Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
De momento não existem Sondagens activas.
Ver Sondagens Anteriores
Edição Nº 232 Director: Mário Lopes Terça, 19 de Maio de 2020
Concertos para Bebés dão novo passo e lançam temporada de Concertos Online
“Concertos para Bebés em Casa”: a proposta da Musicalmente em tempos de confinamento
    




  Sessão dos Concertos para Bebés (Foto: Joaquim  Dämaso)
Face ao contexto de pandemia em que nos encontramos, e de modo a manter a experiência musical regular de todas as famílias e bebés que assistiam habitualmente aos Concertos para Bebés, a empresa Musicalmente aproveitou o tempo de recolhimento para desenhar uma nova forma de experienciar a música com bebés e famílias.

    Este novo modelo dos Concertos para Bebés, que estabelece novas pontes entre intérpretes e público, foi apresentado numa conferência de imprensa direto nos canais de YouTube e Facebook dos Concertos para Bebés no dia 14 de maio, pelo director artístico da Musicalmente, Paulo Lameiro, e alguns dos Solistas convidados desta primeira temporada. Os Concertos para Bebés em Casa, assim se designam neste modelo, são também uma proposta inovadora que abre novos caminhos para as Artes Performativas em tempos de confinamento.

   Este novo modelo possibilitará assistir aos concertos, transmitidos ao vivo e em direto, a partir do novo website dos Concertos para Bebés (www.concertosparabebes.com) que está a ser desenhado para ser uma nova sala de concertos em casa dos bebés e respetivas família e que será lançado muito em breve.

   Esta primeira temporada será marcada por 5 concertos em livestreaming que terão lugar aos domingos de manhã, tal como os concertos em sala, a começar já no próximo dia 31 de maio. São solistas convidados Ana Castanhito em Harpa, Luísa Sobral, Hugo Correia em contrabaixo e eletrónica, Rodrigo Carreira em trompa, Pedro e Gonçalo Pereira em Fagote e Contrafagote, e os intérpretes residentes da Musicalmente.

    Embora num contexto diferente, cada concerto continua a ser uma experiência de cumplicidades, sendo esta uma oportunidade para juntar o bebé e toda a família num momento de partilha único, onde as casas se transformam em palcos. Estes concertos têm como matriz a música clássica, mas desenvolvem-se num alinhamento recheado de temas tradicionais, do pop-rock e de improvisações vocais-instrumentais.

    À semelhança dos concertos em palco, os Concertos para Bebés EM CASA serão de acesso restrito, sendo necessária a aquisição de uma assinatura de temporada para os 5 concertos ou bilhetes avulsos, através do website dos Concertos para Bebés. A bilheteira abre já no dia 20 de maio e haverá lugar a ofertas especiais para os primeiros assinantes.

   Para mais informações, acompanhe a página de Facebook (www.facebook.com/concertosparabebes) ou envie e-mail para info@concertosparabebes.com.

    Paulo Lameiro: “Estivemos confinados, mas não estivemos parados”

   Nada substitui um concerto ao vivo em palco, não sendo possível transferir para uma comunicação via internet a fruição artística presencial. Um concerto não é somente a experiência física, acústica, térmica, social, ou de repertórios. É também, e muito, toda a expectativa criada na preparação e processo de sair de casa até chegar ao palco e à plateia.

    Sabemos até, por vários estudos realizados na área da psicologia da música, que, o nível de prazer e satisfação que recebemos de um concerto está mais ligado ao percurso, desde a tomada de conhecimento do concerto, os contactos com amigos para ir a esse concerto, a compra de bilhetes, o que se conversa para antecipar como será o concerto, as refeições e viagens antes do concerto, se envolve hotéis e viagens de avião sobe exponencialmente o prazer, o preço do bilhete, etc... tudo isso é parte do Concerto e contribui decisivamente para a nossa sensação de prazer estético.

