Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 213 Director: Mário Lopes Quinta, 6 de Setembro de 2018
Com a substituição de 35% das luminárias do Concelho
Câmara de Santarém poupa cerca de 243 mil euros por ano com tecnologia LED
  
             Lâmpadas LED já brilham nas ruas de Santarém
A Câmara de Santarém iniciou no início deste mês de setembro a substituição de 35% das luminárias do Concelho por LED, que vai permitir uma poupança de cerca de 243 mil euros por ano. As zonas de intervenção resumem-se a diversos locais de consumo um pouco por todo o Concelho, nomeadamente, nas freguesias de Abitureiras da Abrã, Achete, Amiais de Baixo, Azoia de Baixo e Póvoa de Santarém, Alcanede, Alcanhões, Almoster, Arneiro das Milhariças, Azoia de Cima e Tremês, Casével e Vaqueiros, União de Freguesias da Cidade de Santarém (Marvila, Ribeira Santarém, S. Salvador e S. Nicolau), Moçarria, Pernes, Póvoa da Isenta, Romeira e Várzea, São Vicente do Paúl e Vale de Figueira e Vale de Santarém, num total de 158 Postos de Transformação.

   Na zona rural são intervencionados 81 locais de consumo e na zona urbana da Cidade são intervencionados 77 locais. No total, são instaladas 8077 novas luminárias, repartidas pelos 7737 pontos de luz a intervencionar.

   Esta Operação de Eficiência Energética na Iluminação Pública do Portugal 2020, no que diz respeito, especificamente à iluminação pública do Município de Santarém tem como objetivo a melhoria da eficiência energética, melhoria da qualidade e níveis de iluminação associados ao atual parque de luminárias no Concelho e consequentemente a redução da fatura energética, com vista a apoiar a transição para uma economia com baixas emissões de carbono.

   O projeto consiste numa intervenção nos sistemas de iluminação pública, com substituição de luminárias equipadas com lâmpadas de descarga (vapor de mercúrio e vapor de sódio de alta pressão) obsoletas e/ou com mais de 10 anos de vida útil, por luminárias de tecnologia LED, mais eficientes, de menor consumo energético, elevado rendimento e com índices de restituição cromática mais elevados.

   Este projeto teve início em 2014 e envolve os 11 municípios da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo - CIMLT, num total de 42 mil luminárias substituídas nestes concelhos que representará uma poupança global de cerca de 1.2 milhões de euros por ano, num investimento total de cerca de sete milhões de euros comparticipados a 95 por cento.

   Fonte: GRPC|CMS
06-09-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o