Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Como classifica o nível da pandemia em Portugal?
Normal que haja surtos pontuais
Anormal e a culpa é do Governo
Anormal e a culpa é do comportamento das pessoas
Não sei
Edição Nº 234 Director: Mário Lopes Sexta, 3 de Julho de 2020
Relatório da ANACOM comprova fundamento das queixas dos portomosenses
Concelho de Porto de Mós precisa de melhoria significativa nas comunicações móveis
  
     Jorge Vala e João Cadete de Matos
“O concelho de Porto de Mós precisa de uma melhoria significativa nas comunicações móveis”, afirmou o presidente da Autoridade Nacional de Comunicações que se deslocou a Porto de Mós para entregar a Jorge Vala o relatório técnico sobre a qualidade de acesso dos portomosenses às redes de comunicações. Foi também identificada necessidade idêntica na cobertura de fibra ótica.

   O trabalho de campo foi realizado nos dias 24 a 26 de junho. Durante estes dias a equipa técnica da ANACOM visitou todas as freguesias do concelho percorrendo 623 quilómetros em testes às redes móveis das três operadoras. No final concluiu que é justa a reivindicação das populações de S. Bento, Alqueidão da Serra, Arrimal-Mendiga e Mira de Aire.

   Recorde-se que a vinda da Autoridade Nacional de Comunicações a Porto de Mós, a pedido do Presidente da Câmara, teve como objetivo proceder ao diagnóstico do estado das comunicações no município depois de centenas de queixas de falhas no serviço prestado pelos operadores. As falhas de cobertura impediram cerca de 100 crianças de frequentar as aulas à distância durante a pandemia.
  
 Populações de S. Bento, Alqueidão da Serra, Arrimal-Mendiga
                           e Mira de Aire.são as mais afetadas

   Na reunião de trabalho com o executivo municipal foram desenhadas estratégias para a resolução do problema tendo em conta que os serviços de comunicações são prestados por entidades privadas. João Cadete de Matos prometeu dar toda a colaboração ao executivo municipal na satisfação da reivindicação de melhores serviços de comunicações no concelho.

    Depois desta visita, o presidente Jorge Vala vê reforçados os seus argumentos para reivindicar melhores acessos à internet, e irá de imediato iniciar um périplo negocial com as operadoras. “O que vamos fazer é apelar às operadoras para que tenham este sentido de serviço público, sobretudo para com os cerca de 100 alunos que, de forma alguma, conseguem ter acesso às aulas em suas casas.”, disse.

   A primeira reunião é com a Altice e está marcada para o próximo dia 8 de Julho.

    Fonte: JM|GC|CMPM
03-07-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O CEPAE e o Museu Nacional da Floresta
Adélio Amaro
Estatuária, Memória e Democracia
Leonor Carvalho
As grandes epidemias da História
Joaquim Vitorino
Dever de informar
Carlos Bonifácio
A Pandemia… dos ignorados
Dr. Joaquim Brites
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o