    Ir falando com os bebés durante a semana sobre irmos ao concerto no domingo, antecipar as suas reacções, partilhas com avós e irmãos dessas reacções, a viagem de carro, as diferenças de temperatura, de cheiros, a partilha com outros bebés e outros pais, as cumplicidades de atitudes e olhares, o enriquecimento acumulado das memórias dos concertos anteriores, tudo isso é concerto. Os brilhos nos olhos, as babas, o inesperado incontrolável de músicos e público em tempo real, e, muito importante, quem faz o concerto não são somente os músicos, são muito os bebés. São eles, pelas suas atitudes e olhares que nos inspiram, nos energizam. São as famílias, que se olham entre si, frente a frente num cenário em arena, de almofadas para almofadas, que fazem o concerto. É um circuito de energias que se encadeia. A música activa os bebés, os bebés provocados pela experiência sonoro-musical reagem, os músicos deixam-se tocar por essas reacções e devolvem a nova energia na frase seguinte, os pais extasiam-se com as atitudes dos bebés e dos músicos, e provocam nova onde de energia que sobe em espiral. Isto só acontece num concerto em palco, e não se consegue traduzir para um concerto na televisão, tablet, telemóvel ou computador, no melhor dos sistemas de captação e emissão.

    Ainda assim, vamos estar alguns meses, pelo menos, sem poder voltar a um palco e sala de concertos. Mas a Música e os concertos fazem-nos mais falta do que nunca.

    Estivemos confinados, mas não estivemos parados. De suas casas os nossos músicos enviaram-nos gravações, e da nossa sala de ensaios fomos mantendo uma relação com as famílias e bebés através dos episódios EM CASA COM A MUSICALMENTE. Mas esses episódios foram também um laboratório para criar um novo modelo de Concertos para Bebés. Um novo modelo que vamos implementar enquanto não voltarmos aos palcos, mas que vai continuar depois, porque este novo modelo vai permitir aprofundar e intensificar a experiência dos concertos em palco.

    Mantendo todos os objectivos e essência dos Concertos para Bebés em palco:
• Fruição pura e não preparação de futuros públicos. Os bebés são público hoje, aqui e agora, não de amanhã;
• Contemplação e respeito pela sensibilidade de cada bebé, e não “jogos” de animação e interacção, com muita “alegria e animação”;
• Música clássica como âncora, mas oferecida numa paleta de linguagens que contemplam o essencial da cultura e património musicais da humanidade, que inclui o jazz, o world, o tradicional, e as novas linguagens experimentais;
• Concertos não verbais, centrados na essência da linguagem musical, e não nas histórias acerca da música;
• Envolvimento dos pais como intérpretes, que são sempre convidados a cantar para e com os seus bebés;
• Som 100% acústico, sem recurso a sistemas de amplificação;
• Ambiente camarístico e familiar, com o palco em forma de arena onde todos se olham e os intérpretes se confundem entre os bebés;
• Liberdade dos bebés desfrutarem do concerto como mais o desejarem, podendo estar em cena sempre com prioridade em relação aos solistas;

    Além destes princípios, este novo modelo procura desenvolver 3 níveis de relações:
1. Levar o palco a casa dos bebés;
2. Trazer os bebés à sala onde estão os intérpretes;
3. Reforçar o encontro e a relação entre músicos e bebés com suas famílias;

1. Levar o palco a casa dos bebés
• Os pais serão convidados a preparar as suas salas com algumas características de palco. O espaço cénico, a luz, a disposição e distâncias entre bebés e ecrãs, a altura dos ecrãs, serão preparados num cuidado guião cénico desenvolvido para as famílias;
• As famílias vão receber, em tempo real, indicações para gerir a luz do espaço familiar onde decorre o concerto, havendo um necessário luminotécnico em casa para que exista uma sintonia entre espaço digital e físico;
• As famílias também irão receber indicações, em tempo real, sobre os pequenos instrumentos musicais ou domésticos que serão usados. Isto implica que cada concerto tem um guião técnico e que em cada casa haverá um “director de cena”, que pode ser o irmão mais velho, cujo papel é distribuir um ovo - pequeno shaker - ou convidar a família para se levantar das almofadas em determinado momento;
• As famílias vão poder ter a cenografia dos Concertos para Bebés em suas casas. O elemento mais icónico do cenário dos concertos são as nossas almofadas, cujo desenho e características foi apurado ao longo de vários anos e são parte do sucesso deste projecto. Pois agora, que não sabemos quando voltaremos aos palcos nacionais e internacionais, iremos oferecer a possibilidade aos nossos bebés de terem em sua casa uma das nossas almofadas.

