Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
A Linha do Oeste deve ser requalificada?
Até Caldas da Rainha
Até Leiria
Em toda a extensão
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 210 Director: Mário Lopes Terça, 22 de Maio de 2018
Câmara Municipal prepara projeto de alojamento
Estudantes internacionais do Politécnico
de Leiria vão ter residência na Batalha
  
   Futuras instalações do alojamento
   internacional de estudantes do IPL
A Câmara Municipal da Batalha está a desenvolver um projeto de reabilitação e adaptação de edifício para residência universitária de alunos internacionais do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), uma resposta a realizar em parceria e enquadrada no Plano Nacional de Alojamento para o Ensino Superior (PNAES).

   Note-se que as instituições de ensino superior públicas e autarquias vão poder recorrer a um fundo de reabilitação de edifícios se os quiserem disponibilizar para residências universitárias, possibilidade prevista no referido plano nacional de alojamento, que na passada quinta-feira, dia 17 de maio, foi apresentado pelo Governo, em Coimbra, pela secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Fernanda Rollo.

   O projeto da edilidade Batalhense a desenvolver em colaboração com o Politécnico de Leiria, surge na sequência de reunião de trabalho já com o novo Presidente do IPL, Professor Rui Pedrosa, onde se identificou a necessidade de alargar a resposta de alojamento na região para os estudantes internacionais, desenvolvidos com áreas de apoio ao estudo e investigação, potenciando assim melhores condições de acolhimento e oportunidade de atração de jovens para a região.

   O Município da Batalha dispõe de excelentes opções de mobilidade para o IPL, seja através do GiraBatalha – autocarro de ligação rápida a Leiria, seja no âmbito da rede de ecovias existentes e em desenvolvimento que no curto prazo irão aproximar a Batalha e o IPL, acompanhando o curso do rio Lena.

   Este projeto de alojamento estudantil é “uma oportunidade única” para a Batalha, reconhece Paulo Batista Santos, presidente da Câmara Municipal da Batalha, com benefícios imediatos e a médio prazo. No imediato, uma vez que irá trazer para a Batalha jovens estudantes internacionais que irão promover o concelho, dinamizar o turismo e criar condições para a sua fixação na região da Batalha, bem assim será um forte estímulo para construir e reabilitar edifícios na Vila da Batalha, em condições de financiamento muito favoráveis.

   “No médio prazo, esta parceria com o Politécnico de Leiria, cimentará a presença do ensino superior e de investigadores na Batalha, condição fundamental para desenvolver conhecimento e ampliar as oportunidades dos jovens locais”, acrescenta o autarca da Batalha.

   Numa primeira fase, esta colaboração entre o Município da Batalha e o Politécnico de Leiria para alargar o alojamento de estudante envolve dois edifícios municipais, ao nível da residência estudantil em edifício reabilitado na Praça Mouzinho de Albuquerque, complementado com o antigo edifício dos Paços do Concelho (Edifício Dr. Gens) que se encontra em fase final de requalificação.

   Fonte: MB
22-05-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
De que matéria se faz esta cidade?
Jorge Mangorrinha
A Guida fugiu com um rapazola ou o pé da Luizinha Carneiro
Fleming de Oliveira
Peso das mochilas não provoca escoliose
Dr. Nuno Neves
Explosão tecnológica abre a porta à inteligência artificial
Joaquim Vitorino
Não se esforce em demasia: dores nos pés podem ser sinal de fasceíte plantar
Drª Fátima Carvalho
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o