Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com o reinício das aulas em regime presencial?
Sim
Sim, mas só com turmas reduzidas
Não, só à distância
Não, sistema misto
Não sei / talvez
Edição Nº 190 Director: Mário Lopes Quarta, 24 de Agosto de 2016
Comprar em segunda mão e pedir emprestado é mais comum para estudantes adultos
94% dos consumidores preferem comprar manuais escolares novos
  
                Tendência dos consumidores de 2013 a 2016
A maioria dos portugueses mantem a intenção de comprar livros escolares novos, com 94% dos consumidores a referir esta preferência para o ano letivo 2016/17. A procura de manuais escolares em segunda mão (19% vs 33% em 2015) ou a intenção de pedir livros emprestados (18% vs 27% em 2015) baixam consideravelmente face ao ano passado. De acordo com o Observador Cetelem, mais de metade dos portugueses (54%) opta por comprar os livros escolares num momento diferente do restante material.

   Para as famílias com filhos em idade escolar, a intenção de comprar manuais escolares novos é mais elevada, englobando 97% dos inquiridos. Entre os estudantes adultos tem vindo a aumentar o número dos que pretendem adquirir os livros em segunda mão (49%) ou pedir emprestado a amigos e familiares (51%). Esta é uma tendência que tem vindo a ser consolidada ao longo dos últimos anos, ainda que 81% também planeiem a compra de livros novos.

   «A maioria dos manuais para crianças e jovens são simultaneamente teóricos e práticos, com a resolução de exercícios no próprio manual. Isso dificulta a utilização por mais do que uma pessoa e justifica a preferência pelos livros novos. No caso dos adultos que estudam, a utilização dos livros é diferente e facilita a partilha ou o empréstimo do manual», explica Diogo Lopes Pereira, diretor de marketing do Cetelem.

   Este estudo tem por base uma amostra representativa de 600 indivíduos residentes em Portugal Continental, de ambos os géneros e com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos, aos quais foi aplicado um questionário estruturado de perguntas fechadas. O inquérito foi aplicado em colaboração com a empresa de estudos de mercado Nielsen, entre os dias 13 e 18 de maio, apresentando um erro máximo de +4,0 para um intervalo de confiança de 95%.

   Para mais informações: www.cetelem.ptwww.oobservador.pt
24-08-2016
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o