Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem é responsável pelo conflito entre os motoristas e as empresas transportadoras?
Os motoristas
As empresas
O Governo
Outros
Não sei
Edição Nº 220 Director: Mário Lopes Terça, 26 de Março de 2019
Durante a Semana da Leitura do Agrupamento de Escolas Fernão do Pó
Jornalista e escritor José Milhazes defende
no Bombarral a importância da História
   
                           José Milhazes e Emanuel Vilaça
Os alunos da Escola Básica e Secundária Fernão do Pó, no Bombarral, tiveram oportunidade de conversar, na quarta-feira, dia 20 de março de 2019, com o jornalista, escritor e tradutor José Milhazes.

   A apresentação do escritor coube ao diretor do AEFP, Emanuel Vilaça, que, entre outros aspetos, salientou a coragem que José Milhazes teve quando, com apenas 17 anos de idade, decidiu ir estudar História para a União Soviética.

   O docente falou ainda sobre o seu percurso profissional enquanto jornalista, do qual se destacam os vários anos em que foi correspondente em Moscovo, do canal de televisão SIC, da rádio TSF e do jornal Público.

   Natural da Póvoa de Varzim, onde nasceu em 1958, José Milhazes teve, até há muito pouco tempo, a sua residência permanente em Moscovo, assegurando para os referidos órgãos de comunicação social a cobertura das notícias relacionadas com os países de leste.

   Na sua intervenção, o jornalista começou por falar dos seus livros, destacando, entre outros, a obra na qual reconstitui a história dos avós da sua esposa, natural da Estónia, que “acabaram vítimas dos dois piores regimes totalitários do século XX”, como se pode ler na sinopse do livro.

   
  Alunos encheram auditório para ouvir o ex-correspondente
                          na Rússia da SIC, TSF e Público
Neste contexto, o jornalista partilhou ainda com os estudantes os seus conhecimentos e a sua opinião sobre alguns acontecimentos históricos, nomeadamente as duas guerras mundiais e a Guerra Fria, elencou alguns dos fatores que levaram à queda da União Soviética, falou sobre a realidade europeia após a segunda guerra mundial, entre outras temáticas.

    Na sua intervenção, José Milhazes fez igualmente questão de destacar a importância da história, considerando não ser uma ideia positiva reduzir a carga horária relativamente a esta disciplina, uma vez que, como frisou, “se não aprendermos com a história, esta acabará por se repetir”.

   A finalizar a sessão, os alunos tiveram oportunidade de colocar algumas questões, em resposta às quais José Milhazes partilhou os motivos que o levaram a viajar para a União Soviética e o que acabou por experienciar nos anos em que viveu na capital russa.

   Esta iniciativa decorreu no âmbito da Semana da Leitura do Agrupamento de Escolas Fernão do Pó e contou com a colaboração da editora Leya.
 
 Fonte: GAPOM|CMB
26-03-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Festivais de Verão 2019 – Centro e Sul de Portugal
Liberdade para manifestar opinião
César Santos
A importância do Exame Médico Desportivo
Dr. Manuel Portela
Parque de auto caravanismo e passadiços de S. Martinho do Porto
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o