Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem vai vencer as eleições presidenciais no Brasil?
Jair Bolsonaro
Fernando Haddad
Edição Nº 213 Director: Mário Lopes Quarta, 26 de Setembro de 2018
“Virgínia Victorino, Antologia Poética”
Congresso internacional em Alcobaça termina com lançamento de livro de Virgínia Victorino
  
                            Sessão de encerramento
Os 50 anos da morte da poetisa alcobacense Virgínia Victorino foram comemorados em Alcobaça com o congresso internacional “Virgínia Victorino na cena do tempo”. Durante dois dias, vários historiadores abordaram a poetisa considerada “esquecida e apagada da história” que, “de modo inteligente soube dar-nos uma imagem do feminismo”, referiu António Carlos Cortez, que escreveu a introdução do livro “Virgínia Victorino, Antologia Poética”.

   Durante a apresentação do livro estiveram presentes Isabel Lousada, Jorge Pereira de Sampaio e Luís Peres Pereira, da organização do congresso; José Guilherme Victorino, sobrinho-neto da homenageada; Fernando António Batista Pereira, adjunto do ministro da Cultura; Paulo Inácio, presidente do Município de Alcobaça e Marco Galinha, proprietário do Grupo Bel, empresa que adquiriu o Café Tertúlia e que “irá manter viva a chama de Virgínia Victorino em Alcobaça”.

   Na ocasião, Jorge Pereira de Sampaio agradeceu todo o apoio dado pelo município na organização do congresso e de forma emocionada, referiu que “hoje foi o concretizar de um projecto de vida porque os meus pais sempre fizeram por preservar e manter viva a memória de Virgínia Victorino”. O historiador agradeceu ainda a Marco Galinha, a oportunidade de continuar a mostrar ao público quem era Virgínia Victorino, ao requalificar e abrir novamente ao público o Café Tertúlia, casa onde nasceu e viveu a homenageada.

   Por sua vez, Marco Galinha referiu que “há património que se perde muitas vezes e isso é lamentável” pelo que se sente “honrado por ser um guardião do templo Café Tertúlia” e de “tudo o que representa para Alcobaça”.

 
                  Congresso realizou-se no Auditório
                  da Biblioteca Municipal de Alcobaça
  José Guilherme Victorino recordou a “tia-avó” quando se comemoram os “50 anos da morte de uma autora tão esquecida”, realçando que “este evento honra a memória da minha tia e enternece a minha família”. O representante da família de Virgínia Victorino recordou que seus pais “não se quiseram desfazer de nenhum livro, objecto ou móvel da sua tia e esses objectos representam um enorme legado que tem influenciado os nossos gostos”.

   Fernando António Batista Pereira leu uma mensagem do ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, onde este referiu que “Alcobaça tem muitos motivos para se orgulhar a nível patrimonial e cultural” sendo Virgínia Victorino disso exemplo. Para o ministro “Virgínia Victorino, sem pertencer a movimentos literários, alcançava uma notoriedade e um fervor junto do público que nenhum outro beneficiava”.

   A terminar a sua mensagem, Luís Filipe Castro Mendes enalteceu o evento dedicado “ a uma multifacetada e também de algum modo contraditória poeta”, enaltecendo o Congresso de “elevada participação científica nacional e internacional, que permitirá às escolas o resgate da memória e o incentivo à leitura de Virgínia Victorino”.

  
                       Capa do livro
A finalizar, Paulo Inácio destacou a “partilha de conhecimentos entre congressistas e público” onde se abordou “uma alcobacense que deixa de ser só nossa”. O edil destacou ainda Alcobaça “como um pequeno território onde temos do ponto de vista artístico riquezas extraordinárias”.

  
 O Congresso terminou com um jantar buffet no Café Tertúlia, espaço que deverá abrir ao público no início do próximo ano.

   Mónica Alexandre
26-09-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Feira de Santa Iria: que futuro?
Tiago Carrão
Estado da limpeza dos contentores e do Mercado Semanal de Alcobaça
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o