a homenagem às tradições rurais se associa à divulgação e dinamização económica.

   O termo “adiafa” significa o tradicional banquete que os antigos proprietários vinhateiros ofereciam, aos seus trabalhadores, no fim de cada ano de campanha, para festejar o final das colheitas ou agraciar o ano agrícola. A passagem para o plural do termo, em 2002, por parte do Município, destinou-se a abarcar a celebração de outras “adiafas”, nomeadamente a da colheita frutícola, a par das restantes vertentes da economia local.

   O âmbito do certame cresceu, sendo que, anualmente, são muitos os participantes empenhados em mostrar a sua oferta produtiva, seja ela de que índole for, totalizando este ano cerca de 60 presenças no conjunto dos espaços de exposições e do pavilhão gastronómico.

   O pavilhão de artesanato e atividades económicas (e também o espaço exterior da feira) proporciona, anualmente, uma mostra de um leque variado de produtos artesanais, bem como de representações do tecido económico/empresarial e institucional.

   A fruticultura e a vitivinicultura continuam a ser os pilares fundamentais desta peculiar festa, sendo especialmente representadas pela Pera Rocha do Oeste e pelo Vinho Leve da Região de Lisboa, dos quais o Cadaval é um exímio representante, ocupando lugar cimeiro na produção, comercialização e exportação.

   Na área vitivinícola, a Festa das Adiafas contempla o designado “Festival Nacional do Vinho Leve”, que conta com a participação anual de diversas adegas da região, com prova e venda das respetivas gamas de Vinho Leve – bebida de baixo teor alcoólico, frutada e muito apreciada dentro e fora de portas. A este nível, destaque-se a cerimónia de entrega dos prémios do Concurso de Vinhos Leves da Região de Lisboa, que este ano atinge a 8ª edição, numa parceria da Câmara Municipal do Cadaval com a Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVRL), agendada para domingo, 7 de outubro, pelas 21h30.

   Agricultura será mote de várias conferências

   O setor produtivo volta a estar patente, também, através de um colóquios e de várias conferências técnicas, abertos ao público interessado, sobre temáticas de utilidade agrícola e de fomento da economia rural, a decorrerem no pavilhão do certame.

   Nesse sentido, realiza-se dia 7, pelas 18h00, o Colóquio “Marketing no Setor Vinícola”, numa organização da CVRL – Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa, que incluirá, ainda, a participação do curso profissional Restaurante/Bar da Escola Básica e Secundária do Cadaval.

   Segunda-feira, dia 8, também pelas 18h00, tem lugar a Conferência "Vinicultura e fruticultura: problemática dos tratamentos", neste caso numa organização da Neovale.

   Logo na terça-feira, 9 de outubro, pelas 18h00, decorre a Conferência "Apresentação de Benefícios AsfertGlobal e Ferramentas Pellenc", organizada pela Agriloja.

   Quarta, dia 10, pelas 18h30, é a vez da Conferência "Soluções de fertilização Fertinagro Biotech”, numa organização da VitalCampo.

   A 11 de outubro, quinta-feira, realiza-se a 10ª Edição das Conversas Florestais, conferência que abordará o tema "As várias vertentes da certificação florestal", numa organização da APAS Floresta.
Com inscrições abertas (gratuitamente) no site camarário, refira-se o 3º passeio de cicloturismo “Cadaval de Bicla – Desafio de Montejunto” (domingo, dia 7, pelas 09h00); o 2º Passeio Equestre – “Pelas vinhas e pomares do Cadaval”, marcado para as 10h30 desse mesmo dia, e a 2ª Caminhada das Adiafas (domingo, dia 14, pelas 10h00). De salientar a importância das prévias inscrições, de modo a salvaguardar o seguro de acidentes pessoais dos participantes.

   O pavilhão de gastronomia e animação contará, uma vez mais, com a presença de vários espaços de restauração e tasquinhas, dinamizados por associações locais que incluirão, nas suas ementas, diversos pratos e petiscos típicos, onde até o ingrediente “Pera Rocha do Oeste” costuma ser incluído, em especial na doçaria presente.

   A angariação de fundos pelas coletividades participantes, a par da divulgação dos respetivos projetos comunitários, constitui uma mais-valia desta vertente gastronómica, que tantos visitantes atrai anualmente à vila do Cadaval.

   Toy e Adelaide Ferreira: alguns dos nomes do cartaz


   Em foco no corrente ano, refira-se o regresso ao certame da eleição da Miss Adiafas 2018 (que nos últimos anos foi realizado pelo Clube Atlético do Cadaval, noutro formato), espetáculo que terá apresentação de Carla Matadinho (conhecida ex-modelo e empresária), contando com o desfile de cerca de uma dezena de jovens da região.

   Dos artistas de renome a destacar, refira-se a atuação de Toy na segunda-feira, dia 8, pelas 22h00, e de Wanda Stuart, Mico da Câmara Pereira e Adelaide Ferreira num espetáculo conjunto dia 9, terça-feira, também pelas 22h00.

   Mas as noites festivas incluirão ainda a presença da música de baile pela Nova Banda, dia 6; do espetáculo musical e revisteiro “Cheira a Revista” (Grupo Gente Gira) no dia 7; concerto “Canções de Sempre” no dia 10, com vários artistas; o artista popular “Zé do Pipo”, no dia 11, e o grupo de baile Bico d’Obra, no dia 13.

   Os espetáculos englobarão ainda ranchos folclóricos, música popular e filarmónica, sem esquecer a noite da juventude (sexta-feira, dia 12), com atuação de duas bandas rock, a pensar, em especial, na camada mais jovem. Juntam-se à festa exibições de dança (sevilhanas e hip-hop) e uma aula-demonstração de zumba, entre outras propostas.

   A animação do evento, que conta com organização do Município do Cadaval, incluirá ainda a realização de demonstrações equestres (participação do Centro Equestre Carlos Santos e do Gomez Clube Hípico), Gala Equestre “Alma Ibérica”, 7ª Rota das Adiafas (passeio todo-o-terreno, promovido pelo GATTAL Clube), Prova de Santo Huberto (parceira com a associação de caçadores do concelho), Largada de Vitelos, Espetáculo Pirotécnico, entre outras atividades.

   A abertura do certame, restaurantes e tasquinhas (à exceção do primeiro dia, que acontece pelas 20h00) far-se-á, ao sábado e domingo, pelas 12h00, sendo que durante a semana acontecerá sempre pelas 19h00.

   Refira-se que a inauguração oficial da Festa das Adiafas 2018 contará com a especial presença de Carlos Miguel, secretário de Estado da Administração Local, acontecendo a mesma pelas 16h30, do feriado de 5 de outubro.

   Confira o programa de animação, disponibilizado, a par de toda a informação sobre o certame, em www.cm-cadaval.pt/Festa-das-Adiafas-2018.

   De 5 a 14 de outubro, no Cadaval, venha brindar ao final das colheitas!

   Fonte: SCRP|CMC
05-10-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o