2. Trazer os bebés à sala onde estão os intérpretes;
• Para que os nossos intérpretes tenham alguma inspiração dos bebés e suas famílias, a sala de ensaio será revestida de imagens das plateias que nos inspiraram desde 1998, com os rostos de espanto e encantamento que incendeiam os palcos e os nossos músicos;
• Haverá uma projecção em tempo real para os intérpretes, de fotografias e pequenos filmes que as famílias captam em suas casas durante os concertos, e partilham com a equipa que os devolve aos músicos;

3. Reforçar o encontro e a relação entre músicos e bebés com suas famílias;
• Iremos gravar o repertório mais idiomático dos Concertos para Bebés, as suas Canções de Olá e a Canção do Comboio, com os nomes concretos de cada um dos bebés que o deseje e das suas famílias. Não cantaremos olá aos pais, mães e avós, aos bebés e aos tios, mas sim olá ao Miguel, à mãe Margarida e ao pai Tiago, à mana Inês e à avó Elvira. As famílias passarão a ter em suas casas o repertório dos Concertos para Bebés cantado pelos seus intérpretes mas dedicado a cada um dos seus membros;
• Teremos a oportunidade de assim tornar mais cúmplice, mais próximo, mais pessoal e mais única a experiência de ouvir música tendo os bebés como público-alvo e centro de todas as acções.

     Para implementar este novo modelo, a Musicalmente criou um novo sítio digital que é um palco live. Será inaugurado no próximo dia 20, e é aí que passará a ser possível comprar os bilhetes, bem como todos os acessórios, adereços e instrumentos musicais. Lembro que este projecto vive exclusivamente dos bilhetes que vendemos, e de uma parceria com mais de 10 anos ininterruptos que mantemos com a Nestlé Nutrition, o Bebé Nestlé, a quem muito agradecemos. Uma palavra final de agradecimento às salas para onde desejamos voltar rapidamente, e onde verdadeiramente podemos ter a experiência dos Concertos para Bebés. O Teatro Miguel Franco em Leiria, cidade de onde somos naturais e onde estamos desde 1998, ao Centro Cultural Olga Cadaval em Sintra, ao Teatro Guilherme Stephens na Marinha Grande, e ao Convento São Francisco em Coimbra. A todos, muito obrigado e até já.
    Paulo Lameiro, Director Artístico

   Concertos para Bebés em Casa

BILHETEIRA
A bilheteira dos Concertos para Bebés em Casa estará disponível em acesso direto no novo site dos Concertos para Bebés a ser lançado em breve.

O site estará disponível a 20 de Maio, dia em que abre a bilheteira dos Concertos para Bebés em Casa www.concertosparabebes.com
facebook.com/concertosparabebes/
instagram.com/concertosparabebes/
twitter.com/concertosbebes
youtube.com/user/iapapaprrr

A bilheteira dispõe de duas modalidades de compra:

1) Assinatura de Temporada – um bilhete único que permite o acesso aos 5 concertos da temporada – Custa 20,00€ e inclui um vasto leque de ofertas especiais para os primeiros assinantes:
• O 1º assinante terá direito a levar um pedacinho do nosso palco para sua casa!
Receberá em exclusivo uma almofada dos Concertos para Bebés

• Os 2º, 3º, 4º e 5º assinantes receberão um pacote de 3 instrumentos dos Concertos para Bebés – um ovo shaker, um sapo reco-reco e uma flauta de nariz. Mas receberão também em primeira mão o terceiro CD dos Concertos para Bebés

• Os 6º, 7º, 8º, 9º e 10º assinantes receberão também o pacote de 3 instrumentos – um ovo shaker, um sapo reco-reco e uma flauta de nariz

• Além destas ofertas, todos os primeiros 20 assinantes terão oportunidade de assistir ao vivo, e em exclusivo para a sua família, a uma emissão ou ensaio dos Concertos para Bebés na sede da Musicalmente – em Pousos, Leiria. Para que possam receber este miminho, as 20 famílias serão contactadas para acordar a data especial. Só será acolhida em estúdio uma família de cada vez seguindo todas as normas de segurança.

2) Bilhetes avulsos – a possibilidade de adquirir bilhetes avulsos para cada um dos concertos – Todos os bilhetes custarão 5,00€ 
PROGRAMAÇÃO

Textos: Paulo Lameiro
Fotografias: Joaquim Dâmaso et al
Classificação Etária: Para todos
Duração: 30 minutos

Ficha Artística:
Alberto Roque – saxofone barítono e ocarina
José Lopes – saxofone alto, soprano e cavaquinho
Paulo Bernardino - clarinete
Pedro Santos – acordeão
Inesa Markava – voz e movimento
Isabel Catarino – voz
Cristiana Francisco – voz
Paulo Lameiro – voz e direção

