Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Tenciona ir ver o Papa Francisco em Fátima nos dias 12 e 13 de maio?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 196 Director: Mário Lopes Quinta, 16 de Fevereiro de 2017
Em pergunta ao Governo
PEV questiona precariedade dos trabalhadores subcontratados no Centro Hospitalar do Oeste
  
                  Centro Hospitalar do Oeste
O deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar Os Verdes, entregou na Assembleia da República uma pergunta em que questiona o Governo, através do Ministério da Saúde, sobre as medidas que estão a ser ponderadas para resolver os problemas de precariedade com que se deparam os trabalhadores do Centro Hospitalar do Oeste.

   O Grupo Parlamentar do Partido Ecologista “Os Verdes” reuniu com o movimento dos trabalhadores precários do Centro Hospitalar do Oeste (CHO), tendo recebido informação relativa à petição que apela à integração direta nos quadros do CHO de todos os trabalhadores precários, que o movimento realizou junto das populações locais.

   Estes profissionais trabalham nos hospitais de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche e têm ao longo dos anos desempenhado com empenho e profissionalismo as suas funções, independentemente do tipo de vínculo de trabalho com o CHO.

   Desde outubro de 2016, estes trabalhadores subcontratados têm realizado várias ações com o intuito de solucionar os graves problemas que os afetam, nomeadamente salários e subsídios de férias em atraso mas acima de tudo, pretendem alertar para toda a situação precária a que estão sujeitos. São trabalhadores cuja necessidade permanente do CHO justifica a sua existência nos diversos serviços, como por exemplo Urgência, Medicina, Ortopedia, Maternidade e Cirurgia, fazendo parte integrante de equipas e do quotidiano das unidades hospitalares.

   Foi recentemente divulgado o relatório sobre a situação dos trabalhadores em precariedade no Estado, no entanto, o mesmo não identifica aqueles que são mediados por empresas de trabalho temporário, como é o caso destes trabalhadores.

   Assim, o Grupo Parlamentar do Partido Ecologista “Os Verdes” questiona o Governo, através do Ministério da Saúde, sobre que medidas estão a ser ponderadas para resolver estes problemas de precariedade com que se deparam estes trabalhadores do Centro Hospitalar do Oeste e se se prevêem aberturas de procedimentos concursais para recrutamento de trabalhadores no Centro Hospitalar do Oeste.
16-02-2017
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
Obama,the troubleshouter. Trump, the troublemaker
Mário Lopes
OPINIÃO
As pedras não nos traem
Jorge Mangorrinha
"Um Oeste para Jovens?"
Gonçalo Silva
Alzheimer e outras demências: como lidar com as alterações cognitivas e comportamentais
Drª Margarida Rebolo
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o