Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem vai vencer as eleições presidenciais no Brasil?
Jair Bolsonaro
Fernando Haddad
Edição Nº 213 Director: Mário Lopes Sábado, 6 de Outubro de 2018
Presidente da República visitou de surpresa o Festival Literário Internacional de Óbidos
Marcelo Rebelo de Sousa: “O Folio tem sido
um milagre”
 
    José Pinho, Marcelo Rebelo de Sousa, José Pereira,
                       Telmo Faria e Margarida Reis
 
“O Folio tem sido um milagre e só é possível um milagre na base da utopia.” A frase é de Marcelo Rebelo de Sousa que, no dia 3 de outubro, esteve presente no Folio – Festival Literário Internacional de Óbidos, numa vinda sem aviso prévio, para visitar o festival e assistir ao concerto de música tradicional dos “Roncos do Diabo”.

   Para o Presidente da República, o Folio é um milagre, “porque é feito de poucos ou nenhuns apoios, porque é feito com a iniciativa da própria autarquia, da população, daqueles que dão a vida do ponto de vista cultural, daqueles que aparecem e conseguem converter aquilo que não pode morrer num grande sucesso”. Marcelo Rebelo de Sousa assegura ainda que está “muito feliz, porque havia quem temesse esta edição perante os contradimentos e as dificuldades”, mas ela aí está “e é um sucesso”.

   No que diz respeito ao festival, o Presidente da República explica que o Folio é muito mais do que livros. “Começou por ser livros, depois passou a ser livros e artes plásticas, depois música, depois vivência humana…”, afirma, concluindo que em Óbidos há “a capacidade humana de recriar, que é própria da Cultura e a Cultura não é só feita de livros, passa por tantas outras manifestações populares”. E nesse aspeto, Marcelo Rebelo de Sousa considera que o Folio conseguiu ser equilibrado em termos de programação. “Para os que consideravam que podia ser erudito a mais, conseguiu ser erudito e popular, se é que há alguma oposição entre o que é mais erudito e o que é visceralmente popular”, questionou.

   O Presidente da República afirmou igualmente que “Portugal e os portugueses têm sonhado e é esse sonho que se converte em vida”, sendo isso “que dá sentido à nossa maneira de ser, à nossa História, ao nosso passado, presente e futuro”. Em Óbidos, e no Folio, “a utopia e o sonho têm sido um pretexto para fazer a ponte entre o passado e o futuro”.

   O Presidente da República aproveitou a vinda a Óbidos para, mais uma vez, passar pelas livrarias e para um contacto direto com os visitantes do Folio e participantes do festival. “Para o ano cá estarei outra vez e estarei mais tempo”, prometeu o Presidente da República.
 
   Gonçalo Ribeiro Telles vem a Óbidos ser homenageado

   O Folio vai homenagear o arquiteto Gonçalo Ribeiro Telles, o qual estará pessoalmente em Óbidos, este sábado, 6 de Outubro, às 18h30.

18H30 \\\ FOLIO AUTORES

Editora Abysmo apresenta

Homenagem a Gonçalo Ribeiro Telles

com Luís Coimbra, Nuno Miguel Guedes e Vasco Medeiros Rosa

MUSEU MUNICIPAL DE ÓBIDIS 

   Fonte: GCD|CMO
06-10-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Feira de Santa Iria: que futuro?
Tiago Carrão
Estado da limpeza dos contentores e do Mercado Semanal de Alcobaça
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o