NOTA – à ficha artística de cada mês acrescenta o solista convidado

Ficha Técnica:
Produção – Musicalmente

Horário dos Concertos: 10h30

DATA: 31 de Maio
TEMA: DANÇAS COM HARPA
CONVIDADO: Ana Castanhito - Harpa

Plim plééé
Plu Plum Plu

Bailamos com as cores. Sim, são 47 cordas que pintam o ar de azul e vermelho, e os dedos da Ana Castanhito bailam sobre as cores para nos encantar com danças de todos os tempos. Será uma harpa que visitará os Concertos para Bebés, e bastará o primeiro passo de dança da solista convidada para todos iniciarem uma viagem de memórias e sonhos.

BBBrrrrrliiiiiim
Plóc

DATA: 14 de Junho
TEMA: EMBALOS DA LUÍSA
CONVIDADO: Luísa Sobral

O Avô?
Onde foi o avô?

“Onde foi o avô” é uma das canções que todos temos dentro de nós, mas só a Luísa foi capaz de traduzir em sons e palavras. Só os muito grandes conseguem aceder a este património afectivo do mundo, e a Luísa Sobral está entre eles. Mas esta é só uma de muitas canções que ouviremos neste concerto, pela ternurenta Luísa que atrai os ouvidos de bebés atentos. Um concerto de ternura e poesia, com a cumplicidade e o talento de uma artista única, que canta como mãe e toca como é.

Ai ai ai
Quero tanto este concerto

DATA: 21 de Junho
TEMA: O BEBÉ VIRTUOSO
CONVIDADO: Hugo Correia – Contrabaixo e Electrónica

Zuuuii#%&
#§§#”””.!!
Bábá Iábabá

Com o Hugo Correia cada concerto é uma surpresa. De virtuosismo, de intensidades, de brincadeiras, de sonhos e de sorrisos. Ele toca contrabaixo numa orquestra, que vai trazer para este concerto, mas o seu amigo gigante não intimida os bebés. A fazer companhia a este elefante borralheiro o Hugo traz sempre muitos fios e botões. Embrulha o contrabaixo e outros instrumentos nos botões e nos fios, e depois ali ficamos a ouvir e a pensar porque fazem aquelas caras os bebés!

Xzzz Zbim
Zbummmm

DATA: 28 de Junho
TEMA: DOS CAMPOS AO PINHAL
CONVIDADO: Rodrigo Carreira - Trompa

Blá bláááá
Pápiapapámmm

Ao longe ouvimos os caçadores das histórias, onde há princesas e animais. E depois o som vai-se enrolando, enrolando, enrolando, e de tanto viajar à roda torna-se macio e brilhante. Os bebés gostam de espreitar para aquela grande campânula onde o Rodrigo mete a sua mão, e com ela transforma os sons e as suas cores. Umas muito agudas e penetrantes, outras aveludadas e graves. Nasce ali um autêntico pinhal de encantamentos, por onde gatinham bebés e pais em sua busca.

Párrrám Párrrám
Txhskp Pámmm


DATA: 12 de Julho
TEMA: SORDUNAS E OUTRAS GULOSEIMAS
CONVIDADO: Pedro Pereira e Gonçalo Pereira – Fagote e Contrafagote

Drrrrrr Bdrrrrrr
Bdrrróóó
Mmmmmmm

As Sordunas e Dulcianas são instrumentos de sopro muito antigos. Feitos com tubos de madeira e produzindo o som com uma palheta dupla, são antepassados dos nossos fagotes e contrafagotes. Nenhum som é mais saboroso para um bebé do que um contrafagote, e não há duetos mais doces do que os de fagotes. Sabores que vibram como nenhuns outros as bochechas dos bebés, e pintam o ar de timbres recheados. E para nos oferecer estes sons só mesmo os irmãos Pedro e Gonçalo Pereira, que foram os primeiros alunos do Berço das Artes SAMP, e agora voltam como solistas convidados.
Obrigado Pedro e Gonçalo pelos vossos sons gulosos.

MMmmmmm
Brrrrrrrrrrr
19-05-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Cuidados a ter com a postura em situação de teletrabalho
Dr. Francisco Oliveira Freitas
A importância do uso racional dos antibióticos
Dr. Ricardo Jorge Silva
Entrar na primavera com bons olhos
Dr. Raúl Sousa
Sugestões de viagem pela nossa região no verão
Por Andrew Balza
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o